Soyuz TMA-11M

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soyuz TMA-11M
Insígnia da missão
Sinal de chamada Vostok
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 3
Lançamento 7 de Novembro de 2013
04:14 UTC
Cosmódromo de Baikonur
Aterrissagem 14 de Maio de 2014
01:58 UTC
Duração 188d 21h 44min
Imagem da tripulação
Wakata, Tyurin e Mastracchio
Wakata, Tyurin e Mastracchio
Navegação
Soyuz TMA-10M Soyuz-TMA-10M-Mission-Patch.png
Soyuz TMA-12M Soyuz-TMA-12M-Mission-Patch.png

Soyuz TMA-11M foi uma missão à Estação Espacial Internacional e a 120ª missão de uma nave russa Soyuz. Ela transportou três membros das Expedições 38 e 39 para a ISS, para uma estadia de seis meses. A Soyuz permaneceu acoplada da estação para servir como veículo de fuga em caso de emergência.

Esta foi a primeira vez desde outubro de 2009 que nove astronautas estiveram residindo ao mesmo tempo na estação espacial sem a presença de um ônibus espacial. O fato aconteceu por quatro dias, entre 7 e 11 de novembro de 2013, período entre a chegada da tripulação da TMA-11M e a partida da tripulação da TMA-09M. Os tripulantes da TMA-10M, que lá já se encontravam, continuaram a bordo.[1]

A TMA-11M levou ao espaço a tocha olímpica dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi 2014, que retornou à Terra cinco dias depois com a tripulação da TMA-09M, na primeira vez em que uma tocha olímpica fez parte de uma caminhada espacial.[1]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Lançamento e acoplagem[editar | editar código-fonte]

A nave foi lançada do Cosmódromo de Baikonur em 7 de novembro de 2013 às 04:14(UTC), acoplando-se no módulo Rassvet da ISS às 10:27(UTC) após pouco mais de seis horas de voo.[1] Depois da abertura das escotilhas entre as duas naves, os tripulantes participaram da cerimônia de boas-vindas junto aos outros seis astronautas já ocupantes da estação, em que todos falaram com o Centro de Controle e com seus familiares na Terra.

Retorno[editar | editar código-fonte]

Depois de pouco mais de seis meses no espaço, a missão encerrou-se em 14 de maio de 2014 com a desacoplagem da nave do módulo Rassvet sobre a Mongólia, trazendo de volta à Terra Wakata, Tyurin e Mastracchio, que completaram assim 188 dias em órbita, depois de integrarem também a Expedição 38. A Soyuz pousou em segurança nas estepes do Casaquistão às 07:58 do dia 14, hora local (01:58 UTC).[2]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Station Home to Nine Residents». NASA. Consultado em 2 de dezembro de 2013 
  2. «Expedition 39 Crew Returns to Earth After Six Months on Station». NASA. Consultado em 13 de novembro de 2014