Soyuz T-3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Soyuz T-3
Sinal de chamada Mayak
Estatísticas da missão
Número de tripulantes 3
Lançamento 27 de novembro de 1980
14:18:28 UTC
Baikonur LC1
Aterrissagem 10 de dezembro de 1980
09:26:10 UTC
130 km de Dzhezkazgan
Órbitas 204
Duração 12d 19h 7m 42s
Navegação
Último
Último
Soyuz37 patch.png Soyuz 38
Soyuz T-4
Próximo
Próximo

Soyuz T-3 foi a 13ª missão soviética à estação orbital Salyut 6.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Lançados

Parâmetros da Missão[editar | editar código-fonte]

Pontos altos da missão[editar | editar código-fonte]

Testou a versão de três assentos da Soyuz T. A primeira nave Soyuz que carregou três cosmonautas desde 1971. Ela constituiu uma missão de reaproveitamento da Salyut 6. O Mayaks foi o primeiro grupo de três pessoas rumo a uma estação espacial desde a Soyuz 11 em 1971. Parte da missão do grupo era para testes da Soyuz-T. Durante sua curta estada na Salyut 6, eles realizaram os procedimentos usuais utilizando as unidades Splav e Kristall, e estudaram “objetos biológicos” trazidos por eles na Soyuz T-3. Eles usaram as unidades Svetoblok e Oazis. A maioria do tempo, entretanto, era voltada à manutenção da estação espacial.

Em 2 de Dezembro eles começaram a conduzir o experimento Mikroklimat para avaliar as condições de sobrevivência da estação, e começaram a trabalhar no sistema de controle térmico. Eles instalaram uma nova unidade hidráulica com quatro bombas. Em 4 de Dezembro eles trocaram unidades eletrônicas no sistema de telemetria da Salyut 6. Em 5 de Dezembro foram reparadas falhas no sistema elétrico. Outros reparos incluiram a substituição de um dispositivo de programação e temporização no sistema de controle interno e a troca de uma fonte de alimentação para o compressor no sistema de reabastecimento. O grupo da expedição principal da Salyut 6 no TsUP proveu conselhos para o grupo enquanto estes realizavam os reparos. Em 8 de Dezembro a Progress 11 realizou uma correção de órbita no complexo.

Ver também[editar | editar código-fonte]