STS-43

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
STS-43
Sts-43-patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Atlantis
Astronautas John Blaha
Michael Baker
Shannon Lucid
David Low
James Adamson
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 2 de agosto de 1991
15h01min59s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 11 de agosto de 1991
12h23min25s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 142
Duração 8 dias, 21 horas,
21 minutos, 25 segundos
Altitude orbital 306 por 301 quilômetros
Inclinação orbital 28,45 graus
Distância percorrida 5 955 217 quilômetros
Imagem da tripulação
Lucid, Adamson, Blaha, Low e Baker
Lucid, Adamson, Blaha, Low e Baker
Navegação
STS-40
STS-48

A STS-43 foi uma missão da nave Atlantis, lançada em 2 de agosto de 1991, cujo principal objetivo foi colocar em órbita o satélite de comunicações da NASA e de diversas agências do governo dos Estados Unidos, o Tracking and Data Relay Satellite.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Principais fatos[editar | editar código-fonte]

O lançamento ocorreu em 2 de Agosto de 1991, às 11:01:59 a.m. EDT. O lançamento havia sido originalmente marcado para o dia 23 de Julho, porém foi movido para 24 de Julho para permitir a substituição de alguns controles eletrônicos da separação orbitador/tanque externo. A missão foi então adiada novamente por cerca de cinco horas antes da decolagem em 24 de Julho devido a um controlador defeituoso no motor principal número três. O controlador foi substituído e testado, a missão foi adiada para o dia 1 de Agosto. A decolagem foi planejada para as 11:01 a.m. devido devido a uma leitura na válvula de pressão, e foi adiada novamente para as 12:28 p.m. devido a condições climáticas para retorno ao local de lançamento não aceitáveis. O lançamento foi marcado então para o dia 2 de Agosto, quando este ocorreu com sucesso. O peso no lançamento foi de 259 374 lb (117 650 kg).

A carga primária consistia do Tracking and Data Relay Satellite-5 (TDRS-5), anexado a um Estágio Superior Inercial (I US), ele foi lançado após cerca de seis horas de voo, e o IUS propeliu o satélite a uma órbita geossíncrona, o TDRS-5 se tornou o quarto membro do conjunto de satélites TDRS orbitantes. As cargas secundárias foram o Space Station Heat Pipe Advanced Radiator Element II (SHARE II), o instrumento Shuttle Solar Backscatter Ultra-Violet (SSBUV); o Equipamento de Controle de Pressão no Tanque (TPCE) e o Comunicações Ópticas Através de Janelas (OCTW). Os outros experimentos incluiam o Auroral Photography Experiment (APE-B), o Crescimento de Cristais de Proteína Ill (PCG Ill), o Bioserve / Instrumentation Technology Associates Materials Dispersion Apparatus (BIMDA), as Investigações sobre Processamento de Membranas de Polímeros (IPMP), o Sistema de Medição de Aceleração no Espaço (SAMS), o Experimento de Combustão em Superfície Sólida (SSCE), o Ultraviolet Plume imager (UVPI) e o experimento Air Force Maui Optical Site (AMOS).

O TDRS E, que se tornou o TDRS-5 em órbita, foi propulsionado com sucesso à sua órbita geossíncrona a mais de 22 000 milhas (35 400 km) acima da Terra através de duas queimas do foguete do Estágio Superior Inercial (IUS), a última destas queimas ocorreu aproximadamente após 12 horas e 30 minutos do início da missão. O TDRS então liberou suas antenas e painéis solares, a separação do ocorreu 45 minutos depois.

A rede de satélites TDRS provê um link de comunicação vital entre a Terra e naves em baixa órbita, tais como o ônibus espacial. Até o lançamento realizado na STS-43 deployment, havia três naves TDRS em órbita sobre o equador, duas estavam na posição oeste sobre o Oceano Pacífico, no sudoeste do Havaí, o estava na posição leste sobre a divisa do nordeste doBrasil. O TDRS-B foi perdido no acidente de Challenger em 1986. Após a STS-43, os dois satélites no oeste se tornaram lixo em órbita. O TDRS-5 após sua ativação, checagem e calibração, oficialmente se tornou o provedor primário de serviços na localização oeste em 7 de Outubro de 1991. Ele está estacionado a uma longitude de 175 graus oeste.

Anteriormente, uma nave orbitante poderia se comunicar com a Terra apenas quando estivesse na faixa de alcance da estação de cobertura em terra, cerca de 15 porcento de cada órbita. A rede TDRS permite comunicações entre 85 e 100 porcento da órbita, dependendo da altitude da nave.

O grupo se manteve ocupado com a operação de diferentes instrumentos durante o nono dia de voo. O experimento Space Station Heat Pipe Advanced Radiator Element II (SHARE-II) testou um processo de resfriamento natural para a transferência de energia térmica que puderia servir como um sistema de resfriamento para a estação espacial Freedom. O experimento de Combustão em Superfície Sólida proveu algumas respostas sobre como o fogo se comporta em uma ambiente de microgravidade. O grupo também ativou outros experimentos de ciência dos materiais previamente realizados em outras missões e participou em experimentos médicos sobre o suporte de voos de longa duração. Um teste mostrou que as fibras ópticas poderiam prover links de áudio e vídeo entre o compartimento de voo e o compartimento de carga.

O grupo passou por alguns problemas pequenos, não sendo nenhum deles críticos para a segurança ou o sucesso da missão. Um sistama de resfriamento da Unidade de Potência Auxiliar (APU) 2 falhou em ativar-se durante um teste em órbita. O APU 2 é um dos três sistemas redundante que provêem pressurização hidráulica aos sistemas de direção durante a reentrada e a aterrissagem. O APU 2 ainda estava disponível para uso na aterrissagem.

A aterrissagem ocorreu em 11 de Agosto de 1991, às 8:23:25 a.m. EDT, na Runway 15, no Centro Espacial John F. Kennedy, FL. A distância de rolagem foi de 9 890 pés. O tempo de rolagem foi de 60 segundos. A primeira aterrissagem planejada no Centro Espacial Kennedy desda a STS-61-C em Janeiro de 1986 (a qual foi divergida para a Base Edwards da força aérea). O peso na aterrissagem foi de 196 088 lb (88 944 kg).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre STS-43
Precedido por
STS-40
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-48