STS-61-L

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

STS-61-L seria uma missão da NASA realizada pelo ônibus espacial Columbia. O lançamento estava previsto para 6 de novembro de 1986[1], contudo foi cancelado após o desastre do Challenger, em 28 de janeiro de 1986, na missão STS-51-L.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Função Membro da Tripulação
Comandante Não Anunciado
Piloto Michael John Smith
Especialista de missão 1 Não Anunciado
Especialista de missão 2 Não Anunciado
Especialista de missão 3 Não Anunciado
Especialista de carga 1 Não Anunciado
Especialista de carga 2 John Harrison Konrad

Tripulação Reserva[editar | editar código-fonte]

Função Membro da Tripulação
Especialista de carga Stephen Lee Cunningham

Objetivos[editar | editar código-fonte]

Missão planejada para o lançamento de três satélites de comunicação: MSL-3, GSTAR-III, SYNCOM IV-5S. John Konrad, da Hughes, estava escalado como especialista de carga, sendo responsável pelo satélite militar SYNCOM. Com a tragédia do Challenger, o lançamento de satélites pelo Programa de Ônibus Espacial foi interrompido. Somente na missão STS-32, realizada em janeiro de 1990, o satélite SYNCOM IV, também conhecido como Leasat 5, foi lançado.

Referência

  1. «Space Shuttle Shedule 1986» (PDF). Flight International. Consultado em 28 de fevereiro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
STS-61-J
Programa de Ônibus espaciais
Sucedido por
STS-71-B