SBT Notícias Breves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
SBT Notícias Breves
Informação geral
Formato Programa jornalístico
Gênero Jornalismo
Duração 2 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Na época não tinha diretor de jornalismo na emissora
Apresentador(es) Vários
Exibição
Transmissão original 1ª fase: 21 de Março de 2005 - 5 de Agosto de 2005
2ª fase: 10 de Setembro de 2018 - presente

SBT Notícias Breves é um noticiário brasileiro produzido pelo SBT. É exibido em boletins durante a programação do canal, onde entre seus temas constam assuntos policiais, curiosidades, entretenimento, esportes e política.

No dia 21 de março de 2005, estreou na emissora o "SBT Notícias Breves", boletim apresentado de hora em hora das 16h às 23h, com Cynthia e Analice.

O SBT anunciou, em comunicado oficial enviado à imprensa no dia 4 de agosto de 2005, que o boletim seria extinto no dia seguinte :

"Devido às recentes mudanças ocorridas no departamento de jornalismo do SBT, informamos que o SBT Notícias Breves, boletim exibido de hora em hora nos intervalos da programação da emissora, será exibido somente até esta sexta-feira, 5 de agosto. Com essa reformulação, as atuais apresentadoras do noticioso, Analice Nicolau e Cynthia Benini, serão aproveitadas em novos projetos da emissora".

No dia 10 de setembro de 2018, o boletim voltou ao ar, porém, adotando o mesmo formato do Repórter CBN, da CBN, com vários âncoras e repórteres apresentando-o. O boletim passou a ser exibido todos os dias, de meia em meia hora e, frequentemente, interrompe a programação da emissora.

Exibição[editar | editar código-fonte]

Mostrado em flashes durante todo o dia nos intervalos da programação, o noticiário foi apelidado de "Jornal das Pernas" porque concomitantemente às notícias mostrava as cruzadas de pernas das apresentadoras, muitas vezes trajando saias curtas sob uma bancada de vidro vazada.[1]

Tirado do ar com a chegada do novo jornalismo ao SBT, encabeçado pela ex-apresentadora da Rede Globo Ana Paula Padrão, as duas apresentadoras saíram da grade mas ficaram na "geladeira" da emissora. Nesse mesmo período, os colunistas Denise Campos de Toledo (economia), José Nêumanne Pinto (política) e Daniela Freitas (esportes) também foram dispensados do Jornal do SBT, de Hermano Henning.[2]

Referências

  1. Após «jornal das pernas», Analice Nicolau volta à bancada do SBT<Coluna Ilustrada - Folha de S.Paulo>Acesso em março de 2012.
  2. Estréia de Ana Paula Padrão também causa demissões no Jornalismo do SBT<Coluna Ooops! - Folha de S.Paulo>Acesso em 22 de março de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.