Sarandi (Paraná)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sarandi
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Sarandi
Bandeira
Brasão de armas de Sarandi
Brasão de armas
Hino
Lema Paz e Amor[1]
Gentílico sarandiense[2]
Localização
Localização de Sarandi no Paraná
Localização de Sarandi no Paraná
Sarandi está localizado em: Brasil
Sarandi
Localização de Sarandi no Brasil
Mapa de Sarandi
Coordenadas 23° 26' 38" S 51° 52' 26" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Região metropolitana Maringá
Municípios limítrofes Maringá e Marialva
Distância até a capital 429[3] km
História
Fundação 14 de outubro de 1981 (40 anos)
Emancipação 1 de fevereiro de 1983 (39 anos)
Administração
Prefeito(a) Walter Volpato (PSC, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [4] 103,226 km²
População total (estimativa populacional — IBGE/2019[5]) 96 688 hab.
Densidade 936,7 hab./km²
Clima Subtropical
Altitude 592 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[6]) 0,768 alto
PIB (IBGE/2012[7]) R$ 814 142,000 mil
PIB per capita (IBGE/2012[7]) R$ 9 626,50
Sítio Sítio oficial (Prefeitura)

Sarandi é um município brasileiro do estado do Paraná, situado na Mesorregião Norte Central Paranaense. A população, de acordo com a estimativa feita pelo IBGE em 2019, foi de 96 688 habitantes.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Sarandi foi colonizada pela Companhia de Melhoramentos do Norte do Paraná em 1947. Era o início da venda de lotes urbanos na região, que viria a constituir a localidade e que serviria de “centro de abastecimento” da Ferrovia Rede Viação Paraná/Santa Catarina.

Entretanto, documentos e depoimentos relacionados à posse de terras evidenciam a presença de famílias na área rural desde a década de 1930, vindo a aumentar consideravelmente na década seguinte.

As primeiras famílias desbravam a terra, abriram clareiras e formaram as primeiras lavouras de café. Muitos destes pioneiros, anos depois, foram os primeiros moradores também na área urbana, contribuindo para o desenvolvimento da localidade. Eram, em sua maioria, imigrantes vindos do estado de São Paulo e da região Nordeste brasileira, sonhando com as riquezas do Norte do Paraná. Eles adquiriram suas terras, abrindo a mata e formando grandes lotes rurais. Assim começava o plantio de café.

Na área urbana, em 1974, as loteadoras iniciaram a venda de terrenos, porém, a explosão imobiliária ocorreu em 1976. Na ocasião, um grande número de famílias deixou o campo por força da geada que dizimou os cafezais[8][9].

O sucesso na venda de terrenos urbanos viabilizou à abertura de novos loteamentos. O acentuado crescimento econômico, a expansão da área urbana e o aumento na arrecadação de impostos impulsionam a eclosão de um movimento popular pedindo a emancipação política da localidade, que na época pertencia à Marialva. Um plebiscito popular em 1981 aprovou a criação do Município de Sarandi, de acordo com a Lei 7052/1982.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia é impulsionado pela construção civil e pelo comércio. Dezenas de loteamentos, condomínios e apartamentos tem expandido os limites geográficos da cidade.

Industrias e Comércio[editar | editar código-fonte]

Encontram-se instaladas em Sarandi, dezenas de indústrias de pequeno, médio e grande porte, que geram empregos para toda a região. Se destacam, entre elas, a NOMA do Brasil, uma das maiores empresas do ramo de carrocerias da América Latina, e a CPA Trading, empresa de armazenamento de Etanol. O comércio de Sarandi, embora desfavorecido pela proximidade com a cidade polo Maringá, é forte e está em constante crescimento.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se à latitude 23°26'37" sul e à longitude 51°52'26" oeste, estando à altitude de 592 metros.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Subdivisões geográficas[editar | editar código-fonte]

Sarandi é uma cidade hierarquizada e dividida em loteamentos, que dão origem aos bairros. Suas regiões geográficas são: Zona Norte (região ao norte da BR-376), Zona Sul (região ao sul da linha férrea) e Zona Central (região entre a rodovia e a linha férrea).

Referências

  1. Apesar do “Paz e Amor”, Sarandi não é hippie Arquivado em 5 de setembro de 2017, no Wayback Machine. Site Sarandi PR - acessado em 10 de julho de 2017
  2. gentílicos Dicionário de gentílicos brasileiros-acessado em 4 de setembro de 2017
  3. «Distâncias entre a cidade de Curitiba e todas as cidades do interior paranaense». EmSampa. Consultado em 22 de setembro de 2017 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. a b «estimativa_dou_2019.xls». ibge.gov.br. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  8. O dia antes do fim Gazeta do Povo
  9. «40 anos da geada negra». Gazeta do povo. 11 julho de 2015. Consultado em 1 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.