Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de Mato Grosso do Sul.svg
Secretaria de Governo e Gestão Estratégica
Avenida do Poeta, s/n - Parque dos Poderes, bloco 8
Campo Grande, MS
Segov-MS
Criação 28 de fevereiro de 1990; recriada em 15 de janeiro de 1996 (21 anos)
Atual secretário Eduardo Riedel

A Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul é o órgão estadual que presta assessoria direta ao governador do estado, além de gerenciar diversas ações de governo. É uma das 12 secretarias que integram o Governo de Mato Grosso do Sul[1].

História[editar | editar código-fonte]

Criada em fevereiro de 1990, tendo como primeiro secretário Olavo Villela de Andrade[2]. Foi extinta em janeiro de 1995[3], sendo recriada no ano seguinte[4]. Em janeiro de 2003, ganhou a denominação de Secretaria de Estado da Coordenação-Geral de Governo[5].

Voltou à denominação original quatro anos mais tarde[6]. Em janeiro de 2015, foi adotada a denominação atual[7]. Em março de 2017, a Secretaria de Estado da Casa Civil foi fundida mais uma vez com a Segov e assumiu suas atribuições[8].

Atribuições[editar | editar código-fonte]

Órgão de primeiro escalão que assessora o governador, tem como atribuições prestar apoio financeiro e administrativo às demais instituições públicas estaduais, coordenar e monitorar ações do governo e fazer a articulação política com prefeitos, vereadores e a Assembleia Legislativa[9][1][10]. Sob gestão da Segov, estão também as atividades de cerimonial, comunicação, defesa civil e articulação com o governo federal[11].

Lista de secretários[editar | editar código-fonte]

Nome Início do mandato Fim do mandato Governador Notas e referências
1 Olavo Villela de Andrade 28 de fevereiro de 1990 14 de março de 1991 Marcelo Miranda [2]
2 Ary Rigo 15 de março de 1991 31 de dezembro de 1994 Pedro Pedrossian [12][13]
3 Plínio Rocha 15 de janeiro de 1996 31 de dezembro de 1998 Wilson Barbosa Martins [4][14]
4 Vander Loubet 1º de janeiro de 1999 1º de agosto de 2000 Zeca do PT [15][16]
5 Ronaldo Franco 1º de agosto de 2000 3 de outubro de 2000 [15][17]
6 Vander Loubet 4 de outubro de 2000 22 de outubro de 2000 [18]
7 Ben-Hur Ferreira 23 de outubro de 2000 31 de dezembro de 2002 [19][20]
8 Paulo Duarte 1º de janeiro de 2003 30 de julho de 2004 [21][22]
9 Raufi Marques 30 de julho de 2004 31 de dezembro de 2006 [23][24]
10 Osmar Jeronymo 1º de janeiro de 2007 1º de julho de 2010 André Puccinelli [25][26]
11 Carlos Henrique dos Santos Pereira 1º de julho de 2010 4 de outubro de 2010 [27]
12 Osmar Jeronymo 4 de outubro de 2010 16 de julho de 2012 [28][26]
13 Carlos Roberto de Marchi 16 de julho de 2012 29 de outubro de 2012 [29][30]
14 Osmar Jeronymo 29 de outubro de 2012 25 de abril de 2013 [31][26]
15 Simone Tebet 25 de abril de 2013 4 de janeiro de 2014 [32][33]
16 Osmar Jeronymo 4 de janeiro de 2014 12 de dezembro de 2014 [34][35]
17 Carlos Roberto de Marchi 12 de dezembro de 2014 31 de dezembro de 2014 [36][30][37]
18 Eduardo Riedel 1º de janeiro de 2015 Atualidade Reinaldo Azambuja [38][39]

Referências

  1. a b «Institucional». Segov-MS. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  2. a b Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (2756). 44 páginas. 1 de março de 1990 
  3. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (3944). 4 páginas. 1 de janeiro de 1995 
  4. a b Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (4200). 56 páginas. 16 de janeiro de 1996 
  5. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (5908). 36 páginas. 2 de janeiro de 2003 
  6. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (6880). 16 páginas. 2 de janeiro de 2007 
  7. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8832). 14 páginas. 2 de janeiro de 2015 
  8. Padilha, Joaquim (15 de março de 2017). «Confira o que muda no governo: Reinaldo sanciona reforma administrativa». Midiamax. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  9. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (9369). 55 páginas. 15 de março de 2017 
  10. «Secretário de Gestão de MS fala sobre reforma no governo do estado». G1 - Mato Grosso do Sul. 20 de fevereiro de 2017. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  11. Machado, Jéssika (17 de março de 2017). «Reforma Administrativa: Secretaria de Governo e Gestão Estratégica integra atividades». Segov-MS. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  12. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (3012). 20 páginas. 18 de março de 1991 
  13. «Deputado Ary Rigo é personalidade do Dourados News». Dourados News. 5 de maio de 2005. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  14. «Após 3 anos de reforma agrária parada, Incra-MS entrega assentamento a 171 famílias». Midiamax. 17 de dezembro de 2013. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  15. a b Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (5319). 32 páginas. 2 de agosto de 2000 
  16. Shuto, Henrique (7 de outubro de 2014). «Saiba quem são os representantes de MS na Câmara Federal». G1 - Mato Grosso do Sul. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  17. «Conheça o perfil do Secretário de Gestão Pública, Ronaldo Franco». Dourados News. 11 de agosto de 2003. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  18. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (5362). 40 páginas. 4 de outubro de 2000 
  19. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (5372). 60 páginas. 23 de outubro de 2000 
  20. «Ben-Hur recebe convite para cargo em secretaria do governo Lula». Aquidauana News. 14 de abril de 2003. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  21. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (5908). 36 páginas. 2 de janeiro de 2003 
  22. «Candidato do PT, Paulo Duarte é eleito prefeito em Corumbá, MS». G1 - Mato Grosso do Sul. 7 de outubro de 2012. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  23. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (6299). 32 páginas. 2 de agosto de 2004 
  24. «Conheça o perfil de Raufi Marques, secretário de governo de Délia Razuk». Dourados News. 11 de janeiro de 2017. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  25. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (6880). 16 páginas. 2 de janeiro de 2007 
  26. a b c «Waldir Neves assume a presidência do TCE-MS e dá posse a Osmar Jerônimo no cargo de conselheiro». Folha do Povo. 2 de janeiro de 2015. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  27. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (7737). 99 páginas. 1 de julho de 2010 
  28. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (7802). 48 páginas. 5 de outubro de 2010 
  29. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8232). 58 páginas. 16 de julho de 2012 
  30. a b «Com salários de até R$ 14,7 mil, TCE nomeia 4 ex-secretários de Puccinelli». G1 - Mato Grosso do Sul. 19 de janeiro de 2015. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  31. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8304). 72 páginas. 29 de outubro de 2012 
  32. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8419). 41 páginas. 24 de abril de 2013 
  33. «Marcia Moura prestigia posse de Simone Tebet como Secretária de Governo». Prefeitura de Três Lagoas. 30 de abril de 2013. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  34. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8587). 19 páginas. 3 de janeiro de 2014 
  35. Arruda, Fabiano (3 de janeiro de 2014). «Simone Tebet deixa secretaria de olho nas eleições em MS». G1 - Mato Grosso do Sul. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  36. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8820). 53 páginas. 15 de dezembro de 2014 
  37. Squinelo, Vinícius (15 de dezembro de 2014). «Osmar Jeronymo é exonerado do Governo e vai assumir vaga no TCE». Top Mídia News. Consultado em 7 de dezembro de 2017 
  38. Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul (8832). 14 páginas. 2 de janeiro de 2015 
  39. Queiroz, Tatiane (1 de janeiro de 2015). «Reinaldo Azambuja empossa novos secretários e chefes de órgãos em MS». G1 - Mato Grosso do Sul. Consultado em 7 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]