Seleção de Laos de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Laos
Bandeira do Laos
Alcunhas?  Thim Xad (O time nacional)
Associação Federação de Futebol do Laos
Confederação AFC
Treinador Japão Kokichi Kimura
Capitão Visay Phaphouvanin
Mais participações Visay Phaphouvanin (51)
Melhor artilheiro Visay Phaphouvanin (18)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção de Laos de Futebol representa o Laos nas competições de futebol da FIFA. Fundada em 1951, filiou-se à FIFA em 1952. Jamais participou da Copa da Ásia ou mesmo dos Jogos Asiáticos. Até hoje, a seleção restringe suas participações internacionais a torneios regionais, como os Jogos do Sudeste Asiático.

Mandam seus jogos no New Laos National Stadium, sediado em Vienciana, capital do país.

História[editar | editar código-fonte]

Embora fundada em 1951, a seleção tardou a disputar partidas e competições internacionais. Disputou seu primeiro amistoso internacional em 1961, sendo derrotado pela extinta seleção do Vietnã do Sul.

Pouquíssimo praticado, o esporte passou a tomar certo impulso a partir da década de 1980 quando fora criada a Associação de Futebol do Sudeste Asiático. Ainda assim, o futebol laosiano caminha a "passos lentos" e é o menos desenvolvido do sudeste asiático e um dos mais fracos da Ásia; o badminton é, até hoje, considerado a paixão nacional.

O contexto histórico do Laos, bem como seu processo de reformulação econômica, ajudam a entender como o futebol se desenvolveu. Após afiliar-se ao grupo econômico do sudeste asiático em 1997, a república socialista começa a alcançar a estabilidade política necessária para poder investir mais no esporte, que ainda hoje é fomentado pelo governo: a maioria dos clubes da liga nacional de Laos (fundada em 1990) é estatal. Os maiores campeões são o Lao Army (time do exército); o CTPC FC (equipe do Ministério de Transportes e Comunicações); e o Vientiane FC, clube da prefeitura da capital.[2]

O futebol ainda é semi-amador, com 50 clubes no total e 2.600 jogadores registrados. O número de praticantes sem registro, entretanto, é muito maior: 106 mil, segundo dados da Fifa.

Perspectivas futuras[editar | editar código-fonte]

O projeto Goal, da Fifa, tenta ajudar a melhorar a infra-estrutura e o desenvolvimento do esporte entre os jovens. Em 2007, a equipe sub-17 foi vice-campeã da AFF. Recentemente, alguns jogadores vieram ao Brasil, para conhecer os centros de treinamento de Coritiba e Atlético-PR. A esperança é de que o futebol possa evoluir.

Aparentemente a seleção de Laos está a se preparar para o futuro, preservando-se mais no presente. Para tanto não se inscreveu nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 e Copa da Ásia de 2011 na esperança de conseguir resultados mais "dignos" no futuro.

Desempenho em Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]

  • 1930 a 1998 - não se inscreveu
  • 2002 a 2006 - não se qualificou
  • 2010 - retirou-se
  • 2014 - não se qualificou

Desempenho na Copa da Ásia[editar | editar código-fonte]

  • 1956 a 1968 - não se inscreveu
  • 1972 a 1980 - desistiu
  • 1984 a 1996 - não se inscreveu
  • 2000 - não se qualificou
  • 2004 - não se qualificou
  • 2007 - não se inscreveu
  • 2011 - não se inscreveu
  • 2015 - não se qualificou

Referências

  1. a b c FIFA.com (abril de 2011). Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola (em português). Visitado em 6 de maio de 2011.
  2. trivela [1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.