Seleção Timorense de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Timor Leste
Flag of East Timor.svg
Alcunhas?  O Sol Nascente, Pequena Nação do Samba
Associação Federação de Futebol de Timor-Leste
Confederação AFC
AFF
Material desportivo?  Estados Unidos Nike
Treinador Vago
Capitão Anggisu Barbosa[1]
Mais participações Anggisu Barbosa (27)
Melhor artilheiro Murilo (6 gols)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Timorense de Futebol representa Timor-Leste nas competições de futebol da FIFA.

História[editar | editar código-fonte]

Com a independência de Timor-Leste em 2002, foi criada a Federação de Futebol de Timor-Leste - FFTL, com sede na capital Díli, admitida como 206º membro da FIFA em 12 de Setembro de 2005, por ocasião do seu 55º congresso ordinário em Marraquexe, no Marrocos.[5]

Timor Leste foi a 9ª seleção de língua portuguesa filiada à FIFA, além de Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Macau. A seleção ocupa atualmente o 187º lugar no ranking de seleções da FIFA[6].

Polêmica das naturalizações[editar | editar código-fonte]

A partir de 2012, jogadores brasileiros que não detinham a ascendência timorense e que nunca atuaram no Campeonato Nacional, foram naturalizados para melhorar o nível da Seleção. Tal decisão gerou críticas, inclusive da própria torcida local[7][8][9].

Num jogo contra a Palestina, em outubro de 2015, 7 dos 11 jogadores eram brasileiros[10]. Logo após a partida, a Federação Palestina de Futebol prestou queixa à FIFA, alegando que os atletas naturalizados não eram elegíveis para defender Timor Leste[11]. Para evitar maiores problemas, o treinador Fernando Alcântara decidiu abrir mão de convocar atletas brasileiros e passou a escalar atletas nativos, alguns com menos de 20 anos, como o defensor Ervino Soares, então com apenas 16, para o jogo frente aos Emirados Árabes, válido pelas Eliminatórias da Copa da Ásia de 2019. Timor-Leste perdeu por 8 a 0. Fernando Alcântara assumiu a responsabilidade pelo revés, mas alegou que fora obrigado a colocar em campo um time inexperiente.

Suspensão[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2016, o Comitê Disciplinar da AFC acusou a Federação de Futebol de Timor-Leste de usar documentos falsos, escalar jogadores inelegíveis para representar a Seleção e manchando a reputação do esporte. A decisão oficial foi tomada em janeiro de 2017: Timor-Leste foi suspenso da Copa da Ásia de 2023[12] após flagrarem o nome de 12 jogadores inaptos para atuar pelo selecionado, e o secretário-geral da FFTL, Amândio Sarmento, foi suspenso de qualquer atividade ligada ao futebol durante 3 anos e multado em 9 mil dólares. Com a punição, todos os 29 jogos em que os brasileiros atuaram foram anulados.

Participações[editar | editar código-fonte]

Timor-Leste ainda é uma equipe jovem e inexperiente. Suas primeiras participações em disputas internacional foram as Eliminatórias para a Copa da Ásia de 2004 e a Copa do Sudeste Asiático de 2005, como seleção convidada, onde perdeu os 4 jogos disputados.

Posteriormente, a equipe disputou os Jogos da Lusofonia de 2006 e o torneio qualificatório para Copa do Sudeste Asiático de 2007 e de 2008. Mais recentemente, disputou Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 e de 2014.

Nos Jogos da CPLP de 2012, obteve a medalha de prata.[13]

Participações em Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]

  • 1930 a 2006 - Não inscrito
  • 2010 - Não se classificou
  • 2014 - Não se classificou
  • 2018 - Não se classificou

Participações em Copas da Ásia[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Em março de 2010, a Federação de Futebol de Timor-Leste anunciou a contratação do tricampeão mundial Clodoaldo para o comando da equipe. Mas o ex-jogador do Santos durou pouco tempo no cargo. Outros 5 brasileiros exerceram a função: Ricardo Whitaker Pacheco (2002), Antônio Carlos Vieira (2011–12 e outubro de 2014), Emerson Alcântara (2012–14), Fábio Magrão, ex-meio-campista revelado pelo Flamengo, treinou Timor Leste entre março e junho de 2015, e Fernando Alcântara, que chegou a comandar interinamente a equipe entre julho e setembro e até março de 2016 era o técnico da seleção.

Abaixo, a relação dos técnicos da Seleção Timorense desde 2004:

Comissão técnica[editar | editar código-fonte]

Função Nome Nacionalidade
Treinador Vago  ND
Auxiliar-técnico Manuel da Costa Soares Timor-Leste
Auxiliar-técnico Alfredo Esteves Timor-Leste
 Portugal
Preparador físico Zeno Pires Timor-Leste
Treinador de goleiros Rui Correia  Portugal

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Jogadores convocados para a Copa da Solidariedade da AFC de 2016, entre 2 e 15 de novembro de 2016:

Partidas e gols atualizados até 5 de novembro de 2016, quando o Timor-Leste enfrentou o Nepal.

# Pos. Nome Data de Nasc. Caps Gols Clube
1 GR Adérito 15 de maio de 1997 (19 anos) 4 0 Timor-Leste A.S. Ponta Leste
12 GR Adi 10 de agosto de 1986 (30 anos) 14 0 Timor-Leste Carsae FC
20 GR Fagio 29 de abril de 1997 (19 anos) 3 0 Timor-Leste FC Porto Taibesi
3 D Adelino Trindade 2 de junho de 1995 (21 anos) 19 3 Timor-Leste A.S. Ponta Leste
4 D Filipe 14 de maio de 1995 (21 anos) 17 0 Timor-Leste SLB Laulara
5 D Victor 5 de dezembro de 1997 (19 anos) 4 0 Timor-Leste F.C. Académica
6 D Armindo 0 0 Timor-Leste F.C. Académica
14 D Ricky 17 de junho de 1994 (22 anos) 5 0 Timor-Leste SLB Laulara
22 D Nelson 24 de dezembro de 1999 (17 anos) 10 1 Timor-Leste Karketu Dili
7 M José Oliveira 28 de outubro de 1997 (19 anos) 10 1 Timor-Leste SLB Laulara
8 M Olegario 24 de outubro de 1994 (22 anos) 11 0 Timor-Leste F.C. Académica
11 M Nataniel Reis 25 de março de 1995 (21 anos) 7 0 Timor-Leste Carsae FC
19 M Lopés 24 de outubro de 1994 (22 anos) 8 0 Timor-Leste Karketu Dili
23 M José Fonseca 19 de setembro de 1994 (22 anos) 17 0 Timor-Leste DIT FC
9 A Rufino Gama 20 de junho de 1998 (18 anos) 6 2 Timor-Leste F.C. Académica
10 A Henrique 6 de dezembro de 1997 (19 anos) 14 0 Timor-Leste DIT FC
13 A Ricardo Maia 21 de julho de 1991 (25 anos) 1 1 Timor-Leste A.S. Ponta Leste
16 A Silveiro Garcia 2 de abril de 1994 (22 anos) 5 0 Timor-Leste A.S. Ponta Leste
21 A Kefi 27 de janeiro de 1997 (20 anos) 8 0 Timor-Leste DIT FC


Recordes[editar | editar código-fonte]

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Timor-Leste national football team captain». 1 de julho de 2014 
  2. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  3. a b c «"World Football Elo Ratings: East Timor"» (em inglês). Elo Ratings. 17 de novembro de 2015. Consultado em 27 de novembro de 2015 
  4. «East Timor matches, ratings and points exchanged». World Football Elo Ratings: East Timor. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  5. «"Green light for FIFA Task Force - Timor-Leste and Comoros join FIFA family"» (em inglês). FIFA. 12 de setembro de 2005. Consultado em 27 de novembro de 2015 
  6. Timor-Leste no FIFA.com - Pesquisa em 21/08/11
  7. «Timor Leste naturalisation of Brazilian footballers criticized». Football Channel Asia. 3 de outubro de 2015. Consultado em 4 de outubro de 2015 
  8. Jack Kerr (1 de outubro de 2015). Success Is No Longer Foreign to East Timor, but the Players Are. New York Times 
  9. Invasão de brasileiros naturalizados revolta o futebol do Timor Leste. UOL Esporte. 21 de novembro de 2015 
  10. Jack Kerr (8 de outubro de 2015). East Timor Fields Seven Ex-Brazilians in Tie With Palestine. New York Times. Consultado em 13 de novembro de 2015 
  11. Jack Kerr (16 de outubro de 2015). East Timor Fields Seven Ex-Brazilians in Tie With Palestine. New York Times. Consultado em 13 de novembro de 2015 
  12. Com brasileiros 'falsificados' em campo, Timor Leste é banido de competições. Diário do Grande ABC. 20 de novembro de 2015 
  13. Portugal venceu a final de futebol
  14. «"O futebol mais pobre do mundo"». Estadão. 28 de julho de 2002. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  15. «"East Timor coach says world's newest nation on road to soccer greatness"» (em inglês). East Timor and Indonesia Action Network. 29 de setembro de 2003. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  16. László Földesi. «International Goals of East Timor». RSSSF. Consultado em 5 de outubro de 2012