Seleção Cabo-Verdiana de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cabo Verde
Federação Cabo-Verdiana de Futebol.png
Alcunhas?  Tubarões Azuis, Crioulos
Associação Federação Caboverdiana de Futebol
Confederação CAF
Material desportivo?  Alemanha Adidas
Treinador Portugal Rui Águas
Capitão Marco Soares
Mais participações Babanco (61)
Melhor artilheiro Héldon (15)[1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Cabo-Verdiana de Futebol representa Cabo Verde nas competições de futebol da FIFA e da CAF.

História[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro título foi a Taça Amílcar Cabral de 2000. Nesta mesma competição, foi vice-campeão em 1991 e 2007; terceiro colocado em 1989 e 1995 e quarto colocado em 1981, 1982 e 1985. Conquistou a medalha de ouro nos Jogos da Lusofonia de 2009. Também obteve uma medalha de bronze nos Jogos da Lusofonia de 2006. Nos Jogos da CPLP obteve a medalha de prata, em 2010.

No dia 14 de outubro de 2012, a Seleção alcançou um facto histórico, qualificando-se pela primeira vez ao Campeonato Africano das Nações, competição de maior renome da CAF, e a uma fase final de uma competição internacional ao comando do treinador Lúcio Antunes, num jogo disputado com a equipa dos Camarões, em Yaoundé.

Apesar da derrota na 2º mão em Yaoundé por 2-1 consentida nos últimos minutos, os "Tubarões Azuis" beneficiaram da vitória alcançada em casa no estádio da Várzea por 2-0. É de realçar que o golo apontado em Yaoundé foi do jogador Héldon, através da marcação de um livre direto.

Ranking da FIFA[editar | editar código-fonte]

Em março de 2016, Cabo Verde tornou-se a melhor seleção africana na classificação da FIFA, ocupando a 31ª posição. Esta foi a primeira vez que os "Tubarões Azuis" alcançaram o topo do ranking do continente.[3] No entanto, a melhor posição histórica na tabela foi o 27º posto, em fevereiro de 2014.

Títulos[editar | editar código-fonte]

CONTINENTAIS
Competição Vezes Ano
Taça Amílcar Cabral 1 2000

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Jogadores convocados para a partida qualificatória da CAN 2019 contra o Lesoto em 26 de março de 2019.[4]

# Pos. Nome Data de Nasc. Jogos Gols Clube
GR Vozinha 3 de junho de 1986 (33 anos) 44 0 Chipre AEL Limassol
GR Márcio Rosa 23 de fevereiro de 1997 (22 anos) 1 0 Portugal Cova da Piedade
GR Elber 2 de dezembro de 1999 (19 anos) 0 0 Países Baixos Feyenoord
D Fernando Varela 26 de novembro de 1987 (31 anos) 52 3 Grécia PAOK
D Stopira 20 de maio de 1988 (31 anos) 33 1 Hungria MOL Vidi
D Nivaldo 10 de julho de 1988 (31 anos) 23 0 Roménia Concordia Chiajna
D Jeffrey Fortes 22 de março de 1989 (30 anos) 12 0 Países Baixos Excelsior
D Ponck 13 de janeiro de 1995 (24 anos) 12 0 Portugal Desportivo das Aves
D Tiago Almeida 13 de setembro de 1990 (29 anos) 11 0 Portugal Académico de Viseu
D Steven Pereira 13 de abril de 1994 (25 anos) 5 0 França Lens
D Kelvin Pires 1 de janeiro de 2000 (19 anos) 0 0 Cabo Verde Batuque
M Babanco 27 de outubro de 1985 (33 anos) 61 5 Portugal Feirense (capitão)
M Marco Soares 16 de junho de 1984 (35 anos) 47 3 Portugal Feirense
M Nuno Rocha 25 de março de 1992 (27 anos) 13 0 Roménia Universitatea Craiova
M Platini 16 de abril de 1986 (33 anos) 26 1 Roménia Politehnica Iași
M Hélder Tavares 26 de dezembro de 1989 (29 anos) 7 0 Turquia Altay
M Rodrigo Lima 2 de março de 1999 (20 anos) 1 0 Portugal Braga B
M Emerson 22 de agosto de 1996 (23 anos) 0 0 Cabo Verde Académica da Praia
A Héldon 14 de novembro de 1988 (30 anos) 51 15 Arábia Saudita Al-Taawoun
A Ryan Mendes 8 de janeiro de 1990 (29 anos) 41 7 Arábia Saudita Sharjah
A Djaniny 21 de março de 1991 (28 anos) 32 6 Arábia Saudita Al-Ahli Saudi
A Júlio Tavares 19 de novembro de 1988 (30 anos) 30 4 França Dijon
A Garry Rodrigues 27 de novembro de 1990 (28 anos) 26 4 Arábia Saudita Al-Ittihad
A Ricardo Gomes 18 de dezembro de 1991 (27 anos) 11 4 Sérvia Partizan
A Vagner Gonçalves 10 de janeiro de 1996 (23 anos) 2 0 França Nancy

Recordes[editar | editar código-fonte]

Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Técnicos da Seleção[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mamrud, Roberto; Stokkermans, Karel. «Players with 100+ Caps and 30+ International Goals». RSSSF. Consultado em 17 de fevereiro de 2011 
  2. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  3. Histórico: Cabo Verde torna-se a melhor seleção africana Pesquisa em 03/03/16
  4. Cape Verde - National Football Teams
  5. «Futebol: Óscar Duarte na equipa técnica dos Travadores». Sapo Noticias. 8 de outubro de 2009. Consultado em 17 de outubro de 2014 
  6. «Cape Verde island coach Alhinho resigns». ESPN Soccernet. Reuters. 5 de janeiro de 2006. Consultado em 28 de junho de 2010 
  7. «Ze Rui appointed Cape Verde coach». BBC. 3 de maio de 2006. Consultado em 28 de junho de 2010 
  8. «Cape Verde confirm identity of new coach». BBC. 22 de novembro de 2006. Consultado em 28 de junho de 2010 
  9. «Soccer federation unaware of national selection coach's alleged exit». Asemana. 25 de junho de 2010. Consultado em 28 de junho de 2010 
  10. «Lúcio Antunes tapped as new national soccer team coach». Asemana. 25 de julho de 2010. Consultado em 29 de julho de 2010 
  11. «Rui Águas é o novo selecionador de Cabo Verde». DN Desporto. 6 de agosto de 2014. Consultado em 16 de outubro de 2014 
  12. «Rui Águas deixa seleção de Cabo Verde». www.record.xl.pt. Consultado em 5 de janeiro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]