Não Me Mandem Flores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Send me no flowers)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde julho de 2012.


Send Me No Flowers
Não Me Mandem Flores (PT/BR)
 Estados Unidos
1964 •  cor •  100 min 
Direção Norman Jewison
Produção Harry Keller
Elenco Rock Hudson
Doris Day
Tony Randall
Paul Lynde
Género Comédia
Música Hal David Burt Bacharach
Edição J. Terry Williams
Companhia(s) produtora(s) Martin Melcher Productions
Distribuição Universal Studios
Lançamento Estados Unidos 14 de Outubro de 1964
Brasil 09 de Janeiro de 1965
Idioma Inglês
Orçamento US$ 1.300.000
Receita US$ 9.129.247
Página no IMDb (em inglês)

Send Me No Flowers (br/pt: Não Me Mandem Flores[1][2]) é um filme americano de 1964, dirigido por Norman Jewison, estrelando Rock Hudson, Doris Day, Tony Randall, entre outros. O trio principal também atuou junto em Pillow Talk e Lover Come Back, anteriormente.

O filme é baseado na peça homônima de Norman Barasch e Carroll Moore, que entrou em cartaz na Broadway em 1960. A trilha sonora foi composta por Hal David e Burt Bacharach.


Enredo[editar | editar código-fonte]

Quando sente fortes dores no peito, o hipocondríaco George Kimball vai ao médico para um check-up completo e após terminar o exame, ouve o Dr. Morrissey comentando ao telefone sobre ter acabado de atender um paciente em estado terminal com sintomas parecidos às dores de Kimball. Acreditando tratar-se de seu caso, George retorna à sua casa e pede a ajuda de seu amigo e vizinho, Arnold, para encontrar um novo marido para sua esposa, Judy, para que ela não fique sozinha depois que ele se for. Os amigos se metem em diversas situações cômicas e embaraçosas na busca pelo candidato, enquanto George sente -- psicologicamente -- os sintomas de sua doença se agravarem.


Elenco[editar | editar código-fonte]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Não Me Mandem Flores no CinePlayers (Brasil)
  2. Não Me Mandem Flores no DVDPT (Portugal)
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.