Serys Slhessarenko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serys Slhessarenko
Senadora pelo  Mato Grosso
Período 1º de fevereiro de 2003
até 31 de janeiro de 2011
Deputada estadual de  Mato Grosso
Período 1º de janeiro de 1991
até 1º de janeiro de 2003
Dados pessoais
Nascimento 2 de abril de 1945 (72 anos)
Cruz Alta-RS
Marido Leonardo Slhessarenko (div.)
Partido PRB
Profissão professora
linkWP:PPO#Brasil

Serys Marly Slhessarenko (ucraniano: Серіїс Марлі Слєссаренко) (Cruz Alta, 2 de abril de 1945) é uma política brasileira.

Radicada em Mato Grosso desde 1966, é formada em Direito e Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso, da qual se tornou professora.

Foi fundadora do Partido dos Trabalhadores no estado de Mato Grosso no final da década de 80.

Ocupou o cargo de Secretária Municipal de Educação de Cuiabá em 1986 e posteriormente Secretária Estadual de Educação de Mato Grosso. Elegeu-se em 1990 deputada estadual, sendo reeleita duas vezes consecutivamente. Concorreu sem sucesso à prefeitura de Cuiabá em 1988 e 2000.

Foi eleita a primeira mulher senadora no estado de Mato Grosso em 2002, com votação recorde, numa disputa contra os ex-governadores Carlos Bezerra e Dante Martins de Oliveira.

Em 2006 disputou o governo do Mato Grosso, obtendo o terceiro lugar com 11,5% dos votos.

No dia 29 de abril de 2010 se emocionou com discurso proferido pela companheiro de partido e senador Eduardo Suplicy (PT/SP) no qual fez declarações elogiando o mandato de oito anos de Serys no Senado.

Ocupou o cargo de 2a.vice-presidente da mesa diretora do Senado Federal, biênio 2009-2011.[1]

Nas eleições de 2010, tentou uma vaga na Câmara dos Deputados, mas, mesmo com 78.543 votos, a sexta maior votação, não foi eleita.[2]

Em 2013 Serys deixou o PT e se filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Em 2015, filia-se ao Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]