Shinji Mikami

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Shinji Mikami
Shinji Mikami April 2013 3.jpg
Shinji Mikami em 2013
Nascimento 11 de agosto de 1965 (55 anos)
Iwakuni, Yamaguchi,  Japão.
Ocupação Designer de jogos eletrônicos, Diretor de jogos, Produtor de jogos
Magnum opus Resident Evil, Dino Crisis

Shinji Mikami (三上真司 Mikami Shinji, 11 de agosto de 1965) é um famoso designer de jogos e o criador do jogo mundialmente famoso Resident Evil.

Capcom[editar | editar código-fonte]

Shinji Mikami entrou para a Capcom em 1990, após se formar na Universidade Doshisha localizada em Quioto, Japão. Neste estabelecimento, formou-se também Gunpei Yokoi, criador do console portátil Game Boy. O primeiro trabalho de Mikami na Capcom foi desenvolver um quiz game para Game Boy chamado Capcom Quiz: Hatena no Daibôken, que levou três meses para ser concluído. Trabalhou também em jogos baseados nos personagens de Walt Disney como o jogo do filme Who Framed Roger Rabbit? (uma cilada para Roger Rabbit) em 1991 para o Game Boy, Aladdin em 1993 para o Snes, Goof Troop em 1994 para o Snes. Chegou ainda a trabalhar em um jogo de Fórmula 1 que foi cancelado sem receber um nome, após 8 meses de desenvolvimento.

Resident Evil[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de Goof Troop, Shinji Mikami começou a trabalhar em um jogo de sobrevivência e horror para o Playstation que se passaria em uma mansão mal assombrada, baseado em um antigo jogo da Capcom chamado Sweet Home, produzido por Tokuro Fujiwara, que baseou o jogo no filme de terror japonês de mesmo nome dirigido por Kiyoshi Kurossawa em 1989. O jogo só chegou a ser lançado no Japão para o Famicon.

O jogo foi lançado em 22 de março de 1996 no Japão como Biohazard, e em 30 de março de 1996 nos Estados Unidos como Resident Evil, mesclando ação, terror e sobrevivência.

Produtor[editar | editar código-fonte]

Logo após o grande sucesso de Resident Evil em 1996, Shinji Mikami foi promovido a produtor e ficou mais envolvido com os negócios da Capcom. Ele também chegou a supervisionar as sequências posteriores de Resident Evil, como [[Resident Evil 2], Resident Evil 3: Nemesis, e Resident Evil – Code: Veronica, dirigindo também outro jogo de terror chamado Dino Crisis, lançado para Playstation em 1999.

Um pouco depois do lançamento de Resident Evil 3: Nemesis no japão em 1999, a Capcom montou um estúdio chamado Capcom Production Studio 4. A equipe era formada por alguns dos principais desenvolvedores da Capcom, entre eles Shinji Mikami, que era o cordenador geral e trabalhou como produtor executivo em vários jogos da Capcom, incluindo Devil May Cry de 2001. Nesse mesmo ano, fechou um acordo de exclusividade com a Nintendo no qual seriam lançados os principais jogos da série Resident Evil somente para o Nintendo Game Cube. O acordo incluía o remake com gráficos do Resident Evil de 1996, um jogo chamado Resident Evil Zero, além das conversões dos jogos Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis, Resident Evil – Code: Veronica do Dreamcast, e o Resident Evil 4, que deveria ser exclusivo para o Game Cube. Os remakes de Resident Evil 1 e Resident Evil Zero, lançados em 2002, foram considerados muito bons pela crítica internacional. Porém as vendas ficaram muito abaixo do esperado pela produtora, e foram considerados fracassos comerciais. Pouco tempo depois, Mikami anunciou mais quatro jogos exclusivos para o Game Cube: P. N.03, Viewtful Joe, Killer7, e Dead Phoenix. O primeiro dos cinco jogos anunciados por Mikami a ser lançado foi P.N.03, um fracasso comercial que não foi bem recebido pela crítica especializada. Como resultado, Mikami deixou o posto de coordenador geral do estúdio e foi trabalhar na direção de Resident Evil 4. Em 2005, foi lançado o Resident Evil 4 para o Game Cube, sendo um dos mais vendidos do console, com 1.2 milhões de cópias vendidas no mundo, recebendo críticas positivas e ganhando vários prêmios de melhor jogo do ano. Este jogo também foi lançado para o Playstation 2 no fim de 2005.

Clover Studio[editar | editar código-fonte]

Em 21 de Abril de 2004, a Capcom anunciou a criação de um novo estúdio chamado Clover Studio e Shinji Mikami estava entre as pessoas que seriam transferidas para trabalhar nele. Porém ele se transferiu apenas quando terminou o seu trabalho no jogo Resident Evil 4 que estava em desenvolvimento no Capcom Production Studio 4 em 2005. No Clover Studio vários jogos famosos tais como Viewtful Joe, Okami e God Hand, foram lançados.[carece de fontes?] Infelizmente a Capcom anunciou que pretende fechar suas portas até o final de março de 2007, alegadamente para melhorar a estrutura da própria Capcom.[1][2]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Jogo Ano de lançamento Cargo
The Evil Within 2 2017 Produtor Executivo/Supervisor
Fallout 4 2015 Voz japonesa de Takahashi
The Evil Within[3] 2014 Diretor
Shadows of the Damned 2011 Produtor Criativo
Vanquish 2010 Diretor
God Hand 2006 Diretor
Resident Evil 4 2005 Diretor
Killer7 2005 Produtor/Co-Escritor
Phoenix Wright: Ace Attorney Trials and Tribulations 2004 Produtor Executivo
Dino Crisis 3 2003 Produtor Executivo
Viewtiful Joe 2003 Produtor Executivo
P.N.03 2003 Diretor
Phoenix Wright: Ace Attorney Justice for All 2003 Produtor Executivo
Resident Evil: Remake 2002 Diretor
Resident Evil Survivor 2 - CODE: Veronica 2001 Supervisor
Phoenix Wright: Ace Attorney 2001 Produtor Executivo
Devil May Cry 2001 Produtor Executivo
Resident Evil Gaiden 2001 Assessor
Onimusha: Warlords 2001 Assessor
Dino Crisis 2 2000 Produtor Executivo
Resident Evil CODE: Veronica 2000 Produtor
Resident Evil 3: Nemesis 1999 Produtor
Dino Crisis 1999 Diretor/Produtor
Resident Evil 2 1998 Produtor
Resident Evil[3] 1996 Diretor/Produtor/Designer
Goof Troop 1994 Game Designer
Disney's Aladdin (SNES) 1993 Planejador
Super Lap (cancelado) 1992 Planejador
Who Framed Roger Rabbit (Game Boy) 1991 Planejador
Capcom Quiz: Hatena no Daibōken (Game Boy) 1990 Planejador

Referências

  1. Osborne, Doug (12 de outubro de 2006). «Clover Studios to close doors in 2007» (em inglês). Geek.com. Consultado em 1 de julho de 2019. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2015 
  2. Gantayat, Anoop (11 de outubro de 2006). «Clover Studio Dissolved» (em inglês). IGN. Consultado em 1 de julho de 2019. Cópia arquivada em 1 de outubro de 2012 
  3. a b Stuart, Keith (17 de outubro de 2014). «Shinji Mikami on co-op, Dark Souls and why Suda51 is like Akira Kurosawa» (em inglês). TheGuardian. Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada em 24 de maio de 2018