Fallout 4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fallout 4
Produtora(s) Bethesda Game Studios
Editora(s) Bethesda Softworks
Diretor(es) Todd Howard
Produtor(es) Jeff Gardiner
Designer(s) Emil Pagliarulo
Escritor(es) Emil Pagliarulo
Programador(es) Guy Carver
Artista(s) Istvan Pely
Compositor(es) Inon Zur
Motor Creation Engine
Série Fallout
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Lançamento
Género(s) Acção-aventura, role playing de acção
Modos de jogo Single player
Fallout: New Vegas
Fallout 76

Fallout 4 é um jogo eletrônico do gênero RPG de ação ambientado em mundo aberto produzido pela Bethesda Game Studios, sendo o quinto título principal da série Fallout. O game foi desenvolvido utilizando a Creation Engine e foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One no dia 10 de Novembro de 2015 pela Bethesda Softworks.[1][2][3]

O jogador assume um personagem referido como "Sole Survivor" ("sobrevivente solitário"), que emerge da Vault 111 (traduzido como "refúgio"), um abrigo nuclear subterrâneo. Após o personagem testemunhar a morte do seu cônjuge e o sequestro do filho, o "sobrevivente solitário" viaja pela Commonwealth de Massachusetts, nas áreas ao redor de Boston. O game possui mais de 111 mil linhas de diálogo, o que é mais do que Fallout 3 e The Elder Scrolls V: Skyrim, dois jogos da empresa que o antecederam, combinados.[4]

O jogo é baseado em um sistema de RPG, de modo single player, com exploração de mundo aberto. Fallout 4 é o primeiro jogo da franquia em que o protagonista tem voz.[5]

Este também foi o primeiro título da série a introduzir elementos de construção de bases. O jogador pode criar sua base de maneira personalizada, construindo paredes, muros, casas de vários pavimentos, plantações, sistemas de defesa, geradores elétricos e outros itens do gênero.

Ao total, a Bethesda Game Studios lançou seis DLCs para o jogo, sendo duas com conteúdo focado em expandir a história e quatro com foco em customização e construção de bases.[6]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Fallout 4 foi um sucesso de vendas e de crítica, com muitos elogiando a profundidade do mundo do jogo, a liberdade dada ao jogador, a quantidade de coisas para fazer, a história, sistema de profissões, as personagens e a trilha sonora. A qualidade gráfica, contudo, não foi unânime e os problemas técnicos foram criticados, o jogo possuía diversos bugs em seu lançamento. O jogo vendeu mais de 12 milhões de unidades e faturou 750 milhões de dólares nas primeiras 24 horas de lançamento.[7]

Referências

  1. a b Kohler, Chris (15 de junho de 2015). «Apocalypse Almost Now: Fallout 4 Will Drop in November». Wired. Consultado em 2 de julho de 2015 
  2. Hussain, Tamoor (3 de Junho de 2015). «Fallout 4 Officially Confirmed for PC, Xbox One, PS4». GameSpot. Consultado em 3 de Junho de 2015 
  3. Karmali, Luke (3 de Junho de 2015). «FALLOUT 4 OFFICIALLY REVEALED BY TEASER SITE». IGN. Consultado em 3 de junho de 2015 
  4. «Quantidade de linhas de diálogo». Bethesda Game Studios. 3 de setembro de 2015. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  5. Stuart, Keith (15 de junho de 2015). «Fallout 4: release date and details, plus Dishonored 2». The Guardian. Consultado em 11 de junho de 2018 
  6. Bailey, Kat (26 de janeiro de 2017). «What is the Best Fallout 4 DLC? Rating Far Harbor, Nuka-World, and the Rest». USgamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020 
  7. Makuch, Eddie. «Fallout 4 ships 12 million copies in one Day». GameSpot. GameSpot. Consultado em 26 de novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]