Fallout 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fallout 3
Capa do jogo
Desenvolvedora(s) Bethesda Game Studios [1]
Publicadora(s) Bethesda Softworks [1]
Distribuidora(s) Bethesda Softworks [1]
ZeniMax Media [1]
Diretor(es) Ashley Cheng (Diretor de Produção) [1]
Produtor(es) Todd Howard (Produtor Executivo)[1]

Gavin Carter
Jeff Gardiner
Craig Lafferty
Richard Lambert
Tim Lamb
Nathan McDyer

Designer(s) Emil Pagliarulo (Lider Designer) [1]
Escritor(es) Erik J. Caponi [1]
Compositor(es) Inon Zur [1]
Motor Gamebryo
Plataforma(s) Microsoft Windows, PlayStation 3, Xbox 360
Série Fallout
Data(s) de lançamento
Gênero(s) RPG eletrônico, Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Single Player
Classificação Permitido para maiores de 18 anos BBFC (Reino Unido)[3]
Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)[4]
Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)[5]
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)[6]
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)[7]
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)[8]
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Fallout 2
Fallout: New Vegas

Fallout 3 é uma continuação do jogo de RPG eletrônico Fallout. Fallout 3, desenvolvido pela companhia de jogos de videogames e computador americana Bethesda Softworks [9], foi lançado em 28 de Outubro de 2008[10] para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

O jogo foi um sucesso de crítica e vendeu mais de 600 mil cópias no seu primeiro mês de lançamento, sendo um dos maiores sucessos da Bethesda até então. Fallout 3 também levou vários prêmios, incluindo "Jogo do Ano" por algumas publicações. Ao todo cinco DLCs foram lançadas.

História[editar | editar código-fonte]

O jogo passa-se na cidade de Washington D.C. em 2277, 36 anos após o final do segundo Fallout, num mundo pós guerra, totalmente devastado por uma violenta e devastadora guerra nuclear entre os Estados Unidos e a China. Você é um morador do Vault 101 e precisa de encontrar o seu Pai, que saiu de lá sem dar notícias.

Em 2077, a humanidade estava a beira de um colapso; O Petróleo estava acabando, o Aquecimento Global destruía o planeta e a economia, os recursos naturais terminavam, e uma violenta Epidemia matava milhões de pessoas. Preparando-se para o pior, o governo americano contratou uma empresa chamada Vault-tec para projetar e construir Vaults, uma espécie de abrigos ou cofres geralmente subterrâneos ou dentro de montanhas, para abrigar uma pequena parte da população americana, para quando acontecesse a inevitável guerra mundial envolvendo armas nucleares. A China então, desesperada pelos últimos pontos de recursos, resolveu invadir o Alasca, mas foi expulsa pouco tempo depois pelos Estados Unidos. Com a derrota em outros conflitos entre os dois países, os Chineses lançaram mísseis nucleares contra os Estados Unidos. O ataque durou apenas 2 horas, mas o suficiente para causar uma monstruosa destruição. A energia libertada pelas bombas percorreu todo o mundo em poucos dias, e contaminou boa parte da água e comida existente no planeta com radiação, matando uma quantidade enorme de pessoas.

Mesmo vivendo em um mundo devastado, muitos humanos ainda continuaram a viver nas ruínas das cidades, em comunidades isoladas ou individualmente. Sem governo e sem ordem, as leis sumiram, e com isso, houve o surgimento de facções, grupos e exércitos militares. Um vírus chamado FEV (Acrônimo para "Forced Evolutinary Virus", ou "Vírus de evolução forçada") causou uma mutação descontrolada em alguns humanos; Surgia os Super Mutantes, humanos enormes, verdes ou amarelados,fortes e,na maioria dos casos,pouco inteligentes. Eles se organizaram em uma poderosa facção e se fixaram por vários locais dos Estados Unidos, incluindo em Washington D.C. As poucas espécies de animais que sobreviveram ao ataque nuclear, sofreram mutações, surgindo escorpiões gigantes, moscas gigantes, baratas gigantes, e várias outras espécies novas. Já outros humanos sofreram mutações pela radiação e sofreram deformações físicas e psicológicas, dando origem aos Ghouls. Tornando o mundo num lugar perigoso e sem lei.

Mais de 200 anos depois da guerra Nuclear, 90% dos Vaults não funcionam. O enredo do jogo revela que estes foram inicialmente projetados para (e usados em) experiências sociais, a maioria desumanas e que falharam terrivelmente, matando ou mutando quase todos os seus moradores, obrigando os sobreviventes a saírem e viverem por contra própria. Pela história do jogo, é possível ouvir comentários do tipo "os Vaults nunca foram feitos para proteger as pessoas", implicando o fato de que os EUA construíram-nos apenas para realizar experiências sociais e psicológicas com seus moradores, para observar como a humanidade iria proceder na reconstrução da civilização depois da guerra.

Neste contexto, a cidade de Washington DC - local onde se passa o jogo - Está em ruínas, coberta de pó e escombros e toda a vegetação restante foi reduzida a arbustos secos e troncos retorcidos. Seus habitantes, se organizam em tribos e gangues que ocupam antigos edifícios, vilarejos improvisados e até mesmo os esgotos e as linhas férreas subterrâneas.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Fallout 3 é um RPG em primeira pessoa (o jogador vê o mundo pelos olhos do protagonista), com todas as características que distinguem esse gênero. Entre elas: boa customização inicial do personagem, sistema de experiência e evolução do personagem, armas e armaduras, NPCs, quests e etc. Há opção de jogar-se em terceira pessoa (o jogador vê o personagem).

A definição do personagem é feita baseada em atributos (sistema S.P.E.C.I.A.L., com os atributos 'Strength' ou força, 'Perception' ou percepção, 'Endurance' ou resistência, 'Charisma' ou carisma, 'Inteligence' ou inteligência, 'Agility' ou agilidade e 'Luck' ou sorte), perícias (ou 'Skills', são 13 no total) e vantagens (ou 'Perks', 58 no total), permitindo um alto grau de personalização na construção do personagem.

O combate tem dois métodos de funcionamento: um é simplesmente "point & shoot" ("aponte e dispare", como num FPS, mas com resultado baseado nos atributos, perícias e vantagens) e outro é chamado V.A.T.S. (Vault-tech Assisted Targerting Sistem), no qual o jogo é pausado e o jogador tem a liberdade de escolher com calma qual arma utilizar bem como qual parte do corpo do inimigo deseja atingir (novamente, o resultado final é baseado nos atributos, perícias e vantagens do personagem).

O jogo usa o conceito "open world" (mundo aberto), com pouca linearidade e muita liberdade de exploração. Esse sentimento de liberdade é inclusive incentivado no próprio manual do jogo, que diz: "...o jogo é seu, então jogue-o da maneira que você quiser. Não há uma maneira "correta" de jogar".Apesar do jogo facilitar as coisas para o jogador se ele optar por um caminho moralmente correto como fornecendo companheiros mais forte dentre outras coisas.

Um sistema de "Karma" é presente, onde se "ganha" karma concluindo missões/objetivos positivos (dar a raríssima água à um Wastelander doente, por exemplo) e onde se "perde" karma agindo de maneiras negativas (matar inocentes, etc). O sistema de Karma influencia em como as pessoas boas e ruins responderão ao personagem, existindo companhias que apenas o acompanharão se este for de Karma "Negativo", e outras o acompanharão apenas no caso de Karma "Positivo".

O jogo também conta com diversos finais,que depende de quais decisões morais o jogador tomou durante certas situações.

O cenário de Fallout 3, "Wasteland", é retratado com toda vividez que um mundo pós-apocalíptico pode ter. Os desenvolvedores conseguiram, principalmente através da iluminação, transmitir ao jogador a sensação de aridez e contaminação radioativa, provocando uma grande sensação de imersão do jogador no mundo do jogo. Outro fator que contribui para esta sensação de imersão é a moral pós-apocalíptica anômica transparecida nos diálogos com os NPCs.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

James, pai do seu personagem - Liam Neeson
President John Henry Eden - Malcolm McDowell
Amata Almodovar - Odette Yustman
Stanislaus Braun - Dee Bradley Baker
Butch DeLoria - Jakob Stalnaker (quando criança), Craig Sechler (quando adulto)
Clover - Jan Johns
Sergeant RL-3 - Jeff Baker
Jericho - James Lewis
Fawkes - Wes Johnson
Charon - Mike Rosson
Ancião Lyons - William Bassett
Sarah Lyons - Heather Marie Marsden

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
1UP.com A [11]
IGN 9.6/10 (360/PC)[12]

9.4/10 (PS3)[13]

Eurogamer 10/10[14]
Edge 7/10[15]
GameSpot 9/10 (360/PC)[16]
[17]

8.5/10 (PS3)[18]

GameTrailers 9.4/10 [19]
GameSpy 5 de 5 estrelas.[20]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 92.77/100 (Xbox 360) [21]

90.02/100 (PS3) [22]
90.46/100 (PC) [23]

Metacritic 91/100 (PC) [24]

90/100 (PS3) [25]
93/100 (Xbox 360)[26]

Premiações
Premiador Prêmio
10th Annual Game Developers Choice Awards Game of the Year 2008
Best Writing
IGN Best of 2008 Game of the Year 2008[27]


Best Xbox 360 Game
Best RPG
Best Use of Sound

GameSpot Best of 2008 Best PC Game[28]
Best RPG[29]
Golden Joystick Award 2009 Ultimate Game of the Year 2009[30]
PC Game of the Year 2009

A trilha sonora do jogo é composta totalmente de sucessos da música americana dos anos 40 e 50 com muitas canções que marcaram época feitas por cantores e cantoras como Cole Porter, Billie Holiday e The Andrews Sisters.[31]

N.º Título Cantor(a) / Banda Duração
1. "I Don't Want To Set The World On Fire"   The Ink Spots 3:07
2. "Way Back Home"   Bob Crosby & the Bobcats 2:54
3. "Butcher Pete (Part 1)"   Roy Brown 2:28
4. "Happy Times" (Intro song from the original Fallout) Bob Crosby & the Bobcats 2:45
5. "Civilization"   Danny Kaye with The Andrews Sisters 3:07
6. "Into Each Life Some Rain Must Fall"   Ella Fitzgerald with The Ink Spots 3:06
7. "Anything Goes"   Cole Porter 3:04
8. "Fox Boogie"   Gerhard Trede 3:16
9. "I'm Tickled Pink"   Jack Shaindlin 1:52
10. "Jazzy Interlude"   Billy Munn 2:52
11. "Jolly Days"   Gerhard Trede 1:40
12. "Let's Go Sunning"   Jack Shaindlin 1:41
13. "A Wonderful Guy"   Tex Beneke 2:48
14. "Rhythm for You"   Eddy Christiani & Frans Poptie 2:59
15. "Swing Doors"   Allan Gray 2:59
16. "Maybe"   The Ink Spots 3:06
17. "Mighty Mighty Man"   Roy Brown 2:36
18. "Crazy He Calls Me"   Billie Holiday 3:05
19. "Easy Living"   Billie Holiday 3:06
20. "Boogie Man"   Sid Phillips 2:23
Portal.svg A Wikipédia possui o
Portal Games


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i [IMDb]. «Fallout 3 (2008) (VG) - Full cast and crew» (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2010  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda); Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  2. a b [Bethesda Softworks]. «Fallout 3 Has Gone Gold» (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2009  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  3. [BBFC - British Board of Film Classification] (22 de outubro de 2010). «Fallout 3 BBFC Rating» (em inglês). BBFC. Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  4. [CERO - Computer Entertainment Rating Organization] (8 de dezembro de 2010). «Fallout 3 CERO Rating» (em japonês). CERO. Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  5. [Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação] (29 de setembro de 2008). «Classificação indicativa Fallout 3 DJCTQ». DJCTQ. Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  6. [ESRB - Entertainment Software Rating Board]. «Fallout 3 ESRB Rating» (em inglês). ESRB. Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  7. [OFLCA - Office of Film and Literature Classification - Austrália]. «Fallout 3 OFLCA Rating» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  8. [PEGI - Pan European Game Information]. «Fallout 3 PEGI Rating» (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2010  Verifique |author-link1= valor (ajuda)
  9. "Desslock" (2006). «Memo to Bethesda». PC Gamer: 100. Consultado em 27 de fevereiro de 2008 
  10. Graft, Kris (5 de junho de 2007). «Fallout 3 Coming Fall '08». Next Generation. Consultado em 27 de fevereiro de 2008 
  11. Linn, Demian (27 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). 1UP.com. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  12. IGN, Erik data=27/10/2008. «Fallout 3 Review A bleak, twisted, yet utterly wonderful game.» (em inglês). Consultado em 23 de junho de 2009  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda)"The difference in looks between the two console versions is small compared to the leap that comes with a top of the line PC."
  13. Brudvig, Erik (27 de outubro de 2008). «IGN: Fallout 3 Review» (em inglês). Consultado em 1 de novembro de 2008 
  14. Eurogamer, Kristan (28 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). Eurogamer. Consultado em 28 de outubro de 2008  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda)
  15. Staff, Edge (28 de novembro de 2008). «Edge Review: Fallout 3» (em inglês). Edge Online. Consultado em 31 de julho de 2009 
  16. GameSpot, Kevin (27 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). GameSpot. Consultado em 11 de novembro de 2009  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda)
  17. GameSpot, Kevin (27 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). GameSpot. Consultado em 11 de novembro de 2009  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda)
  18. GameSpot, Kevin (27 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). GameSpot. Consultado em 11 de novembro de 2009  |ultimo= e |autor= redundantes (ajuda)
  19. Gametrailers. «Fallout 3 Review» (em inglês). Gametrailers. Consultado em 5 de maio de 2008 
  20. Tuttle, Will (27 de outubro de 2008). «Fallout 3 Review» (em inglês). Gamespy. Consultado em 28 de outubro de 2008 
  21. GameRankings. «Fallout 3 Xbox 360 Reviews at GameRankings» (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  22. GameRankings. «Fallout 3 PS3 Reviews at GameRankings» (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  23. GameRankings. «Fallout 3 PC Reviews at GameRankings» (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  24. Metacritic. «Fallout 3 PC Reviews at Metacritic» (em inglês). Consultado em 7 de novembro de 2008 
  25. Metacritic. «Fallout 3 PS3 Reviews at Metacritic» (em inglês). Consultado em 7 de novembro de 2008 
  26. Metacritic. «allout 3 Xbox 360 Reviews at Metacritic» (em inglês). Consultado em 7 de novembro de 2008 
  27. «IGN Game of the Year 2008». IGN. 16 de janeiro de 2009. Consultado em 16 de janeiro de 2009 
  28. «GameSpot's Best PC Game of 2008». GameSpot. Consultado em 11 de novembro de 2009 
  29. «GameSpot's Best RPG of 2008». GameSpot. Consultado em 11 de novembro de 2009 
  30. Fahey, Mike (30 de outubro de 2009). «Fallout 3 Wins The Golden Joysticks - golden joystick awards - Kotaku». Kotaku. Consultado em 11 de novembro de 2009 
  31. Grand Assault. «The soundtrack to Fallout 3 list» (em inglês). 05/04/2009. Consultado em 10 de dezembro de 2010