Grand Theft Auto III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grand Theft Auto III
Desenvolvedora(s) DMA Design
Publicadora(s) Rockstar Games
Distribuidora(s) Take-Two Interactive
Produtor(es) Leslie Benzies
Projetista(s) Craig Filshie
William Mills
Chris Rothwell
James Worrall
Escritor(es) James Worrall
Paul Kurowski
Dan Houser
Programador(es) Obbe Vermeij
Adam Fowler
Artista(s) Aaron Garbut
Motor RenderWare
Plataforma(s) PlayStation 2
Série Grand Theft Auto
Conversões/
relançamentos
Microsoft Windows
Xbox
Data(s) de lançamento PlayStation 2
  • AN 22 de outubro de 2001
  • PAL 26 de outubro de 2001
Microsoft Windows
  • AN 21 de maio de 2002
  • PAL 24 de maio de 2002
Xbox
  • AN 31 de outubro de 2003
  • PAL 2 de janeiro de 2004
Gênero(s) Ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
Grand Theft Auto 2
Grand Theft Auto:
Vice City
Página oficial

Grand Theft Auto III é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela DMA Design e publicado pela Rockstar Games. É o terceiro título principal da série Grand Theft Auto e foi lançado em outubro de 2001 para PlayStation 2, em maio de 2002 para Microsoft Windows e em dezembro de 2003 para Xbox. O jogo se passa na cidade ficcional de Liberty City, com a história seguindo o criminoso Claude enquanto se envolve no submento das guerras de gangues, máfia, crime e corrupção. O mundo aberto permite que os jogadores naveguem livremente pelas ilhas que formam a cidade.

A jogabilidade é mostrada em uma perspectiva de terceira pessoa e o mundo pode ser atravessado a pé ou com veículos. A produção de Grand Theft Auto III começou pouco depois do lançamento de Grand Theft Auto 2 em 1999, com a desenvolvedora DMA Design sediada em Edimburgo trabalhando bem próxima de sua publicadora Rockstar Games em Nova Iorque. Boa parte do processo envolveu transportar e adaptar elementos populares da série de um ambiente bidimensional para um tridimensional. O jogo foi temporariamente adiado após os ataques de 11 de setembro de 2001 a fim de permitir alterações na jogabilidade e em outros elementos que foram considerados inapropriados.

Grand Theft Auto III foi aclamado pela crítica ao ser lançado, com elogios sendo direcionados particularmente para seu conceito e jogabilidade. Ele gerou certas controvérsias sobre sua representação da violência e conteúdo sexual. O jogo tornou-se o título mais bem vendido de 2001 com mais de dezessete milhões de cópias. Ele foi considerado um dos títulos mais importantes da sexta geração de consoles, entrando em várias listas de melhores jogos da história e vencendo vários prêmios de Jogo do Ano.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Grand Theft Auto III herda e modifica muito da mecânica de jogabilidade do seus predecessores, Grand Theft Auto e Grand Theft Auto 2, combinando elementos de jogos de tiro em terceira pessoa e jogo de corrida em um novo motor de jogo 3D. A ideia de usar um motor de jogo 3D para um jogo desse gênero, no entanto, não é nova: o primeiro jogo a combinar elementos de ação, tiro, e corrida em um mundo aberto 3D foi Hunter, lançado em 1991 para Commodore Amiga e computador Atari ST.[1][2] O primeiro desenvolvido pela DMA Design foi Body Harvest (1998) para Nintendo 64. Tendo uma estreia pública em 1995 no evento SpaceWorld da Nintendo, Body Harvest foi revolucionário para sua época, e apesar das análises um pouco acima da média[3] o jogo teve baixas vendas.[4] GTA III usa elementos de jogabilidade de Body Harvest e os combina com o design open-ended da série GTA para criar um nível de liberdade e detalhe sem precedentes em 2001.[5]

A pé, o personagem tem a habilidade de correr (mas não pode nadar), assim como usar armas para fazer combate corpo-a-corpo básico; ele também é capaz de dirigir uma variedade de veículos incluindo barcos e aviões.

As ofensas criminosas, como roubo de carro, assassinato e roubo resultam em níveis cada vez maiores de resistência pelas autoridades. Se o nível de "procurado" atingir certos níveis, a policia, o FBI, e o exército vão reagir de acordo. Quando o personagem colapsa por ferimentos ou é preso, ele reaparece no hospital local ou na delegacia, respectivamente, ao custo de perder todas as suas armas e armaduras e uma quantia em dinheiro para as despesas médicas ou suborno. Embora isso seja similar aos jogos GTA anteriores, o personagem essencialmente possui uma quantidade ilimitada de "vidas", diferente do limite existente em GTA 1 e GTA 2. Isso permite ao jogador "morrer" quantas vezes ele quiser, e faz ser impossível perder definitivamente o jogo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Ambientação[editar | editar código-fonte]

Liberty City é tomada pelas máfias como os Leones e o Cartel Colombiano, que disputam a venda de uma nova droga chamada SPANK. A área de Portland é dominada pela máfia dos Leones, cujo líder é Salvatore Leone, um mafioso impiedoso totalmente influente na cidade. Portland Island é o local onde o jogo se inicia, é a área industrial da cidade, nela fica o porto e outras pequenas empresas. Staunton Island é uma zona rica da cidade, onde o jogo se desenvolve por bastante tempo, Staunton é ligada à Portland através da Callahan Bridge, uma ponte que passou por um processo de reconstrução devido a uma explosão no início do jogo. Staunton abriga vários arranha-céus e diversas empresas como a Love Media e a faculdade da cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O jogo começa com um assalto a um grande banco por quatro criminosos, incluindo Claude e sua namorada latino-americana Catalina. Claude consegue fugir por um beco, onde encontra um de seus companheiros morto e logo em seguida é surpreendido por Catalina lhe apontando duas pistolas. Ela então diz que ele é perda de tempo e atrapalha suas ambições, traindo-o e disparando-o em seu pescoço. Claude é então deixado à beira da morte e Catalina foge com seu novo amante Miguel, líder do Cartel Colombiano, uma gangue traficante de drogas. Claude sobrevive, mas é capturado pela polícia e condenado a dez anos de prisão.

Claude é colocado em uma van da polícia para ser transportado para o presídio na grande cidade de Liberty City junto com dois outros criminosos: 8-Ball, um respeitado fabricante de bombas e a figura conhecida como o Velho Cavalheiro Oriental. No entanto, a van é perseguida por carros do Cartel Colombiano, que buscam resgatar o Velho Cavalheiro Oriental. À altura da Ponte Callahan, eles têm sucesso em seu objetivo e libertam não só o Velho Cavalheiro mas também Claude e 8-Ball. No entanto, de um de seus carros cai acidentalmente uma bomba que, minutos depois, explode e destrói parte da ponte, impedindo a passagem de qualquer veículo. Claude e 8-Ball conseguem escapar logo após o Cartel, e se refugiam no Distrito Red Light, uma zona de meretrício em Portland, o setor industrial da cidade.

Claude vê então a grande oportunidade de se estabilizar novamente como um criminoso respeitado ao tomar conhecimento de que a cidade é governada por todos os tipos de gangues e máfias (como a Máfia Italiana, Yakuza, Diablos e outros). Visando "subir" na carreira, Claude adentra o submundo do crime de Liberty City, trabalhando como "homem de serviços" para as mais variadas organizações criminosas da metrópole. Ao fim de seu caminho, está o seu desejo de vingança contra Catalina, objetivo do qual ele jamais abrirá mão. Nunca. No final do jogo, Claude invade a mansão onde está sua ex e após escapar de um tiroteio súbito, ele vê a sua ex fugir de helicóptero e começa a segui-la até a represa. Quando chega lá encara outro tiroteio e salva Maria. mas Catalina está prestes a fugir de novo. Como Claude só queria vingança, ele usa uma Bazuca para destruir o helicóptero e matar Catalina.

Claude então foge com Maria, supostamente morta por ele mesmo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
1UP.com A+[6]
Computer and Video Games 9 de 10[7]
Edge 8 de 10
Electronic Gaming Monthly 9.33 de 10[8][9]
Famitsu 8 / 10[10]
Game Informer 9.5 de 10[11]
GameSpot 9.6 / 10 (PS2)[12]
9.3 / 10 (PC)[13]
IGN 9.6 / 10 (PS2)[14]
9.4 / 10 (PC)[15]
GameSpy 94 de 100[16]
GamePro 5 de 5[17]
PlayStation: The Official Magazine 9 / 10[18]
PlayStation 3 Magazine 92%[18]
PC Gamer US 92%
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 97 / 100 (PS2)[19]
93 / 100 (PC)[20]
GameRankings 95% (PS2)[8]
93.5% (PC)[21]
MobyGames 95 de 100[22]
Premiações
Premiador Prêmio
GameSpot's Best and Worst of 2001 Most Innovative Game,[23] Best Action/Adventure Game,[24] Best PlayStation 2 Game,[25] Game of the Year[26]
IGN's Best of 2001 Best Action Game for PlayStation 2 (Editor's Choice and Reader's Choice),[27] PlayStation 2 Game of the Year[28]
GamePro Editors' Choice[17]
Electronic Gaming Monthly Gold Award[9]

No seu lançamento, Grand Theft Auto III recebeu análises muito positivas; embora haja alguns pequenos comentários negativos sobre os gráficos, performance e controles, GTA III foi descrito como revolucionário por vários publicações e sites de análises de jogos. Com reviews de 9.6/10 do IGN[14] e GameSpot,[12] e 8/10 de Edge, 10/10 de Official U.S. PlayStation Magazine, 94 de GameSpy[16] e uma média de 95% de acordo com Game Rankings,[8][29] o jogo ganhou vários prêmios, como o Jogo de console do ano da GameSpot, Jogo do ano do GameSpy e Cheat Code Central, e Melhor jogo de ação de 2001 pela IGN. Com uma pontuação média das análises em 97% no Metacritic[19] o jogo empata com Tony Hawk's Pro Skater 3 como o jogo de PlayStation 2 com melhor análise da história. Foi também incluído na lista de melhores jogos de todos os tempos da GameSpot.[5]

O site GamePro considerou GTA III o jogo mais importante de todos os tempos, explicando que "os elementos de jogabilidade em mundo aberto do jogo revolucionaram o modo com que todos os jogos são feitos".[30] Do mesmo jeito, IGN colocou GTA III na lista dos dez jogos mais influentes.[31]

Em 2009, Game Informer colocou GTA III em quarto na sua lista de 200 melhores jogos de todos os tempos, dizendo que "mudou a jogabilidade para sempre com seu imenso mundo aberto".[32] GamesRadar nomeou o jogo 'o mais importante jogo da década.[33]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

GTA 3 causou e ainda causa muita controvérsia por causa de seu conteúdo violento e sexual. Foi freqüentemente citado na imprensa por causa da oportunidade que os jogadores tem de roubar veículos, pegar prostitutas, fazer sexo (implícito) com ela, e depois matá-la e roubar o dinheiro dela.

Foi por causa do GTA III que a cadeia de lojas Wal-Mart anunciou que, para os jogos classificados como "M" pela ESRB, suas lojas começariam a verificar a identificação dos adquirentes que pareciam ser menores de 17 anos.

Desde seu lançamento, na Austrália, o jogo foi banido por um período e uma versão censurada do jogo foi lançada em seu lugar. Uma das principais razões pare que esta ação fosse tomada era de que a Rockstar não apresentou GTA III ao Instituto de Classificação de Filmes e Livros (OFLC), órgão que, entre outras coisas, classifica jogos de vídeogame de acordo com seu conteúdo, na Austrália.

Em 20 de outubro de 2003, as famílias de Aaron Hamel e Bede Kimberly, dois jovens mortos pelos adolescentes William e Josh Buckner (que, nas declarações aos investigadores afirmaram que suas ações eram inspiradas por GTA III) apresentaram uma ação de $ 246.000.000 contra os editores da Rockstar Games e Take-Two Interactive Software, a varejista Wal-Mart e a fabricante do PlayStation 2, Sony Computer Entertainment America. Rockstar e a sua empresa-mãe, a Take-Two, pediram demissão do processo, declarando na Corte Distrital dos EUA em 29 de outubro de 2003 que "as idéias e conceitos, bem como os supostos efeitos psicológicos sobre os Buckners estão protegidos pela cláusula constitucional à liberdade de expressão''. O advogado das vítimas, Jack Thompson, negou que estava tentando mover o processo para um tribunal estadual e agindo sob a proteção do consumidor de Tennessee. O caso, porém, foi indeferido devido à ausência do réu do seu conhecimento sobre armas de fogo.

Vendas[editar | editar código-fonte]

Grand Theft Auto 3 foi lançado em 22 de outubro de 2001 nos Estados Unidos, e logo se tornou um grande sucesso no país, com o seu preço inicial de US$ 49,95. Pouco mais de 1 mês e meio após seu lançamento, GTA 3 se tornou o jogo mais vendido do ano nos EUA, e consequêntemente no mundo, com mais de 4 milhões de cópias. Em 2002, o game continuou a vender bem, principalmente em Maio, quando ganhou uma versão para computador, sendo o segundo jogo mais vendido do ano, atrás apenas de seu sucessor: Grand Theft Auto: Vice City. Em Setembro de 2007, GTA 3 já tinha ultrapassado as 12 milhões de unidades vendidas, de acordo com a Take Two Interactive. Em Março de 2008, a Take Two informou que o jogo já tinha vendido aproximadamente 14,5 milhões de cópias. Atualmente, é estimado que o jogo já tenha vendido mais de 17 milhões de exemplares.

Legado[editar | editar código-fonte]

Apesar da série Grand Theft Auto ter sido um sucesso underground antes do lançamento do GTA III, foi esse jogo que fez a série se tornar um sucesso mundialmente. O sucesso de GTA III resultou em duas sequências para consoles e Microsoft Windows (Vice City e San Andreas), ambas criadas em cima do sucesso do GTA III, assim como três jogos para portáteis (Grand Theft Auto Advance, Grand Theft Auto: Liberty City Stories e Grand Theft Auto: Vice City Stories, sendo que os GTA's LCS e VCS foram liberados para PS2).

A geração seguinte da série, Grand Theft Auto IV, foi lançada em 29 de abril de 2008.

Críticos e jogadores tem usado o termo "Clone de Grand Theft Auto" para descrever um tipo de jogo lançado com a tentativa de emular a jogabilidade em mundo aberto do GTA III[carece de fontes?]

Referências

  1. Hare, James. «Amiga Classic Reviews: Hunter». Reality Glitch Online. Consultado em 2010-09-23 
  2. Fahs, Travis. «IGN: The Leif Ericson Awards». Retro.ign.com. Consultado em 2010-09-23 
  3. «Body Harvest Reviews». Game Rankings. Consultado em 14 de outubro de 2006 
  4. «Extreme M&A – Part One». www.gamesinvestor.com (first appeared in Develop). June 2007. Cópia arquivada desde o original em October 6, 2007. Consultado em September 22, 2007 
  5. a b «Greatest Games of All Time: Grand Theft Auto III». uk.gamespot.com. Consultado em September 22, 2007 
  6. 1UP Staff (2000-01-01). «Grand Theft Auto III PS2 Review Index, Grand Theft Auto III Playstation 2 Reviews». 1UP. Consultado em 1844-07-01 
  7. Game Reviews, Game Scores - ComputerAndVideoGames.com
  8. a b c «Grand Theft Auto III Reviews». Game Rankings. Consultado em 2008-07-01 
  9. a b In: Hsu, Dan "Shoe". . [S.l.: s.n.].
  10. «Grand Theft Auto III Articles». GameStats. Consultado em 2011-02-11 
  11. Helgeson, Matt. «Game Informer Online». Game Informer. Consultado em 2008-06-30 
  12. a b Gerstmann, Jeff (2001-10-24). «Grand Theft Auto III for PlayStation 2 Review — PlayStation 2 Grand Theft Auto III Review». Gamespot. pp. 1–3. Consultado em 2008-06-30 
  13. «Grand Theft Auto III Review for PC». GameSpot. 2002-05-20. Consultado em 2011-02-11 
  14. a b Perry, Doug (2001-10-22). «IGN: Grand Theft Auto III Review». IGN.com. Consultado em 2008-06-30 
  15. «Grand Theft Auto III - PC Review at IGN». IGN. 2002-05-27. Consultado em 2011-02-11 
  16. a b Alupului, Andre (2001-10-31). «PlanetPS2 - A Member of The GameSpy Network». GameSpy. pp. 1–3. Cópia arquivada desde o original em 2008-04-06. Consultado em 2008-07-01 
  17. a b "FOUREYEDDRAGON" (2001-10-29). «Review: Grand Theft Auto 3 for PS2 on GamePro.com.». GamePro. Cópia arquivada desde o original em 2008-05-08. Consultado em 2008-06-30 
  18. a b «Grand Theft Auto III Reviews and Articles for PlayStation 2». GameRankings. Consultado em 2011-02-11 
  19. a b «Grand Theft Auto III (ps2: 2001): Reviews». Metacritic. Consultado em 2008-07-01 
  20. «Grand Theft Auto III for PC Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic». Metacritic.com. 2002-05-20. Consultado em 2011-02-11 
  21. «Grand Theft Auto III for PC». GameRankings. 2002-05-20. Consultado em 2011-02-11 
  22. «Grand Theft Auto III for PlayStation 2 - MobyGames». MobyGames. Consultado em 2008-07-01 
  23. «GameSpot's Best and Worst of 2001: Special Achievement Awards — Most Innovative». GameSpot. Consultado em 2007-08-15 
  24. «GameSpot's Best and Worst of 2001: Genre Awards — Best Action/Adventure Game». GameSpot. Consultado em 2007-08-15 
  25. «GameSpot's Best and Worst of 2001: Platform Awards — Best PlayStation 2 Game». GameSpot. Consultado em 2007-08-15 
  26. «GameSpot's Best and Worst of 2001: Top 10 Video Games of the Year». GameSpot. Consultado em 2007-08-15 
  27. «IGN: Best Action Game of 2001 - PlayStation 2». IGN.com. Cópia arquivada desde o original em 2002-01-17. Consultado em 2007-08-16 
  28. «IGN: PS2 Game of the Year». IGN.com. Consultado em 2007-08-16 
  29. «Grand Theft Auto 3 Awards». Take-Two Interactive. Consultado em 6 de maio de 2006 
  30. «Os 52 Video Games mais importantes de todos os tempos (página 8 de 8)» 
  31. Ryan Geddes and Daemon Hatfield (2007-12-10). «IGN's Top 10 Most Influential Games». IGN.com. Consultado em 2007-12-10 [ligação inativa]
  32. The Game Informer staff (December 2009). «The Top 200 Games of All Time»: 44–79. ISSN 1067-6392. OCLC 27315596 
  33. «The top 20 most important games of the decade». GamesRadar. 2010-01-01. Consultado em 2011-02-11