Xbox (console)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xbox-logotype.png
Xbox-Console-Set.png
Console Xbox com o "controle S"
Fabricante Microsoft
Família do
produto
Xbox
Tipo Console de videogame
Geração Sexta geração
Lançamento Estados Unidos 15 de novembro de 2001
Japão 22 de fevereiro de 2002
União Europeia Austrália 14 de março de 2002
Descontinuado Japão 4 de junho de 2006
União Europeia 11 de março de 2007
Estados Unidos 18 de maio de 2008
2 de março de 2009 (suporte técnico)
Unidades
vendidas
24,2 milhões[1]
Mídia DVD (para filmes e jogos),
CD (para música)
CPU Intel baseado no Pentium III núcleo coppermine à 733 MHz[2]
Capacidade de
armazenamento
Disco rígido: 8-10 GB
Cartão de memória: 8 MB
Gráficos nVidia NV2A
Controladores 4 gamepads
Conectividade Fast Ethernet
Serviços
on-line
Xbox Live
Jogo mais
vendido
Halo 2, 8,46 milhões de cópias
Sucessor Xbox 360
Artigos
relacionados
Xbox 360 e Xbox One

O Xbox é um console de videogame fabricado pela Microsoft. Foi lançado em 15 de novembro de 2001 na América do Norte; 22 de fevereiro de 2001 no Japão; e na Europa e Austrália em 14 de março de 2002, representando a primeira investida da empresa no mercado de jogos em consoles. Como parte da sexta geração,[3] o Xbox competiu com o PlayStation 2 da Sony, com o Dreamcast da Sega (que encerrou suas vendas antes do início da comercialização do Xbox) e com o GameCube da Nintendo. Foi o primeiro console de uma empresa norte-americana desde a retirada do Atari Jaguar em 1996.[4]

A rede integrada Xbox Live, iniciada em 15 novembro de 2002,[5] permitia que os jogadores interagissem através da Internet, como em partidas on-line, desde que houvesse acesso a uma conexão de banda larga.[6] Mesmo cobrando pela assinatura, esse recurso auxiliou na popularidade do Xbox, principalmente devido à descentralização da rede on-line do PlayStation 2. O jogo mais vendido do console da Microsoft foi Halo 2, lançado em novembro de 2004, cujos recursos on-line também foram um sucesso.[7]

Após 24 milhões de unidades vendidas,[1] o sucessor do Xbox, o Xbox 360, foi lançado em novembro de 2005 nos Estados Unidos, seguido pela descontinuação das vendas do Xbox no ano seguinte. O último jogo lançado na Europa foi Tony Hawk's Project 8 (novembro de 2006) e Madden NFL 09 na América do Norte (agosto de 2008). O suporte para consoles fora de garantia foi interrompido em 2 de março de 2009 e para a rede Xbox Live em 15 de abril de 2010.[8]

História[editar | editar código-fonte]

Durante o desenvolvimento, o nome foi reduzido de "DirectX Box" para apenas "Xbox". A equipe de marketing da Microsoft não gostou do nome e sugeriu diversas alternativas. Durante os grupos focais de teste, optou-se por manter "Xbox" na lista apenas para provar sua teoria de que o nome não seria escolhido pelos consumidores. No entanto, os grupos revelaram uma preferência por "Xbox" muito superior às demais opções, tornando-o o nome oficial do produto.[9]

O Xbox foi o primeiro console da Microsoft depois de sua colaboração com a Sega para portar o Windows CE ao Dreamcast. O lançamento foi adiado seguidamente após sua primeira revelação ao público no final de 1999, em entrevistas com o então CEO da empresa, Bill Gates, que disse que um dispositivo de jogos e multimídia era "essencial" para convergência nos "novos tempos".[10] Quando Gates apresentou o Xbox na Game Developers Conference em 2000, o público ficou impressionado com a tecnologia do console. À época, as vendas do Dreamcast da Sega estavam diminuindo e o PlayStation 2 começava a ser vendido no Japão.[11]

Devido à imensa popularidade dos consoles no mercado japonês, a Microsoft atrasou o lançamento do Xbox na Europa para focar-se no Oriente. Mesmo adiado, o lançamento europeu foi mais bem sucedido do que no Japão. Apesar de ter prometido o lançamento do Xbox no Brasil até o primeiro semestre de 2003 (e, depois, no segundo semestre)[12] , a Microsoft não chegou a disponibilizar oficialmente o produto no país. Em terras brasileiras, só podia ser encontrado através de importadores e no mercado paralelo.[13] A primeira iniciativa oficial ocorreu apenas em dezembro de 2006, quando a Microsoft lançou o Xbox 360 no Brasil.[14]

Alguns dos planos da Microsoft foram bem sucedidos. Na preparação para o início das vendas, a Microsoft adquiriu a Bungie e utilizou Halo: Combat Evolved como seu título de lançamento. Naquele período, GoldenEye 007 havia sido um dos poucos jogos de tiro em primeira pessoa (FPS) de sucesso em consoles, numa lista que incluía, ainda, Perfect Dark e Medal of Honor. Halo: Combat Evolved foi uma investida de sucesso para ajudar nas vendas do Xbox.[11] Em 2002, a Microsoft chegou ao segundo lugar em vendas de consoles na América do Norte.[15]

Outros títulos de lançamento populares para o console incluíram Dead or Alive 3,[16] Amped: Freestyle Snowboarding, Fuzion Frenzy,[17] Project Gotham Racing[16] e Jet Set Radio Future. ]]

Descontinuação e sucessor[editar | editar código-fonte]

O sucessor do Xbox, o Xbox 360, foi revelado oficialmente em 12 de maio de 2005 na MTV e lançado na América do Norte em 22 de novembro do mesmo ano. A Nvidia encerrou a produção da GPU do Xbox em agosto de 2005, marcando o encerramento da produção do console. Com o lançamento do 360, a comercialização foi logo interrompida no Japão, devido ao baixo nível de vendas. Na Europa e na América do Norte, por outro lado, as vendas ainda eram superiores, sendo interrompidas apenas no final de 2008 e início de 2009, respectivamente.

O Xbox 360 suporta um número limitado de jogos de seu antecessor. Os jogos salvos não podem ser transferidos para o Xbox 360 e a interatividade com a Xbox Live foi descontinuada.[18] Ainda é possível executar os jogos originais através de link do sistema.[19]

Especificações[editar | editar código-fonte]

O Xbox é muito parecida em arquitectura com um PC comum, incluindo um processador da Intel, uma placa de vídeo da Nvidia, e um núcleo baseado em Windows 2000.[20]

Especificações técnicas
CPU GPU
Ic-photo-Intel--KC 733 128--(X-BOX-Pentium-III-CPU).png Intel Pentium III Coppermine
Frequência de clock:
733 MHz
Lisura:
180 nm
Barramento:
32 bitsx4 total 128bits

  • FSB: 133 MHz
  • Cache L2 de 128KB;
  • Equipado com o conjunto de instruções MMX e SSE;
Ic-photo-nVIDIA--XGPU--(X-BOX-GPU).png Nvidia NV2A
Frequência de clock:
233 MHz
Lisura:
120

  • Performance gráfica: 125 milhões de polígonos por segundo,280 Milhões de Poligonos por Segundo Pico totalmente Textursiados

Antialiazing até 4XAA, MSAA2XAA ASXAA8XAA Filtro Anistropico até 16X,Compativel com Shader Model 3.0 (DirectX 9.0C o que a da condição de geforce da serie 6) Resoluções 480i,com cabo componente pode ser chegar a 480p,720P,1080i .

Áudio Mídia
Canais de áudio:
64

  • Canais 3D (até 256 vozes em estéreo) e dolby digital 5.1 em tempoo real e não apenas em cut scenes requer cabo de audio digital
DVD.png DVD
Capacidade normal:
4.7/8.5 GB

  • Memória: 64 MB (DDR SDRAM) rodando a 200 MHz;
  • Disco rígido de 8.5 ou 10 GB dependendo do modelo. Ambos são conectados por um cabo IDE de 40 vias de PC;
  • Rede: 10/100-T Ethernet;

Jogos[editar | editar código-fonte]

Dos jogos de lançamento do Xbox, o mais bem sucedido foi Halo: Combat Evolved, um atirador que foi aclamado criticamente e foi um dos jogos mais vendidos do ano. Outros jogos bem sucedidos no começo foram NFL Fever 2002, Project Gotham Racing e Dead or Alive 3.

Como os jogos iniciais não exploravam a capacidade total, o Xbox não cresceu muito.

Em 2002/2003, jogos como MotoGP, MechAssault, Ninja Gaiden,Star Wars: Knights of the Old Republic e Tom Clancy's Ghost Recon atraíram mais compradores. Além disso, jogos de outras plataformas e computador ganhavam versões (Grand Theft Auto III, Grand Theft Auto: Vice City), às vezes exclusivas (Doom 3, Half-Life 2).

O jogo mais vendido do Xbox foi a sequência de Halo, Halo 2 (2004) que rendeu US$100 milhões em apenas um dia [1], e vendeu 7 milhões de cópias [2].

A Microsoft também perdeu bilhões de dolares por causa da pirataria e chips de destravamento,que são muito usados porque permitem varias coisas como:

  • Jogar jogos piratas
  • FTP entre o PC e a Xbox (com o cabo cross over)
  • Execução de DVDs sem o controle
  • Executar o Linux
  • Acessar a Internet
  • Rodar emuladores, permitindo rodar jogos de outros consoles
  • Gravar jogos no HDD para não desgastar o leitor

Xbox Live[editar | editar código-fonte]

A rede Xbox Live permite que aos jogadores jogar online pela Internet pagando uma mensalidade. Há muitos jogos habilitados para essa rede o que tornou o XBOX referência em console para esta finalidade. A Live possui ranking de jogadores, bate-papo e campeonatos. Porém, não está disponível no Brasil para a versão original do Xbox, pelo fato de o console não ter sido revendido oficialmente no país, diferente do Xbox 360 que é revendido oficialmente no mercado nacional e possui a rede Live disponível para seus jogadores.

Existem também programas gratuitos para jogar online com outros jogadores, método não apoiado pela Microsoft.

Preços[editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos: US$ 149;
  • Canadá: $ 199;
  • Europa: 149;
  • Reino Unido: £ 99;
  • Brasil: R$ 799.
  • Portugal: 100€

Obs: Os preços acima correspondem ao último valor de venda do console nos respectivos países já que este teve a sua produção finalizada.

Devido a seus altos preços de produção e concorrência de preços da Sony e Nintendo, a Microsoft teve grandes perdas com o Xbox, sendo 4 bilhões de dólares por volta de 2005[21] . A divisão de games só teve em 2004 seu primeiro dia de lucro, com o lançamento de Halo 2.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Gamers Catch Their Breath as Xbox 360 and Xbox Live Reinvent Next-Generation Gaming (em inglês) Microsoft (9 de maio de 2006). Visitado em 12 de novembro de 2012.
  2. Diagrama do Xbox (em inglês).
  3. Oliveira, Sérgio (6 de novembro de 2011). A História dos Vídeo Games #27: a Microsoft entra na jogada com o Xbox (em português) Nintendo Blast. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  4. Metz, Cade (7 de dezembro de 2001). The Buzz on Xbox (em inglês) PCMag. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  5. Varanini, Giancarlo (15 de novembro de 2002). Xbox Live launches (em inglês) GameSpot. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  6. Parker, Sam (30 de outubro de 2002). Xbox Live ISP details (em inglês) GameSpot. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  7. Halo 2 tops Live most-played list (em inglês) Eurogamer (21 de fevereiro de 2006). Visitado em 12 de novembro de 2012.
  8. Lawler, Richard (5 de fevereiro de 2010). Xbox v1 games, systems no longer Live; Microsoft's pulling the plug April 15 (em inglês) Engadget. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  9. Alexander, Leigh (14 de agosto de 2009). Interview: Former Microsoft Exec Fries Talks Xbox's Genesis (em inglês) Gamasutra. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  10. Xbox Brings "Future-Generation" Games to Life (em inglês) Microsoft (10 de março de 2000). Visitado em 12 de novembro de 2012.
  11. a b Kent, Steven L. (16 de fevereiro de 2004). Xbox Timeline (em inglês) GameSpy.com. Visitado em 3 de maio de 2009.
  12. Vaisman, André (14 de abril de 2003). Brasil continua à margem do mercado dos consoles (em português) Folha de S. Paulo. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  13. Werneck, Guilherme (22 de julho de 2002). Guerra dos consoles tem novo round no Brasil (em português) Folha de S. Paulo. Visitado em 12 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2013.
  14. Xbox 360 chega em 1º de dezembro ao Brasil, por R$ 2.999,00 (em português) UOL Jogos (9 de novembro de 2006). Visitado em 12 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 12 de novembro de 2012.
  15. Islam, Faisal (29 de setembro de 2002). Shaky Xbox struggles even for second place (em inglês) The Guardian. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  16. a b Rider, Shawn (15 de novembro de 2001). Editorial: Xbox vs. PS2 Redux (em inglês) GamesFirst!. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  17. Davis, Ryan (9 de novembro de 2001). Fuzion Frenzy Review (em inglês) Gamespot. Visitado em 12 de novembro de 2012.
  18. Jogar jogos Xbox originais em um console Xbox 360 (em português) Xbox.com (novembro de 2007). Visitado em 12 de novembro de 2012.
  19. Como interconectar os consoles do Xbox 360 para reprodução de link do sistema (em português) Xbox.com (7 de setembro de 2011). Visitado em 12 de novembro de 2012.
  20. Shimpi, Anand Lai (21 de novembro de 2001). Hardware Behind the Consoles - Part I: Microsoft's Xbox (em inglês) AnandTech. Visitado em 30 de março de 2011.
  21. Cole, Vladimir (26 de setembro de 2005). Forbes: Xbox lost Microsoft $4 billion (and counting) (em inglês) Joystiq. Visitado em 12 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]