Solimões (proposta de unidade federativa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Solimões

Amazonas Micro AltoSolimoes.svg
Território do Solimões

Flag of None.svg
Bandeira do Solimões

Região Norte
Vizinhos Amazonas, Acre, Colômbia e Peru.
Municípios 9
Capital Tabatinga
Área Total 213.275,064
População 250.657 (IBGE/2017)
Densidad 1,17 hab/km²
Clima Tropical úmido
Website --

O Estado de Solimões é uma proposta de nova unidade federativa do Brasil que seria fruto do desmembramento do Amazonas, abrangendo 9 municípios amazonenses. A Comissão de Estudos Territoriais, criada no Artigo 12 do Ato das Disposições Constitucionais da Constituição de 1988, concluiu pela necessidade de se alterar a divisão política do Estado do Amazonas, propondo a criação dos territórios de Solimões e do Rio Negro, o reordenamento da região, que primeiro criou os territórios do Acre, Amapá, Roraima e Rondônia, transformados em Estados em 1973, além da criação do Estado do Tocantins, servindo como prova de como pode ser positiva essa organização.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Nove municípios podem integrar o estado de Solimões:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]