Steve Reich

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde dezembro de 2017)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Steve Reich ou Stephen Michael Reich (Nova Iorque, 3 de outubro de 1936) é considerado um dos mais importantes compositores da música minimalista e da música modalista.[por quem?]

Estudou percussão aos catorze anos com o timpanista da Orquestra Filarmônica de Nova Iorque; formou-se em Filosofia na Universidade Cornell; estudou composição por dois anos com Hall Overton, de 1958 até 1961 na escola de música Juilliard. Além disso, estudou em institutos africanos e balineses. Em 1990 ganhou o Grammy de melhor compositor contemporâneo.

Recebeu o Prémio Pulitzer de Música em 2009 por Double Sextet.

Obras[editar | editar código-fonte]

Discografia selecionada[editar | editar código-fonte]

  • Drumming (Reich). Steve Reich and Musicians (Two recordings: Deutsche Grammophon and Nonesuch) So Percussion (Cantaloupe)
  • Music for 18 Musicians. Steve Reich and Musicians (Two recordings: ECM and Nonesuch)
  • Octet/Music for a Large Ensemble/Violin Phase. Steve Reich and Musicians (ECM)
  • Variations for Winds, Strings and Keyboards/Music for Mallet Instruments, Voices and Organ/ Six Pianos. San Francisco Symphony Orchestra, Edo de Waart, Steve Reich & Musicians (Deutsche Grammophon)
  • Tehillim/The Desert Music. Alarm Will Sound and OSSIA, Alan Pierson (Cantaloupe)
  • Different Trains/Electric Counterpoint. Kronos Quartet, Pat Metheny (Nonesuch)
  • You Are (Variations)/Cello Counterpoint. Los Angeles Master Chorale, Grant Gershon, Maya Beiser (Nonesuch)

Outras leituras[editar | editar código-fonte]

  • D.J. Hoek. Steve Reich: A Bio-Bibliography. Greenwood Press, 2002.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Potter, Keith (2000). Four Musical Minimalists: La Monte Young, Terry Riley, Steve Reich, Philip Glass. Music in the Twentieth Century series. Cambridge, UK; New York, New York: Cambridge University Press.
  • Reich, Steve; Hillier, Paul (Editor) (1 de abril de 2002). Writings on Music, 1965-2000. USA: Oxford University Press. 272 páginas. ISBN 0-19-511171-0 
  • Reich, Steve (1974). Writings About Music. Halifax: Press of the Nova Scotia College of Art and Design. 78 páginas. ISBN 0-919616-02-X 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Entrevistas[editar | editar código-fonte]

Ouvir[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Steve Reich
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. *Reich, Steve (1975 (New Edition)). Writings on Music. USA: New York University Press. pp. pp. 12–13. ISBN 0-8147-7357-5  Verifique data em: |data= (ajuda)