Marimba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Banda de marimba da Guatemala
Uma marimba.

A marimba ou dimba (kimbundu)[1] é um instrumento de percussão, um idiofone, de forma semelhante ao xilofone, com lamelas de madeira, que ao serem percutidas com baquetas produzem um som. Um exemplar "genérico" é o ceramofone.

A marimba é de origem africana. No século XVI, o intercâmbio intercultural levou a marimba às Américas, onde foi adaptada e faz hoje parte da música de vários países, especialmente a Guatemala e Honduras, os estados de Oaxaca e Chiapas no sul do México e a Nicarágua.

O instrumento geralmente é tocado com duas a seis baquetas (normalmente 4 ou 2) revestidas de lã ou feltro, podendo ainda ser percutido com as mãos.

Marimba de vidro[editar | editar código-fonte]

A marimba de vidro é um instrumento criado pelo músico Marco Antônio Guimarães e amplamente utilizado pelo grupo Uakti.

Suas teclas são feitas de vidro plano de espessura 4mm e se estendem por duas oitavas, do Si1 ao Mi4, apoiadas sobre um revestimento que cobre toda a borda da parede da caixa de ressonância.

Outra particularidade da marimba de vidro é o fato de poder ser utilizado um arco de crina (como os dos instrumentos de corda) para extrair o som das notas, friccionando-o contra a borda da tecla correspondente à nota a ser tocada.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Helmut Brenner: Marimbas in Lateinamerika. Historische Fakten und Status quo der Marimbatraditionen in Mexiko, Guatemala, Belize, Honduras, El Salvador, Nicaragua, Costa Rica, Kolumbien, Ecuador und Brasilien (=Studien und Materialien zur Musikwissenschaft 43), Hildesheim–Zürich–New York: Georg Olms Verlag, 2007.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Marimba

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 093