Talbot Duckmanton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Talbot Duckmanton
Nascimento 25 de outubro de 1921
Morte 12 de junho de 1995 (73 anos)
Gold Coast
Cidadania Austrália
Ocupação anunciante de radio, correspondente de guerra, empresário
Prêmios Comandante da Ordem do Império Britânico, Cavaleiro Celibatário
Empregador Australian Broadcasting Corporation

Sir Talbot Sydney Duckmanton, CBE (25 de outubro de 1921 - 12 de junho de 1995) foi um jornalista e empresário australiano. Ele foi durante 17 anos o Gerente Geral (cargo equivalente ao de Diretor-Geral) da Australian Broadcasting Corporation (ABC).[1] Duckmanton também foi responsável pelo estabelecimento da televisão a cores na Austrália.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Duckmanton, que era filho de um arquiteto ingressou na ABC como locutor em 1939. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele serviu como piloto na RAAF antes de se tornar um correspondente de guerra da ABC em 1945. Posteriormente, ele foi apresentador e comentarista de transmissões externas antes de se mudar para cargos gerenciais em Queensland e Tasmânia.

Ele se tornou o chefe executivo da ABC em fevereiro de 1965 e supervisionou o estabelecimento da televisão a cores na Austrália, além da criação da ABC Classic FM.

De 1973 a 1977, ele foi o presidente da União de radiodifusão da Ásia-Pacífico e, de 1975 a 1982, presidente da Commonwealth Broadcasting Association. Ele foi agraciado com a Ordem do Império Britânico em 1980 e se aposentou dois anos depois, logo após a ABC comemorar seu 50º aniversário.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]