Temporada da CART World Series de 1986

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CART IndyCar World Series de 1986
Anterior: 1985 Posterior: 1987
Truesports Racing, carro pilotado por Bobby Rahal no título de 1986

A Temporada de 1986 da CART foi a quarta da história da categoria.[1]

O Americano Bobby Rahal foi o campeão

A temporada de 1986 da CART PPG Indy Car World Series foi a 8ª temporada do campeonato nacional de corridas de roda aberta americana sancionada pela CART. A temporada consistiu em 17 corridas e um evento de exibição sem pontos. Bobby Rahal foi o campeão nacional, e o novato do ano foi Chip Robinson. O Indianapolis 500 de 1986 foi sancionado pela USAC, mas contou com o campeonato de pontos da CART. Bobby Rahal venceu a Indy 500[2], e mais tarde se tornou o primeiro piloto desde 1980 a vencer Indy e o campeonato da CART na mesma temporada.

As duas primeiras corridas da temporada foram vencidas por Kevin Cogan (Phoenix) e Michael Andretti (Long Beach), respectivamente, a primeira vitória de carreira para ambos os pilotos no circuito CART. A chuva atrasou o Indianápolis 500, adiando-o por seis dias. Bobby Rahal, dirigindo para a Truesports, passou por Kevin Cogan a duas voltas do final e venceu para o proprietário do carro, Jim Trueman, que sofria de câncer. Trueman morreu menos de duas semanas depois.

A temporada se configuraria como uma batalha de dois homens entre Rahal e Michael Andretti. Andretti venceu em Milwaukee, o que o colocou na liderança dos pontos pela primeira vez. No Dia dos Pais, Andretti liderava na última volta em Portland. Seu carro ficou sem combustível no último turno da última volta, e seu pai Mario o derrotou na linha de chegada em 0,07 segundo. Ele iria cair no folclore como um dos acabamentos mais chocantes na história do carro da Indy, bem como o acabamento mais próximo na história do carro Indy em um curso de estrada (até 1997).

Rahal estava de volta à vitória em julho, vencendo o Molson Indy Toronto, mas Michael Andretti ainda liderava os pontos. Rahal venceu quatro das cinco corridas durante um trecho em agosto e setembro, e emergiu com uma vantagem de 9 pontos na classificação com duas corridas restantes. Michael Andretti conquistou uma vitória importante na penúltima corrida da temporada em Phoenix, enquanto Rahal terminou em 3º.

Entrando no final da temporada no Tamiami Park, Rahal tinha uma pequena vantagem de 3 pontos sobre o Andretti. Nenhum dos pilotos foi um fator em Miami, e logo depois da metade, Andretti saiu com um meio-eixo quebrado. Rahal efetivamente conquistou o campeonato quando Andretti desistiu. Roberto Guerrero venceu a pole e dominou a corrida, liderando as primeiras 111 voltas. Mas na última volta, seu carro cuspiu e ele ficou sem combustível. Al Unser Jr. deslizou para roubar a vitória, sua vitória solitária em 1986. Unser, Jr. venceu na 19ª posição inicial, a maior vantagem que qualquer piloto tinha ganho na corrida de estrada / rua da CART na época.[3]

Classificação[editar | editar código-fonte]

# Piloto PHX1 Estados Unidos LBH Estados Unidos INDY Estados Unidos MIL Estados Unidos POR Estados Unidos MEA Estados Unidos CLE Estados Unidos TOR Canadá MIC1 Estados Unidos POC Estados Unidos MDO Estados Unidos SAN Canadá MIC2 Estados Unidos ROA Estados Unidos LAG Estados Unidos PHX2 Estados Unidos MIA Estados Unidos Pts
1 Estados Unidos Bobby Rahal 16 18 1 6 20 3 15 1 10* 14 1 1* 1 5 1* 3 8 179
2 Estados Unidos Michael Andretti 15* 1* 6 1* 2* 20 2 19 11 11* 10 6 2* 2* 3 1* 18 171
3 Estados Unidos Danny Sullivan 4 11 9 11 11 1 1* 2 25 16 3* 5 12 6 2 2 26 147
4 Estados Unidos Al Unser Jr. 12 2 5 8 3 9 8 4* 8 6 5 2 21 11 23 6 1 137
5 Estados Unidos Mario Andretti 7 5 32 5 1 24 3 3 21 1 24 8 10 9 4 4 11 136
6 Estados Unidos Kevin Cogan 1 17 2 12 14 21 23 5 22 2 4 4 4 20 9 14 4 115
7 Brasil Emerson Fittipaldi 3 16 7 24 12 2 13 17 20 19 21 3 3 1 7 5 20 103
8 Estados Unidos Rick Mears 19 20 3* 3 16 19 4 8 12 8 17 18 8 3 17 20 3 89
9 Colômbia Roberto Guerrero 8 DNS 4 18 13 4* 17 20 24 21 2 17 22 4 5 12 2* 87
10 Estados Unidos Tom Sneva 2 4 DNS 2 4 17 5 9 18 15 12 13 5 12 22 18 22 82
11 Estados Unidos Johnny Rutherford 5 9 8 4 15 7 10 10 1 18 8 16 9 14 12 9 12 78
12 Austrália Geoff Brabham 10 3 12 21 7 22 14 14 4 12 20 11 11 22 6 8 5 64
13 Brasil Raúl Boesel 13 19 13 14 8 23 6 7 5 5 7 9 15 8 14 13 19 54
14 México Josele Garza 23 7 18 7 17 8 7 23 2 7 14 24 45
15 Canadá Jacques Villeneuve 8 20 15 5 5 19 24 11 19 10 19 16 6 38
16 Brasil Roberto Moreno 20 6 19 13 18 18 25 18 6 10 16 6 16 20 10 17 30
17 Países Baixos Arie Luyendyk 6 15 15 9 16 24 6 23 17 18 13 7 10 15 21 29
18 Estados Unidos Ed Pimm 22 22 17 10 6 12 15 24 7 11 7 10 29
19 Estados Unidos Pancho Carter 16 3 3 15 28
20 Estados Unidos Randy Lanier 11 13 10 20 9 6 9 21 19 21
21 Estados Unidos A. J. Foyt 17 24 19 9 4 16 22 23 16
22 Países Baixos Jan Lammers 9 14 DNQ 8 23 9 13
23 República da Irlanda Derek Daly DNQ 6 10 13 11
24 Estados Unidos Johnny Parsons 27 22 21 16 29 7 23 11 8
25 Estados Unidos Randy Lewis 10 10 20 11 15 24 18 14 8
26 Estados Unidos Chip Robinson  RY  14 7 6
27 Estados Unidos Spike Gehlhausen DNQ 7 22 18 6
28 Reino Unido Ian Ashley 15 9 23 4
29 Estados Unidos Sammy Swindell 9 4
30 Estados Unidos Mike Nish  R  DNQ DNS 10 24 22 3
31 Estados Unidos Dominic Dobson  R  12 19 11 18 16 19 18 21 13 3
32 Estados Unidos Rick Miaskiewicz  R  21 DNQ 16 15 11 13 DNS 2
33 Estados Unidos Gary Bettenhausen 21 11 23 26 13 21 20 19 2
34 Estados Unidos Dale Coyne DNQ 23 21 DNQ 12 DNQ DNQ 26 23 12 DNQ 17 DNS DNQ 25 2
35 Estados Unidos John Morton 12 1
36 Estados Unidos Rocky Moran  R  13 16 25 25 DNQ 21 15 21 16 0
37 Estados Unidos Jeff MacPherson 22 15 13 DNQ 0
38 África do Sul Desiré Wilson 13 19 16 0
39 Estados Unidos Scott Brayton 24 30 13 27 19 0
40 Austrália Dennis Firestone DNQ 17 28 14 14 17 0
41 Estados Unidos Al Unser 18 22 14 20 15 0
42 Estados Unidos Dick Simon 14 22 23 20 0
43 Estados Unidos Chip Ganassi 14 21 0
44 Estados Unidos Steve Chassey DNQ 17 28 17 0
45 Estados Unidos Danny Ongais 23 0
46 Estados Unidos Tom Phillips 24 0
47 Estados Unidos Rich Vogler 25 0
48 Estados Unidos George Snider 26 27 0
49 Estados Unidos Eddie Cheever 27 0
50 Estados Unidos Tony Bettenhausen, Jr. 28 0
51 Reino Unido Jim Crawford 29 0
52 Estados Unidos Phil Krueger 31 0
- Reino Unido Rupert Keegan  R  DNQ -
- Estados Unidos Herm Johnson DNQ -
- Estados Unidos John Paul, Jr. DNQ -
- Estados Unidos Steve Bren DNP -
- Estados Unidos Pete Halsmer DNP -
Pos Driver PHX1 Estados Unidos LBH Estados Unidos INDY Estados Unidos MIL Estados Unidos POR Estados Unidos MEA Estados Unidos CLE Estados Unidos TOR Canadá MIC1 Estados Unidos POC Estados Unidos MDO Estados Unidos SAN Canadá MIC2 Estados Unidos ROA Estados Unidos LAG Estados Unidos PHX2 Estados Unidos MIA Estados Unidos Pts
Cor Result
Ouro Vencedor
Prata 2° Lugar
Bronze 3° Lugar
Verde 4° e 5° Lugar
Azul Claro 6° ao 10° Luigar
Roxo Terminou

(Fora do Top 10)

Púrpura Retirou-se

(Ret)

Rosa Não Qualificado

(DNQ)

Marrom Retirado

(Wth)

Preto Disqualificado

(DSQ)

Branco Não Largou

(DNS)

Sem Cor Não Participou

(DNP)

Driver
replacement
(Rpl)
Injured
(Inj)
Race not held
(NH)
Não Competiu
Notas
Bold Pole Position
Italics Volta Mais Rápida
* Mais Voltas Na Liderança
 RY  Rookie do Ano
 R  Rookie
Transmissão
Band Marca.svg
Bandeirantes
Narração: Luciano do Valle
Comentários: Willy Hermann
Reportagens: Elia Júnior
Reportagens: Silvia Vinhas


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Conheça a história da Fórmula Indy». www.foxsports.com.br. Consultado em 1 de junho de 2019 
  2. «Indy 500 1986 em português». Torcedores.com. 30 de dezembro de 2015. Consultado em 8 de junho de 2019 
  3. «RACING MOTOR SPORTS». www.racingmotorsports.com.br. Consultado em 1 de junho de 2019