The Sims FreePlay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Sims FreePlay
Produtora(s) EA Mobile
Firemonkeys Studios
Editora(s) Electronic Arts
Plataforma(s) iOS, Android, BlackBerry 10, Kindle Fire, WebOS, Windows Phone
Série The Sims
Lançamento iOS: 15 de dezembro de 2011
Android: 15 de fevereiro de 2012
Blackberry 10: 31 de julho de 2013
Windows Phone 8: 12 de setembro de 2013 (descontinuado)
Gênero(s) Simulador de vida,
Jogo de simulação social
Modos de jogo Single-player

The Sims FreePlay é um jogo de simulação de vida estratégica disponível para aparelhos Android e IOS. É uma versão freemium do The Sims para dispositivos móveis e foi lançado mundialmente em 15 de dezembro de 2011 para dispositivos iOS,[1] em 15 de fevereiro de 2012 para Android,[2] 31 de julho de 2013 para o BlackBerry 10 e 12 de setembro de 2013 para o Windows Phone 8. O jogo foi lançado para o Kindle Fire em outubro de 2012.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

No The Sims FreePlay, os jogadores constroem casas, controlam pessoas virtuais chamadas Sims para satisfazer suas necessidades e desejos, e permitem que eles completem diferentes tipos de ações para ganhar Simoleons, Pontos de Estilo de Vida, Pontos Sociais (todos os três são moedas no jogo) e XP. Ao contrário dos jogos anteriores da franquia, o The Sims FreePlay é executado em tempo real e leva tempo real para completar as ações.[3] Todas as ações devem ser instruídas pelos jogadores, ao contrário da versão do computador, onde os Sims podem ter algum grau de autonomia. Os jogadores podem progredir em 55 níveis para desbloquear conteúdo e criar até 34 Sims. No jogo, qualquer sim mulher (solteira ou casada) pode ter filhos com a opção de gravidez ou adicionar em 24 horas sem modificar o corpo da sim,há um limite na quantidade de casais permitidos devido a um limite para as pessoas na cidade do jogador. No entanto, se o jogador comprar itens fora da loja online, eles se tornarão um VIP que lhes permitirá aumentar o número de Sims que eles podem ter em sua cidade. No jogo, há missões principais e missões de descoberta. Enquanto as missões regulares são necessárias, as missões de descoberta são opcionais.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Atualizações[editar | editar código-fonte]

O jogo é atualizado regularmente (a cada dois meses) com novos conteúdos[4] e tem muitos eventos e competições, anunciados na página oficial do Facebook do FreePlay. As atualizações incluem elementos de vários pacotes de expansão e pacotes de material da série principal, cada nova atualização viria com novos objetivos e, às vezes, hobbies e trabalhos. A versão mais recente se chama "Jardim Romântico".

Recepção[editar | editar código-fonte]

Tem recepção favorável da crítica no site Metacritic tendo uma avaliação de 80/100, Mas revisões mistas do público.[5]Os críticos disseram que o jogo era até interessante, Mas não poder adiantar o tempo igual ao The Sims 4 ou os outros The Sims o tornava frustante. Apesar disso na google Play Store o jogo recebeu mais de 100.000.000 de dowloads pelo mundo (5 milhões só no Brasil).[6]

Censura[editar | editar código-fonte]

O videogame foi banido, devido à possibilidade de se firmar uma relação homossexual, na: China, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Omã, Kuwait, Catar e Egito.[7][8]

Simstagrans[editar | editar código-fonte]

Na rede social Instagram existem perfis do jogo, que são chamados de Simstagram, que são perfis dos Sims. Atualmente, o Instagram da YouTuber KamySims é o perfil que possui mais seguidores já que o perfil contém mais de 20 mil segudidores. Um dos perfis também de sucesso é de Isa Scott e Stefanie TheSims.

Referências

  1. «EA shows mobile and social games for winter fun, from Battlefield 3 Aftershock to a new Tetris | GamesBeat». venturebeat.com (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  2. Gunther, Cory (15 de fevereiro de 2012). «EA's The Sims FreePlay available today on Android». Android Community (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  3. «INTERVIEW: Iron Monkey talk about The Sims going free on iOS | Trade Media». Trade Media (em inglês). 19 de dezembro de 2011. Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  4. «Sims Mobile Producer Talks Multiplayer Element, Live Events, Content Roadmap». Player.One (em inglês). 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 3 de fevereiro de 2018 
  5. «The Sims FreePlay». Metacritic (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2019 
  6. «The Sims™ FreePlay – Apps no Google Play». play.google.com. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  7. «The Sims vietato in 7 Paesi per i suoi contenuti LGBT - Gay.it». Gay.it. 29 de junho de 2018. Consultado em 29 de junho de 2018 
  8. «'The Sims FreePlay' banned in seven countries». Newsweek (em inglês). 26 de junho de 2018. Consultado em 29 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]