The Source (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Source
Álbum de estúdio de Ayreon
Lançamento 2017
Gravação 2016-17
Gênero(s) Metal progressivo, folk metal
Duração 1:28:33
Gravadora(s) Mascot Label Group
Produção Arjen Anthony Lucassen
Cronologia de Ayreon
The Theory of Everything
(2003)

The Source é o nono álbum do projeto musical holandês Ayreon, do multi-instrumentista Arjen Anthony Lucassen, lançado em 28 de abril de 2017.

Como de praxe para o projeto, trata-se de um álbum conceitual. Diferentemente do álbum anterior, The Theory of Everything, a trama volta a tratar de temas de ficção científica; com efeito, o disco é uma prequela para 01011001, tornando-o o primeiro álbum na cronologia da história.[1] É o primeiro álbum de Arjen com sua nova gravadora, Mascot Label Group.[2]

Também como nos álbuns anteriores, The Source traz a participação de vários convidados para interpretar personagens ao longo das faixas. A maior parte dos convidados já havia figurado em trabalhos anteriores: James LaBrie (Dream Theater), Simone Simons (Epica), Floor Jansen (Nightwish, ex-After Forever, ex-ReVamp), Hansi Kürsch (Blind Guardian), Tobias Sammet (Edguy, Avantasia), Tommy Karevik (Kamelot, Seventh Wonder), Mike Mills (Toehider) e Russell Allen (Symphony X, Adrenaline Mob). As novidades são Tommy Rogers (Between the Buried and Me), Nils K. Rue (Pagan's Mind), Michael Eriksen (Circus Maximus) e Zaher Zorgati (Myrath).[3] Instrumentistas de apoio recorrentes nos álbuns do Ayreon, como o baterista Ed Warby, o violinista Ben Mathot e o flautista Jeroen Goossens também aparecem.[1]

O site PopMatters elegeu The Source como o segundo melhor álbum de rock e metal progressivo de 2017.[4]

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história se passa antes da trama de 01011001. No planeta Alfa, a humanidade se vê cada vez mais dependente de máquinas e enfrenta problemas como o efeito estufa. Eventualmente, o Presidente (Russell Allen) recorre ao complexo de máquinas que mantém o planeta funcionando (Frame) para que elas solucionem os problemas que afetam o mundo. Elas determinam que o problema reside na própria humanidade e decidem desligar os sistemas vitais para deixar todos morrerem.[5]

Produção[editar | editar código-fonte]

Composição, letras e gravações[editar | editar código-fonte]

Quando Arjen começou a escrever música nova, ele pensou que aquilo resultaria em um álbum solo. Eventualmente, ele percebeu que a música estava pesada demais para ele cantar, então ele pensou em fazer um álbum do Star One, outro projeto encabeçado por ele. Por fim, ao perceber elementos folk, decidiu que seria um álbum do Ayreon.[5]

Mike Mills escreveu as melodias do seu personagem na faixa "The Day That the World Breaks Down", em que ele canta em uma parte o código binário da frase "trust TH1" (confie em TH1), sendo TH1 o nome do seu personagem. A personagem de Floor Jansen se chama "The Biologist" (A Bióloga); coincidentemente, Floor queria ser uma bióloga quando criança, algo que Arjen não sabia ao convidá-la para o papel. Segundo Arjen, o álbum é mais voltado para a guitarra do que seus antecessores.[1]

Lucassen não ficou satisfeito com o primeiro solo que Marcel Coenen lhe enviou, então eles trabalharam em uma segunda versão que chegou ao álbum e foi descrita por Lucassen como "um dos melhores solos que já ouvi".[5][5] Segundo ele, Marcel o agradeceu por motivá-lo a ir além.[5]

Muitos cantores não puderam viajar para a Holanda, então gravaram suas partes em suas terras natais.[1][5]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Arjen anunciou oficialmente que seu próximo projeto seria um álbum do Ayreon em 6 de outubro de 2016 por meio de um teaser com música já gravada para o lançamento.[6] De 13 de outubro a 23 de dezembro, ele postou regularmente prévias de vocais e solos de cada um dos convidados sem revelar seus nomes, estimulando seus seguidores a tentarem adivinhar os músicos e concorrerem a prêmios.[7] Em 13 de janeiro de 2017, ele anunciou que Yann Souetre faria a capa, que foi revelada no dia 19 do mesmo mês juntamente ao título.[8]

"The Day That the World Breaks Down", a faixa de abertura e que traz todos os cantores exceto Zaher Zorgati, foi lançada no YouTube em 26 de janeiro de 2017.[1] Outra faixa, "Everybody Dies", chegou em 23 de fevereiro.[9] O terceiro lyric video, "The Source Will Flow", veio após um concurso que culminou em quatro vídeos feitos por fãs, com o vencedor sendo escolhido por votação popular.[10] "Star of Sirrah" foi a quarta faixa a receber um lyric video em 18 de abril.[11]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

CD 1[editar | editar código-fonte]

Chronicle 1: The 'Frame (Crônica 1: O Gabinete[12]
N.º TítuloVocalistas Duração
1. "The Day That the World Breaks Down" (O Dia em Que o Mundo Se Destruir)James LaBrie, Tommy Karevik, Tommy Rogers, Simone Simons, Nils K. Rue, Tobias Sammet, Hansi Kürsch, Mike Mills, Russell Allen, Michael Eriksen, Floor Jansen 12:32
2. "Sea of Machines" (Mar de Máquinas)Rogers, Eriksen, Rue, Simons, Sammet, Allen 5:08
3. "Everybody Dies" (Todos Morrem)Mills, Karevik, Rogers, Allen, Kürsch, Eriksen, Sammet, Jansen 4:42
Duração total:
22:22
Chronicle 2: The Aligning of the Ten (Crônica 2: O Alinhamento dos Dez)
N.º TítuloVocalistas Duração
4. "Star of Sirrah" (Estrela de Sirah)LaBrie, Allen, Kürsch, Sammet, Rue, Rogers, Eriksen, Jansen 7:03
5. "All That Was" (Tudo Que Era)Simons, Jansen, LaBrie, Eriksen 3:36
6. "Run! Apocalypse! Run!" (Corram! Apocalipse! Corram!)Karevik, Kürsch, Mills, Allen, Jansen, Sammet, Rue, LaBrie 4:52
7. "Condemned to Live" (Condenados a Viver)LaBrie, Rogers, Eriksen, Simons, Karevik, Jansen 6:14
Duração total:
21:45

CD 2[editar | editar código-fonte]

Chronicle 3: The Transmigration (Crônica 3: A Transmigração)
N.º TítuloVocalistas Duração
1. "Aquatic Race" (Raça Aquática)LaBrie, Sammet, Karevik, Eriksen, Allen, Simons, Rogers, Jansen, Kürsch 6:46
2. "The Dream Dissolves" (O Sonho se Dissolve)Simons, Jansen, Eriksen, Rue 6:11
3. "Deathcry of a Race" (Grito de Morte de uma Raça)Allen, Sammet, Jansen, Karevik, Zaher Zorgati, Simons 4:43
4. "Into the Ocean" (Oceano Adentro)Allen, Mills, Eriksen, Kürsch, Sammet, Karevik, Rue 4:53
Duração total:
22:33
Chronicle 4: The Rebirth (Crônica 4: O Renascimento)
N.º TítuloVocalistas Duração
5. "Bay of Dreams" (Baía de Sonhos)LaBrie, Rogers, Mills, Eriksen, Rue 4:24
6. "Planet Y Is Alive!" (O Planeta Y Está Vivo!)Karevik, Allen, Kürsch, Mills, Sammet, Jansen 6:02
7. "The Source Will Flow" (A Fonte Fluirá)Rogers, LaBrie, Simons 4:13
8. "Journey to Forever" (Jornada para Sempre)Sammet, Eriksen, Kürsch 3:19
9. "The Human Compulsion" (A Compulsão Humana)Simons, LaBrie, Rogers, Eriksen, Allen, Rue, Sammet, Kürsch, Karevik, Jansen 2:15
10. "March of the Machines" (Marcha das Máquinas)Mills 1:40
Duração total:
21:53

Créditos[editar | editar código-fonte]

Paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (2017) Maior
posição
 Bélgica (Ultratop 50 Flandres)[19] 38
 Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[20] 72
 Países Baixos (MegaCharts)[21] 1
 Alemanha (Offizielle Top 100)[22] 10
Italian Albums (FIMI)[23] 52
 Noruega (VG-lista)[24] 21
Escócia (Scottish Albums Chart)[25] 69
Swedish Albums (Sverigetopplistan)[26] 27


Referências

  1. a b c d e «Ayreon - The Day That The World Breaks Down - The Source (2017)». 26 de janeiro de 2017. Consultado em 26 de janeiro de 2017 
  2. «Brave Words & Bloody Knuckles». 6 de outubro de 2016. Consultado em 7 de outubro de 2016 
  3. «Lucassen confirms the casting». 23 de dezembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  4. Blum, Jordan (30 de novembro de 2017). «The Best Progressive Rock and Metal of 2017». PopMatters. Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  5. a b c d e f «The Prog Space presents: Q&A with Ayreon's Arjen Lucassen». The Prog Space. 23 de abril de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017 
  6. «Lucassen announces new Ayreon album». 6 de outubro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  7. «Lucassen starts the "guessing game"». 13 de outubro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  8. «Lucassen announces album title and cover art». 13 de outubro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  9. «ARJEN LUCASSEN's AYREON Releases 'Everybody Dies' Lyric Video». Blabbermouth.net. 23 de fevereiro de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017 
  10. «AYREON - Winning Entry For "The Source Will Flow" Video Contest Revealed». Brave Words. 2 de abril de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017 
  11. «ARJEN LUCASSEN's AYREON Releases 'Star Of Sirrah' Lyric Video Feat. DREAM THEATER, NIGHTWISH, BLIND GUARDIAN Members». Blabbermouth.net. 18 de abril de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017 
  12. Vem da palavra mainframe, que se refere a grandes computadores. O nome vem do termpo "main frame", que significa "gabinete principal", e se refere ao aparato que alojava a unidade central de processamento nos primeiros computadores.
  13. F., Carl (23 de fevereiro de 2017). «Lyric Video For New Song "Everybody Dies" Issued By Ayreon». Metal Underground. Consultado em 28 de abril de 2017 
  14. «Lucassen announces Kelly' participation». 2 de dezembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  15. «Lucassen announces Gilbert's participation». 8 de novembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  16. «Lucassen announces Govan's participation». 21 de outubro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  17. «Lucassen announces Coenen' participation». 9 de dezembro de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  18. «Lucassen announces artwork». 13 de janeiro de 2017. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  19. Ayreon – The Source (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 5 May 2017.
  20. Ayreon – The Source (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 5 May 2017.
  21. Ayreon – The Source (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 5 May 2017.
  22. Offiziellecharts.de – Ayreon – The Source (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em 5 May 2017.
  23. «Album – Classifica settimanale WK 18 (dal 2017-04-28 al 2017-05-04)» (em Italian). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 6 de maio de 2017 
  24. «{Predefinição:Title}» 🔗. VG-lista. Consultado em 6 May 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  25. 2017-05-05 Top 40 Scottish Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em 6 May 2017.
  26. «Sverigetopplistan - Sveriges Officiella Topplista». Sverigetopplistan. Consultado em 5 de maio de 2017  Click on "Veckans albumlista".