Tomáš Halík

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tomáš Halík

Tomáš Halík (Praga, 1 de junho de 1948) é um padre católico, filósofo e teólogo checo. Foi laureado com o Prémio Templeton de 2014.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Halík estudou sociologia e filosofia em Praga, na então Checoslováquia, e em Bangor, no Reino Unido. Durante o regime comunista, foi proibido de ensinar e trabalhou em várias ocupações, sendo psicoterapeuta para toxicodependentes e alcoólicos. Estudou clandestinamente teologia em Praga e foi ordenado secretamente padre em 1978, na Alemanha de Leste. Na década de 1980, foi próximo do Cardeal František Tomášek, e esteve envolvido na chamada "Igreja de resistência".

Depois do fim do regime comunista, em 1989, foi um dos conselheiros do Presidente Václav Havel. Ensinou, na qualidade de professor convidado nas Universidades de Oxford e Cambridge, no Reino Unido.

Na actualidade, discute publicamente temas éticos, como o racismo, a intolerância política e religiosa, o processo de secularização, bem como os processos de expansão e integração europeia.

Halík é autor de uma vasta obra teológica, da qual estão publicadas em Portugal, Paciência com Deus (2013), A Noite do Confessor (2014), O Meu Deus é Um Deus Ferido (2015) e Quero que Sejas Tu (2016). Em 2014, foi o laureado com o Prémio Templeton.

Halík é membro de várias associações científicas e culturais, como a Sociedade Europeia para a Teologia Católica, a Sociedade Internacional para a Psicologia da Religião, e a Sociedade Checoslovaca para as Ciências e as Artes, com sede em Washington, Estados Unidos.

O seu livro Paciência com Deus (2007) recebeu o prémio para o melhor livro teológico europeu, tendo sido publicado em Portugal em 2013.[1][2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.