Alvin Plantinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alvin Plantinga
Século XX
Plantinga em 2009
Nome completo Alvin Carl Plantinga
Escola/Tradição: Filosofia Analítica
Data de nascimento: 15 de novembro de 1932 (84 anos)
Local: Ann Arbor, Michigan, Estados Unidos
Principais interesses: Epistemologia, Metafísica, Filosofia da Religião
Ideias notáveis Epistemologia reformada, Argumento Ontológico, Free will Defense, Evolutionary argument against naturalism

Alvin Carl Plantinga (Ann Arbor, Michigan, 15 de novembro de 1932) é um filósofo norte-americano conhecido por seu trabalho em epistemologia, metafísica e filosofia da religião. Em 1980, Plantinga foi citado como o "principal filósofo protestante ortodoxo dos EUA" pela revista Time[1]. No mesmo artigo, ele foi retratado como figura central na "revolução silenciosa" acerca da respeitabilidade da crença em Deus entre filósofos acadêmicos. Plantinga é um destacado proponente do Molinismo no debate sobre Providência Divina.

A despeito de sua formação na tradição reformada holandesa, Plantinga foi professor de Filosofia por mais de 20 anos na Universidade de Notre Dame.

Referências

  1. Modernizing the Case for God revista Time (7 de abril de 1980)

Livros de Plantinga em Português[editar | editar código-fonte]

1. Deus a Liberdade e o Mal (Editora Vida Nova)

2. O Conhecimento de Deus (Editora Cultura Cristã)

Artigos de Plantinga em Português[editar | editar código-fonte]

1. Argumento Evolucionista Contra o Naturalismo

2. Conselho aos Filósofos Cristãos

3. A Confusão de Dawkins

5. Sobre o Academicismo Cristão

6. Sofisticação Intelectual e Crença Básica em Deus

7. Teísmo, Ateísmo e Racionalidade

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.