Robert Brandom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Robert Brandom
Nascimento 13 de março de 1950
Cidadania Estados Unidos
Alma mater
Ocupação filósofo, professor universitário,
Empregador Universidade de Pittsburgh

Robert B. Brandom é um filósofo estadunidense. Sua principal obra é Making It Explicit, onde trabalha com a idéia de inferencismo com o objetivo de oferecer uma alternativa à semântica representacionalista. Brandom defende um neopragmatismo na lingüística, cujo objetivo é extrair todas as consequências da ideia wittgensteiniana de que o significado está no uso. Estas são as idéias que ele desenvolve em seu livro Making it Explicit de 1994 e, mais brevemente, em Articulating Reasons: An Introduction to Inferentialism (2000). Brandom também publicou uma coletânea de ensaios sobre a história da filosofia (Tales of the Mighty Dead, 2002).

Robert Brandom defende uma espécie de estrutura normativa implícita nas práticas linguísticas. A investigação pragmática de Brandom pressupõe uma dimensão normativa de “direitos e compromissos” atreladas ao uso de palavras significativas. O significado de uma sentença é definido em termos de seu poder inferencial, ou seja, em termos de suas consequências normativas, tais como certos pressupostos de garantia, e o entendimento dos fundamentos da asserção.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Brandom fez seus estudos primeiramente em Matemática e, depois, em Filosofia e Ciências da Cultura. Em 1972, tornou-se Bacharel em filosofia, "summa cum laude", pela Universidade de Yale. No ano de 1977, tornou-se doutor pela Universidade de Princeton, orientado por Richard Rorty e David Lewis. Desde 1981, é professor de Filosofia na Universidade de Pittsburgh.[2]

Além de ter recebido uma forte influência de Richard Rorty e David Lewis, ocupou-se com Wilfrid Sellars,[3][4] Gottlob Frege,[5] Ludwig Wittgenstein, Jürgen Habermas[6] e Michael Dummett. Ele é o editor de uma coleção de artigos sobre a filosofia de Richard Rorty (Rorty and His Critics, 2000). Brandom está atualmente trabalhando em um livro sobre a Fenomenologia do Espírito, de Hegel.[7][8]

Robert B. Brandom é casado com Barbara Wendeborn-Brandom e tem dois filhos.

Filosofia[editar | editar código-fonte]

Para Brandom os seres racionais são usuários de conceitos e sensíveis às razões, seguindo o proposto por Wilfrid Sellars. Esse espaço, na visão de Brandom é uma estrutura conceitual, linguística e normativa por meio da qual os seres humanos podem aplicar conceitos e justificar razões, além de articular inferências, ou seja, a capacidade de fornecer razões e justificá-las num contexto inferencial.[9]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • The Logic of Inconsistency, with Nicholas Rescher. Basil Blackwell, Oxford 1980.
  • Making It Explicit: Reasoning, Representing, and Discursive Commitment, Harvard University Press (Cambridge) 1994. ISBN 0-674-54319-X
  • Empiricism and the Philosophy of Mind, by Wilfrid Sellars, Robert B. Brandom (ed.) Harvard University Press, 1997. With an introduction by Richard Rorty and Study Guide by Robert Brandom ISBN 0-674-25154-7
  • Rorty and His Critics, edited, with an introduction (includes "Vocabularies of Pragmatism") by Robert Brandom. Original essays by: Rorty, Habermas, Davidson, Putnam, Dennett, McDowell, Bouveresse, Brandom, Williams, Allen, Bilgrami, Conant, and Ramberg. Blackwell's Publishers, Oxford, July 2000 ISBN 0-631-20981-6
  • Articulating Reasons: An Introduction to Inferentialism, Harvard University Press, 2000 (paperback 2001), 230 pp. ISBN 0-674-00158-3
  • Tales of the Mighty Dead: Historical Essays in the Metaphysics of Intentionality, Harvard University Press, 2002. ISBN 0-674-00903-7
  • In the Space of Reasons: Selected Essays of Wilfrid Sellars, edited with an introduction by Kevin Scharp and Robert Brandom. Harvard University Press, 2007. ISBN 0-674-02498-2
  • Between Saying and Doing: Towards an Analytic Pragmatism, Oxford University Press, 2008. ISBN 0-199-54287-2
  • Reason in Philosophy: Animating Ideas, Harvard University Belknap Press, 2009. ISBN 9780674053618
  • Perspectives on Pragmatism: Classical, Recent, & Contemporary, Harvard University Press, 2011. ISBN 978-0-674-05808-8
  • From Empiricism to Expressivism: Brandom Reads Sellars, Harvard University Press, 2015 ISBN 978-0674187283
  • Wiedererinnerter Idealismus, Suhrkamp Verlag, 2015 ISBN 978-3-518-29704-9

Textos de Brandom na Internet (em inglês)[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]