Troféu HQ Mix - Novo talento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Troféu HQ Mix - Novo talento
Local São Paulo
País  Brasil
Primeira cerimónia 1990
Detentor ACB e IMAG
Sítio oficial

Novo talento é uma das premiações do Troféu HQ Mix, prêmio brasileiro dedicado aos quadrinhos que é realizado desde 1989. São duas as categorias relacionadas: "Novo talento (desenhista)" e "Novo talento (roteirista)".

História[editar | editar código-fonte]

Em 1990, no segundo ano de realização do Troféu HQ Mix, foi criada a categoria "Desenhista revelação", dedicada a premiar os novos artistas que alcançassem destaque no mercado brasileiro de quadrinhos por seus primeiros trabalhos (sempre tomando por base a produção do ano anterior ao da realização da cerimônia). O primeiro vencedor foi Osvaldo Pavanelli.[1][2]

Apenas em 2007 foi criada a categoria "Roteirista revelação" (cujo primeiro vencedor foi Daniel Esteves, por seu trabalho na revista Front nº 17). Ambas as categorias eram escolhidas por votação entre profissionais da área (roteiristas, desenhistas, jornalistas, editores, pesquisadores etc.) a partir de uma lista de sete indicados elaborada pela comissão organizadora do evento[3][4]. Em 2011, as duas categorias foram renomeadas para "Novo talento (desenhista)" e "Novo talento (roteirista)".[5]

Apenas duas vezes houve mais de uma pessoa premiada no mesmo ano na categoria de "Novo talento" dedicada aos desenhistas. Em 2000, os gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá ganharam por seu trabalho conjunto no fanzine 10 Pãezinhos[6]. Já em 2012, os também gêmeos Magno Costa e Marcelo Costa conquistaram o prêmio por seu trabalho na revista independente Matinê e no álbum Oeste Vermelho.[7][8][9]

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Novo talento (desenhista)[editar | editar código-fonte]

Julia Bax venceu a categoria em 2006.
Gustavo Duarte venceu a categoria em 2010.
Lu Cafaggi venceu a categoria em 2014.
Felipe Nunes venceu a categoria em 2015.
Camila Torrano venceu a categoria em 2016.
Mika Takahashi venceu a categoria em 2017.
Ano Desenhista(s) Obra(s) Outros indicados Nota(s)
1990 Osvaldo Pavanelli [2]
1991 Jaca [2]
1992 Kipper [2]
1993 MZK [2]
1994 Guazzelli [2]
1995 Luciano Queiroz [2]
1996 Dalcio [2]
1997 Lelis [2]
1998 Allan Sieber [2]
1999 Luciano Lagares [2]
2000 Fábio Moon e Gabriel Bá 10 Pãezinhos [6]
2001 Fábio Yabu Combo Rangers [10]
2002 Samuel Casal [11]
2003 André Kitagawa Front [12]
2004 Daniel Bueno [13]
2005 Rafael Sica [14]
2006 Julia Bax Kaos
Quebra-Queixo
  • Fábio Lyra, por Mosh!
  • Joacy Jamys, por Independente
  • José Aguiar, vencedor Mundo dos Quadrinhos
  • Manoel Magalhães, por The Long Yesterday
  • Rafael Coutinho, por Bang Bang
  • Rod Pereira, por Ronin Soul

[15][16]
2007 Fábio Lyra Mosh!
  • Beto Nicácio, por Corpo de Delito
  • Júlio Brilha, por Front nº 17
  • Kleber Sales, por Domínio Público 1
  • Manoel Magalhães, por O Instituto
  • Otoniel Oliveira, por Encantarias
  • Ricardo Leite, por Destino: Oeste

[3][4]
2008 Jozz Zine Royale
  • Daniel Gisé, por Sociedade Radioativa e The Doors
  • Felipe Cunha, por Front e Eterno
  • Gabriel Renner, por Tarja Preta
  • Leonardo Pascoal por Bongolé Bongoro
  • Shiko, por Blue Note
  • Vinicius Mitchell, por Revista O Globo

[17][18]
2009 Hemeterio Chibata! - João Cândido e a revolta que abalou o Brasil
  • Bruno D'Angelo, por O catador de batatas e o filho da costureira
  • Danilo Beyruth, por O Necronauta
  • Marlon Tenório, por Os 303 de Esparta
  • Olavo Costa, por O contínuo
  • Pablo Mayer, por A casa ao lado
  • Tulio Caetano, por Dr. Bubbles & Tilt

[19][20]
2010 Gustavo Duarte Có!
  • Beto Nicácio, por Balaiada - a Guerra do Maranhão
  • Caio Majado, por Orixás
  • Guga Schultze, por Graffitti 76% Quadrinhos e Saída 3
  • Mario Cau, por Café Espacial, Nanquim Descartável, Pieces e Quadrinhópole
  • Marlon Tenório, por Ombros de gigantes
  • Danilo Beyruth, por Necronauta

[21][22]
2011 Felipe Massafera Jambocks
  • Caeto por Memória de elefante
  • João Montanaro, por Cócegas no raciocínio
  • Jonatas Tobias, por Cogumelos ao entardecer
  • Raphael Salimena, por Pequenos heróis
  • Rodrigo Bueno, por Peixe peludo
  • Thaís dos Anjos, por Assim falava Zaratustra

[5][23]
2012 Magno Costa e Marcelo Costa Oeste Vermelho
Matinê

[9][24]
2013 Pedro Franz Suburbia
  • Denis Mello (Patisco Apresenta vol. 1)
  • Denny Chang (Trópico Fantasma)
  • Laerte Silvino (I-Juca Pirama)
  • Pablo Carranza (Se a vida fosse como a internet)
  • Paula Mostroberti (Adormecida - cem anos para sempre)
  • Rafael Vasconcelos (Shakespeare em Quadrinhos, vol. 5 - Macbeth e Ditadura no Ar)

[25][26]
2014 Lu Cafaggi Turma da Mônica - Laços
  • Alcimar Frazão (Me & Devil)
  • Camilo Solano (Inspiração - Deixa entrar Sol nesse Porão)
  • George Schall (Moschitto e Sabor Brasilis)
  • João Azeitona (Imaginários em Quadrinhos)
  • Juscelino Neco (Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço)
  • Luciano Salles (O Quarto Vivente)

[27][28]
2015 Felipe Nunes Klaus
  • Gabriel Jardim (Café)
  • Germana Viana (Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço)
  • Gustavo Borges (Edgar, Em Busca da Energia dos Ventos)
  • Marco Oliveira (Aos Cuidados de Rafaela)
  • Samanta Flôor (Click)
  • Thiago Souto (Mikrokosmos)

[29][30]
2016 Camila Torrano Fábulas e Spam
  • Alexandre S. Lourenço (Robô Esmaga) – JBC
  • Aline Lemos (Melindrosa) – INDEPENDENTE
  • Clayton InLoco (ELF #5 e Hurulla – Volume 2) – INDEPENDENTE e Devaneio
  • Fefê Torquato (Gata Garota – Volume 1) – NEMO
  • Guilherme de Sousa (Fifo) – INDEPENDENTE
  • Guilherme Petretca (Carnaval de meus demônios) – BALÃO
  • Lovelove6 (Garota Siririca) – INDEPENDENTE
  • Psonha Camacho (Pogando) – SESI-Quanta Quadrinhos
  • Rebeca Prado (Navio Dragão) – INDEPENDENTE

[31][32]
2017 Mika Takahashi Além dos Trilhos
  • ARABSON ASSIS (A TERRÍVEL ELIZABETH DUMN CONTRA OS DIABOS DE TERNO)
  • GLAUBER LOPES (LOUIS DE DAMPIERRE)
  • ISRAEL MAIA (LUCY IN THE SKY)
  • LIGIA ZANELLA (MELISSA EM ELLIPSIA)
  • Mary Cagnin (Black Silence)
  • OLAVO COSTA (PARAÍBA)
  • RENATA RINALDI (D.A.D.A.)
  • THIAGO MORAES MARTINS (A SEREIA DE MONGAGUÁ)
  • WAGNER WILLIAN (BULLDOGMA)

[33][34]
2018 Bruno Seelig
  • Aline Zouvi
  • Bruno Soares
  • Catharina Baltar
  • Deborah Salles
  • Flávio Capi
  • Gabriel Jardim
  • Pedro Vó
  • Rapha Pinheiro
  • Samuel Sajo

[35][36]
2019 Melissa Garabeli Saudade
  • Aline de Castro Lemos (Artistas Brasileiras)
  • Ana Cardoso
  • Chairim Arrais
  • Clayton Junior
  • Daniel Semanas
  • Jéssica Groke (Me leve quando sair)
  • Rafael Torres (Melina)
  • Renata Nolasco (Só Ana)
  • Ryan Smallman (Busker)
  • Tito Camello (Blue Jay Samurai)
  • Verônica Berta (Ânsia Eterna)

[37][38]

Novo talento (roteirista)[editar | editar código-fonte]

Daniel Esteves venceu a categoria em 2007.
Cadu Simões venceu a categoria em 2008.
Alex Mir venceu a categoria em 2010.
Daniel Galera venceu a categoria em 2011.
Vitor Cafaggi venceu a categoria em 2012.
Raphael Fernandes venceu a categoria em 2013.
Ano Roteirista Obra(s) Outros indicados Notas
2007 Daniel Esteves Front nº 17
  • Anísio Serrazul, por Guerreiros da tempestade
  • Anita Costa Prado, por Katita - tiras sem preconceito
  • Gabriel de Mattos, por Destino: Oeste
  • Iramir Araújo, por Corpo de delito
  • Osmarco Magalhães, por O instituto
  • Volney Nazareno, por Encantarias

[3][4]
2008 Cadu Simões Homem-Grilo
Nova Hélade
Garagem Hermética
  • A. Moraes, por Desvio
  • Chicolam, por Menino-Caranguejo
  • Fabiano Barroso, por Um dia uma morte
  • Leonardo Melo, por Quadrinhópole
  • Leonardo Santana, por Prismarte
  • Nestablo Ramos Neto, por Zona zen

[17][18]
2009 Olintho Gadelha Chibata! - João Cândido e a revolta que abalou o Brasil
  • Alex Mir, por Tempestade cerebral
  • Dalton Correa Soares, por O contínuo
  • Leandro Assis e Hiroshi Maeda, por O Cabeleira
  • Marlon Tenório, por Os 303 de Esparta
  • Ricardo Giassetti, por O caçador de batatas e o filho da costureira
  • Rodrigo Alonso, por Eterno

[19][20]
2010 Alex Mir Orixás
Subversos
Tempestade cerebral
  • Ana Recalde, por Patre Primordium e Quadrinhópole
  • Bernardo Aurélio, por Foices & facões - a Batalha de Jenipapo
  • Edson Rossatto, por História do Brasil em quadrinhos - proclamação da República
  • Iramir Araújo, por Balaiada - a Guerra do Maranhão
  • Marcela Godoy, por Fractal
  • Sergio Chaves, por Café Espacial

[21][22]
2011 Daniel Galera Cachalote
  • Antonio Vicente Seraphim Pietroforte, por Mentahalos
  • Estevão Ribeiro, por Pequenos heróis e Hector e Afonso - os passarinhos
  • Jonatas Tobias, por Cogumelos ao entardecer
  • Nathan Cornes, por Zeladores
  • Rafael Moralez, por Peixe peludo
  • Thaís dos Anjos, por Assim falava Zaratustra

[5][23]
2012 Vitor Cafaggi Valente para sempre
Duo.tone

[9][24]
2013 Raphael Fernandes Ida e Volta
Ditadura no Ar nº 2
  • Angélica Freitas (Guadalupe)
  • Cristina Eiko e Paulo Crumbim (Quadrinhos A2)
  • L. M. Melite (Desistência do azul)
  • Lillo Parra (Shakespeare em Quadrinhos, vol. 4 - Tempestade)
  • Ronaldo Bressane (V.I.S.H.N.U.)
  • Vanessa Barbara (A máquina de Goldberg)

[25][26]
2014 Pedro Cobiaco Harmatã
  • Brão Barbosa (Feliz Aniversário Minha Amada)
  • Camilo Solano (Inspiração - Deixa entrar Sol nesse Porão)
  • Emilio Fraia (Campo Branco)
  • Fabio Coala (O Monstro)
  • Juscelino Neco (Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço)
  • Liber Paz (As Coisas que Cecília Fez)

[27][28]
2015 Bianca Pinheiro Dora e Bear
  • Clayton InLoco (Hurula)
  • Felipe Nunes (Klaus)
  • Guilherme de Sousa (A Última Bailarina)
  • Gustavo Borges (Edgar, Em Busca da Energia dos Ventos)
  • Samanta Flôor (Click)
  • Zé Wellington (Quem Matou João Ninguém?)

[29][30]
2016 Zé Wellington Steampunk Ladies - Vingança a Vapor
  • Airton Marinho (Cabra D’água – Terra sitiada) – DRACO
  • Cátia Ana (O diário de Virgínia) – MARCA DE FANTASIA
  • Diego Sanchez (Hermínia) – MINO
  • Eric Peleias (Olhos Insanos) – MARSUPIAL/JUPATI
  • Felipe Parucci (Apocalipse, por favor) – INDEPENDENTE
  • Giovana Medeiros (Ana) – INDEPENDENTE
  • Liber Paz (Dias Interessantes) – INDEPENDENTE
  • Mylle Silva (A Samurai) – Tambor
  • Rafael Calça e André Aguiar (Jockey) – VENETA

[31][32]
2017 Wagner Willian Bulldogma
  • A. Z. CORDENONSI (LE CHEVALIER: ARQUIVOS SECRETOS)
  • CESAR ALCAZAR (CÃO NEGRO)
  • FELIPE CASTILHO (SAVANA DE PEDRA)
  • GABRIEL MOURÃO (PARAÍBA)
  • MARCIO R. GOTLAND (GREG – O CONTADOR DE HISTÓRIAS)
  • MARY CAGNIN (BLACK SILENCE)
  • RICARDO HIRSCH (HITOMI)
  • ROBSON CAVALCANTE (OS SUICÍDIOS DE OLIVER O)
  • SIRLENE BARBOSA E JOÃO PINHEIRO (CAROLINA)

[33][32]
2018 Carol Pimentel
  • Allan Albuquerque
  • Felipe Folgosi
  • Felipe Parucci
  • Gabriel Jardim
  • Gustavo Ravaglio
  • Léo Lins
  • Lica de Souza
  • Nick Farewell
  • Rapha Pinheiro

[35][36]
2019 Jéssica Groke Me Leve Quando Sair
  • André Turtelli Poles (Máquinas não choram)
  • Celio Cecare (Garotos do Reservatório)
  • Edson Bortolotte (Maré)
  • Gustavo Tertoleone (Nobre Lobo)
  • Hugo Aguiar
  • Márcio Jr. (Cidade de Sangue)
  • Rainer Petter (Quem matou o Caixeta?)
  • Robson Cavalcante (Carne e Osso)
  • Wesley Rodrigues (Imaginário Coletivo)

[37][38]

Referências

  1. Folha de S.Paulo (2 de abril de 1990). «Prêmio HQ Mix será entregue na quarta-feira». Folha de S.Paulo: 10 (Ilustrada) 
  2. a b c d e f g h i j k «Portal oficial do Trofeu HQ Mix». Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 20 de janeiro de 2012 
  3. a b c «Pela sétima vez consecutiva, Universo HQ e Sidney Gusman ganham o HQ Mix». Universo HQ. 2 de julho de 2007. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2010 
  4. a b c «Confira os indicados ao 19º HQ MIX». HQ Maniacs. 16 de abril de 2007. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 22 de julho de 2012 
  5. a b c «Divulgados os vencedores do 23º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 9 de setembro de 2011. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 25 de janeiro de 2012 
  6. a b «12º Troféu HQ Mix e os melhores de 99». Omelete. 21 de julho de 2000 
  7. «Matinê, revista independente dos gêmeos Marcelo e Magno Costa». Universo HQ. 3 de novembro de 2011 
  8. «Review: Oeste Vermelho». Universo HQ 
  9. a b c «Divulgados os vencedores do prêmio HQ Mix 2012». Universo HQ. 19 de junho de 2012. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 4 de agosto de 2012 
  10. «Equipe do Universo HQ ganha dois troféus HQ Mix». Universo HQ. 13 de setembro de 2001. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 28 de março de 2013 
  11. «Equipe do Universo HQ é biampeã do HQ Mix em duas categorias». Universo HQ. 11 de setembro de 2002. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 27 de março de 2013 
  12. «Equipe do Universo HQ conquista tricampeonato do HQ Mix em duas categorias». Universo HQ. 10 de junho de 2003. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 28 de março de 2013 
  13. «Universo HQ é tetracampeão do HQ Mix em duas categorias». Universo HQ. 23 de junho de 2004. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2010 
  14. «Universo HQ Pentacampeão: confira os resultados do 17° HQ Mix». Universo HQ. 18 de julho de 2005. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2010 
  15. «Universo HQ e Sidney Gusman são hexacampeões do HQ Mix». Universo HQ. 5 de junho de 2006. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2011 
  16. «Os indicados ao 18º HQ Mix». Sobrecarga. 28 de abril de 2006. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 21 de agosto de 2009 
  17. a b «Universo HQ é octacampeão do HQ Mix; confira todos os premiados». Universo HQ. 17 de julho de 2008. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 7 de setembro de 2011 
  18. a b «Sai lista de indicados ao HQ Mix; UHQ concorre em três categorias». Universo HQ. 26 de maio de 2008. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2010 
  19. a b «Confira os ganhadores do 21º HQ Mix». Universo HQ. 17 de agosto de 2009. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 31 de outubro de 2012 
  20. a b «Sai a lista de indicados ao 21º Troféu HQ Mix». Omelete. 9 de maio de 2009 
  21. a b «Conheça os vencedores do 22º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 29 de setembro de 2010. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 27 de outubro de 2011 
  22. a b «Saem os indicados ao 22º Troféu HQMix». Omelete. 6 de julho de 2010 
  23. a b «23º Troféu HQ Mix». Revista Trip. 9 de setembro de 2011 
  24. a b «Divulgada lista final dos indicados ao prêmio HQ Mix deste ano». Universo HQ. 16 de abril de 2012. Consultado em 4 de fevereiro de 2013. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2013 
  25. a b «Os vencedores do 25º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 19 de julho de 2013 
  26. a b [trofeu-hqmix.blogspot.com.br/2013/04/cedula-final.html «Cédula final»] Verifique valor |url= (ajuda). Blog oficial do Troféu HQ Mix. 10 de abril de 2013 
  27. a b «A lista dos vencedores do 26° Troféu HQ Mix». Universo HQ. 8 de setembro de 2014 
  28. a b [trofeu-hqmix.blogspot.com.br/2014/05/lista-final.html «Lista final»] Verifique valor |url= (ajuda). Blog oficial do Troféu HQ Mix. 19 de maio de 2014 
  29. a b «Os vencedores do 27º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 6 de agosto de 2015 
  30. a b «Divulgados os indicados ao Troféu HQMix». HQ Maniacs. 19 de junho de 2015. Consultado em 31 de março de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  31. a b «Os vencedores do 28º Troféu HQ Mix». Universo HQ. 15 de agosto de 2016 
  32. a b c «Lista dos Indicados para a votação no Segundo Turno do Troféu HQMIX». Site oficial do Troféu HQ Mix 
  33. a b «Divulgados os vencedores do 29° Troféu HQ Mix». Universo HQ. 1 de setembro de 2017 
  34. «Saiu a lista de Indicados ao 29º Troféu HQMIX». Publish News. 19 de julho de 2017 
  35. a b «Troféu HQMIX - CCXP vence como Evento do Ano; confira os ganhadores». Omelete. 29 de agosto de 2018 
  36. a b «Saiu a lista de indicados ao 30.º Troféu HQMIX». O Estado de S. Paulo. 8 de agosto de 2018 
  37. a b «Vencedores do 31º Troféu HQMix, o 'Oscar dos quadrinhos no Brasil', são divulgados». IGN Brasil. 9 de setembro de 2019 
  38. a b «Lista de indicados para o 31º Troféu HQMIX». Blog oficial do Troféu HQ Mix. 19 de julho de 2019 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]