Allan Sieber

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Allan Sieber
Allan Sieber
Comic image missing-pt.png

Nascimento 1972
Local Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileiro
Área(s) de atuação Quadrinhos, cartuns, animação, TV
Prêmios Melhor publicação de humor (2010)
Site oficial talktohimselfshow.zip.net

Allan Sieber (Porto Alegre, 1972) é um animador, cartunista, ilustrador e quadrinista gaúcho, reconhecido pelo sarcasmo e humor negro de suas obras. Entre suas criações destacam-se as tiras Bifaland, A Cidade Maldita (publicada no jornal O Estado de S. Paulo), Vida de Estagiário, Preto no Branco e The Mommy's Boys (publicadas na Folha de S. Paulo). Seu humor é tipicamente relacionado a heresia, crítica comportamental (sexual ou não) e escatologia. Editou três números de sua revista Glória Glória Aleluia, recebendo por ela o Troféu HQ Mix em 1995 (Melhor Fanzine) e 1998 (Melhor Revista Independente).

Também venceu o Troféu HQ Mix em outras ocasiões: em 1997 na categoria Desenhista Revelação; em 2005 pelo melhor livro de cartum (Sem Comentários); em 2007 como Melhor Cartunista e em 2010 como Melhor Publicação de Humor pelo livro É Tudo Mais ou Menos Verdade - O Jornalismo Investigativo, Tendencioso e Ficcional de Allan Sieber.

Seu curta metragem de animação "Deus é Pai" foi vencedor do Prêmio da Crítica e do Prêmio Especial do Juri no Festival de Gramado de 1999. Após a criação de um blog, obteve reconhecimento do público e da imprensa, viabilizando a publicação de livros como Preto no Branco e Vida de Estagiário - ambos compilações das tirinhas impressas nos jornais, publicados pela editora Conrad -; Sem Comentários - seleção de posts e comentários de seu blog, publicado pela editora Casa 21 -; Mais Preto no Branco e É Tudo Mais ou Menos Verdade - O Jornalismo Investigativo, Tendencioso e Ficcional de Allan Sieber - ambos publicados pela editora carioca Desiderata.

Editou e publicou de forma independente três números da revista de quadrinhos de humor F (juntamente com os cartunistas Leonardo e Arnaldo Branco), o quarto número foi publicado pela Conrad Editora.

Atualmente mora no Rio de Janeiro e trabalha na produtora Toscographics, da qual é co-fundador (com a produtora e diretora Denise Garcia), que produz animações, vinhetas, curtas-metragens e documentários para tv e cinema.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • 2010 - Ninguém me Convidou - feita em parceria com o pai, Jouralbo Sieber.
  • 2009 - É Tudo Mais ou Menos Verdade
  • 2007 - Mais Preto no Branco
  • 2006 - Assim Rasteja a Humanidade
  • 2005 - Sem Comentários
  • 2005 - Vida de Estagiário
  • 2004 - Preto no Branco
  • 2000 - Salvem as Baleias (flip book)
  • 1999 - As Últimas Palavras
  • 1997 - As Piadas Vagabundas do Steven

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - Animadores (curta-metragem em animação)
  • 2006 - Santa de Casa (curta-metragem em animação)
  • 2003 - Superstição (curta-metragem)
  • 2003 - Jonas (curta-metragem)
  • 2001 - Onde Andará Petrucio Felker? (curta-metragem em animação)
  • 2000 - Os Idiotas Mesmo (curta-metragem em animação)
  • 1999 - Deus é Pai (curta-metragem em animação)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.