Twin Peaks: Fire Walk with Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Twin Peaks: Fire Walk with Me
Twin Peaks: Os Últimos Sete Dias de Laura Palmer (PT)
Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer (BR)
Estados Unidos França
1992 •  cor •  134 min 
Direção David Lynch
Produção Gregg Fienberg
Produção executiva Mark Frost
David Lynch
Roteiro David Lynch
Robert Engels
Gênero Drama
Mistério
Terror psicológico
Música Angelo Badalamenti
Cinematografia Ron Garcia
Edição Mary Sweeney
Companhia(s) produtora(s) CIBY Pictures
Distribuição França AMLF
Estados Unidos New Line Cinema
Lançamento França maio de 1992 (45º Festival de Cannes)
França 3 de junho de 1992
Estados Unidos 28 de agosto de 1992
Brasil 30 de outubro de 1992 (16ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo)
Brasil 14 de maio de 1993
Portugal13 de novembro de 1992
Alemanha 20 de agosto de 1992
Idioma Inglês
Orçamento US$ 10 milhões
Receita US$ 4.160.851 (América do Norte)[1]
Página no IMDb (em inglês)

Twin Peaks: Fire Walk with Me (Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer (título no Brasil) ou Twin Peaks: Os Últimos Sete Dias de Laura Palmer (título em Portugal)) é um filme franco-americano de 1992 escrito e dirigido por David Lynch e co-escrito por Robert Engels.[2] É uma prequela da série de televisão Twin Peaks.

Quando o filme estreou no 45º Festival de Cannes em maio de 1992, foi recebido com muitas críticas negativas na França e nos Estados Unidos, pois, na época, foi considerado muito confuso por não explicar as coisas de forma clara ou para quem não tinha acompanhado a série. Foi também um fracasso de bilheteria. No entanto, sua trilha sonora foi bem elogiada e com o passar do tempo o filme começou a ser considerado por muitos como uma "obra-prima".[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quem poderia imaginar que na pacata cidade de Twin Peaks haveria tanta podridão? Entre assassinatos, prostituição, sexo e drogas, Laura Palmer tem seus últimos dias de vida contados por ninguém menos que David Lynch (Veludo Azul, Mulholland Drive). Ao estrear na televisão, a primeira série do cultuado diretor chegou a atrair mais de trinta e cinco milhões de telespectadores, tornando-se o maior fenômeno televisivo da época.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Twin Peaks: Fire Walk with Me recebeu uma resposta muito contrária à série de televisão. O filme foi apresentado no Festival de Cannes em maio de 1992, onde foi recebido com vaias e assobios do público e críticas negativas quase unânimes. De acordo com Roger Ebert do Chicago Sun-Times, o filme foi recebido com dois extremos, um lado sendo globalmente positivo, enquanto o outro lado sendo o exato oposto.[4] O cineasta Quentin Tarantino, que também estava presente, confessou em uma entrevista de 1992: "... Eu não tenho desejo de ver um outro filme de David Lynch até eu ouvir algo diferente. E você sabe, Eu o amava. Eu o amava".[5]

Até mesmo a celebração da CIBY-2000 no Festival de Cannes não correu bem. De acordo com Lynch, Francis Bouygues (então chefe da CIBY) não estava bem quisto na França e isto só adicionou para a morte da empresa no festival. Após a exibição no Cannes, Lynch disse: "Foi um pouco de uma tristeza, [...] Você gostaria de ter todos lá, mas seus personagens não têm uma influência sobre a vida dela [Laura Palmer]".

A distribuidora americana New Line Cinema lançou o filme nos Estados Unidos em 28 de agosto de 1992. O filme arrecadou um total de US$ 1,8 milhões em 691 cinemas em sua semana de estreia e faturou um total de US$ 4,2 milhões na América do Norte.

No Brasil, sua pré-estreia ocorreu em 30 de outubro de 1992, durante a 16ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.[6] Em circuito regular, no entanto, foi lançado apenas em 14 de maio de 1993.[7]

DVD & Disco blu-ray[editar | editar código-fonte]

O filme teve originalmente cinco horas de metragem que foi posteriormente cortada para duas horas e quatorze minutos. A metragem quase apareceu na Edição Especial da New Line Cinema em 2002, mas foi vetada devido a preocupações orçamentais e de tempo de execução.[8] A maior parte das cenas deletadas apresentam personagens adicionais da série de televisão que em última análise não aparecem no filme concluído.[9]

O filme foi lançado em blu-ray na França pela MK2 em 3 de novembro de 2010.[10]

O filme foi lançado em DVD e blu-ray na Austrália pela Madman Entertainment em 8 de fevereiro de 2012, marcando o 20º aniversário de lançamento nos cinemas.[11]

O filme também foi lançado em blu-ray no Reino Unido em 4 de junho de 2012 pela Universal Pictures UK. O blu-ray recebeu reclamações por causa do som.[12]

O filme foi lançado em blu-ray na América do Norte em 29 de julho de 2014 pela Paramount Pictures, como parte do box "Twin Peaks: The Entire Mystery" (no Brasil: "Twin Peaks: O Mistério"), e contém mais de 90 minutos de cenas deletadas e estendidas.[13][14]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do filme foi lançada pela Warner Bros. Records em 11 de agosto de 1992.[15]

Faixa Título Compositor Artista Duração
01 Theme from Twin Peaks: Fire Walk with Me Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 6:40
02 The Pine Float Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 3:58
03 Sycamore Trees Angelo Badalamenti / David Lynch Angelo Badalamenti (part. Jimmy Scott) 3:52
04 Don't Do Anything (I Wouldn't Do) Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 7:17
05 A Real Indication Angelo Badalamenti / David Lynch Angelo Badalamenti (part. Thought Gang) 5:31
06 Questions in a World of Blue Angelo Badalamenti / David Lynch Angelo Badalamenti (part. Julee Cruise) 4:50
07 The Pink Room David Lynch Angelo Badalamenti 4:02
08 The Black Dog Runs at Night Angelo Badalamenti / David Lynch Angelo Badalamenti (part. Thought Gang) 1:45
09 Best Friends David Lynch / David Slusser Angelo Badalamenti 2:12
10 Moving Through Time Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 6:41
11 Montage from Twin Peaks: "Girl Talk"/"Birds in Hell"/"Laura Palmer's Theme"/"Falling" Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 5:27
12 The Voice of Love Angelo Badalamenti Angelo Badalamenti 3:55

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Correu o rumor de que Lara Flynn Boyle não teria aceitado repetir seu papel como Donna por causa de cenas de nudez. Na verdade, ela não aceitou o papel por conflito de agenda, sendo que já estava contratada para outros quatro filmes.[16]
  • Boa parte do elenco que está creditada como "estrelando" faz apenas breves aparições no filme. Peggy Lipton e Heather Graham aparecem menos de 30 segundos durante o filme, que tem 134 minutos.[16] Com exceção de Sheryl Lee e Ray Wise, o elenco também está creditado por ordem alfabética dos sobrenomes.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Categoria — Destinário(s)
9th Independent Spirit Awards Melhor Trilha Sonora Original — Angelo Badalamenti
Prêmio Saturno Melhor Música — Angelo Badalamenti
Categoria — Nomeado(s)
Festival de Cannes (1992) Palma de OuroDavid Lynch
9th Independent Spirit Awards Melhor AtrizSheryl Lee
Prêmio Saturno Melhor Atriz — Sheryl Lee
Melhor Filme de TerrorTwin Peaks: Fire Walk with Me
Melhor Ator CoadjuvanteRay Wise
Melhor Roteiro — David Lynch e Robert Engels

Referências

  1. «Twin Peaks: Fire Walk with Me». boxofficemojo.com. 
  2. «Twin Peaks: Fire Walk with Me». www.lynchnet.com. 
  3. «Twin Peaks: Fire Walk with Me (1992)». rottentomatoes.com. 
  4. Roger Ebert (24 de maio de 1992). «David Lynch, once again at `Peak' of controversy». www.highbeam.com. 
  5. Peary, Gerald, : (1 de agosto de 1998). Quentin Tarantino: Interviews University Press of Mississippi [S.l.] p. 48. ISBN 9781578060511. 
  6. Labaki, Amir. (30 de outubro de 1992). "‘Twin Peaks’ volta em versão alucinógena". Folha de S. Paulo 72 (23221): 4-5 (caderno "Ilustrada"). Visitado em 19 de julho de 2014.
  7. (14 de maio de 1993) "‘Twin Peaks’ chega aos cinemas". Folha de S. Paulo 73 (23417): 4-1 (caderno "Ilustrada"). Visitado em 19 de julho de 2014.
  8. «Total Movie and Entertainment Magazine March/April 2002». lynchnet.com. 
  9. Josh Horowitz (21 de agosto de 2007). «David Lynch On His ‘Empire,’ Turning Down ‘Jedi’ — And Cooking Quinoa». www.mtv.com. 
  10. «Twin Peaks: Fire Walk with Me Blu-ray». blu-ray.com. 
  11. «Madman announces Fire Walk With Me on Blu-ray for Feb, 2012!». moviehole.net. 12 de outubro de 2011. 
  12. «Twin Peaks: Fire Walk With Me [Blu-ray] (1992)». www.amazon.co.uk. 
  13. «'Twin Peaks': Watch 'Fire Walk With Me' lost scenes before entire series hits Blu-ray -- EXCLUSIVE». ew.com. 15 de maio de 2014. 
  14. «Twin Peaks - O Mistério (Blu-Ray)». 2001video.com.br. 
  15. «Twin Peaks: Fire Walk with Me [Music from the Motion Picture Soundtrack]». allmusic.com. 
  16. a b c «Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer». cineclick.com.br. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.