Valhelhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde dezembro de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
 Portugal Valhelhas  
—  Freguesia  —
Ponte antiga de Valhelhas
Ponte antiga de Valhelhas
Valhelhas está localizado em: Portugal Continental
Valhelhas
Localização de Valhelhas em Portugal
Coordenadas 40° 24' 26" N 7° 24' 11" O
País  Portugal
Concelho GRD.png Guarda
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Nelson Pinto da Silva (PS)
Área
 - Total 20,18 km²
População (2011)
 - Total 396
    • Densidade 19,6 hab./km²
Gentílico: Valhelhense
Código postal 6300-235
Orago Santa Maria Maior
521 m de altitude

Valhelhas é freguesia portuguesa do concelho da Guarda, com 20,18 km² de área,[1] 396 habitantes (pelo censo de 2011) e densidade populacional de 19,6 hab/km². Foi vila e sede de concelho entre 1187 e 1855. Tinha, em 1801, 1374 habitantes e 51 km². Tinha então 3 freguesias: Gonçalo, Valhelhas e Vale de Amoreira.[2] Em 1849, tinha 4802 habitantes e 130 km². Nessa época tinha, para além das antigas freguesias, as freguesias de Famalicão, Aldeia do Souto, Sarzedo, Aldeia do Mato e Verdelhos.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Ao que parece o topônimo Valhelhas originou-se de *valhelha ou *vallelha (latinizado como vallicula ou Oallecula) ou valliculas (ou valleculas) > *oalldhas > Valhelhas.[3]

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Valhelhas [4]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
736 894 917 1 180 1 408 1 302 1 409 1 790 1 770 1 604 918 789 533 509 396

Nos anos de 1890 a 1930 a freguesia de Vale de Amoreira fazia parte desta freguesia.

Relevância histórica[editar | editar código-fonte]

  • A formação do povoado que é hoje Valhelhas é anterior à época romana, período durante o qual se chamou Vallecula.
  • Povos que a ocuparam desde os tempos primitivos: lusitanos, iberos, celtas, cartagineses (574 a.C.), romanos (67), bárbaros, alanos, visigodos no século V, e muçulmanos no século VII, tendo predominado sempre o povo lusitano.
  • Denominação da povoação ao longo dos tempos: Vallécula, Vallícula, Valélias (ainda no reinado de D. Sancho I) e Valhelhas.
  • A povoação de Valhelhas possuiu muralha e o Castelo de Valhelhas, cuja origem remonta a uma fortificação romana, tendo sido conservado e remodelado pelos povos que se seguiram, até à sua destruição parcial originada pela artilharia francesa durante as invasões em 1810.
  • 1º foral de Valhelhas dado por D. Sancho I em 1188 - Valélias - Valhelhas.
  • Confirmação do foral por D. Afonso II em 1217.
  • Foral da Vila de Valhelhas por El-Rei D. Manuel em 1514.[2]

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». IGP Instituto Geográfico Português 
  2. a b «Paróquia de Valhelhas». Arquivo Distrital da Guarda. Consultado em 18 de Março de 2014 
  3. Editores 1967, p. 21.
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. «Pelourinho de Valhelhas». IGESPAR. Consultado em 18 de Março de 2014 
  6. «Ponte de Valhelhas». IGESPAR. Consultado em 18 de Março de 2014 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Editores (1950s). Grande enciclopédia portuguesa e brasileira Vol. XXXIV. Lisboa: Editorial Enciclopédia 


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.