Belmonte (Portugal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Belmonte
Brasão de Belmonte Bandeira de Belmonte
Localização de Belmonte
Gentílico Belmontense
Área 118,76 km²
População 6 859 hab. (2011[1])
Densidade populacional 57,8  hab./km²
N.º de freguesias 4
Presidente da
câmara municipal
Mauro Machado(PS)
Fundação do município
(ou foral)
1211
Região (NUTS II) Centro
Sub-região (NUTS III) Cova da Beira
Distrito Castelo Branco
Antiga província Beira Baixa
Orago São Tiago e Nossa Senhora da Esperança
Feriado municipal 26 de Abril

(Primeira missa no Brasil)

Código postal 6250
Sítio oficial http://www.cm-belmonte.pt/
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Belmonte é uma vila portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e sub-região da Cova da Beira, com cerca de 3 500 habitantes, berço de Pedro Álvares Cabral.

É sede de município com 118,76 km² de área e 6 859 habitantes (2011) [1], subdividido em 4 freguesias. O município é limitado a norte pelo município da Guarda, a leste pelo Sabugal, a sudoeste pelo Fundão e a oeste pela Covilhã .

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
4 743 5 239 5 694 6 573 7 261 7 362 8 190 9 572 9 848 9 109 6 522 6 765 7 411 7 592 6 859

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [3]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 2 274 2 731 2 620 2 859 3 216 2 911 2 543 1 475 1 200 1 259 1 106 808
15-24 Anos 1 205 1 243 1 413 1 561 1 658 1 754 1 525 820 1 094 965 925 677
25-64 Anos 2 833 2 959 3 002 3 447 4 058 4 320 4 270 3 175 3 191 3 719 3 760 3 536
= ou > 65 Anos 267 333 346 460 603 721 771 980 1 280 1 468 1 801 1 838
> Id. desconh 3 7 4 4 28

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Belmonte

As freguesias do concelho de Belmonte são as seguintes:

Educação[editar | editar código-fonte]

  • Escola Básica e Secundária Pedro Álvares Cabral
  • Centro Educativo de Belmonte
  • Escola Básica do 1º ciclo de S. Marcos
  • Escola Básica do 1º ciclo do Colmeal da Torre
  • Centro Educativo de Belmonte ( Sala de Apoio do 1º ciclo, em Maçainhas e Carvalhal Formoso)
  • Jardim de Infância de Caria
  • Jardim de Infância do Colmeal da Torre[4]

História[editar | editar código-fonte]

A história da vila remonta ao século XII, quando o concelho municipal recebeu foral de D. Sancho I em 1211.

Belmonte e a vizinha Covilhã, apesar de situados no interior de Portugal estão conotados como poucas regiões portuguesas com os Descobrimentos marítimos Portugueses. Entre as curiosidades que permeiam a história da vila está o facto de que o descobridor do Brasil no século XV, o navegador Pedro Álvares Cabral, ter nascido em Belmonte.

Comunidade judaica[editar | editar código-fonte]

A comunidade de Belmonte abriga um importante facto da história judaica sefardita, relacionado com a resistência dos judeus à intolerância religiosa na Península Ibérica.

No século XVI, aquando da expulsão dos mouros da Península Ibérica, e da reconquista das terras espanholas e portuguesas pelos Reis católicos e por D. Manuel, foi instaurada uma lei que obrigava os judeus portugueses converterem-se ou a deixarem o país.

Muitos deles acabaram abandonando Portugal, por medo de represálias da Inquisição. Outros converteram-se ao cristianismo em termos oficiais, mantendo o seu culto e tradições culturais no âmbito familiar.

Um terceiro grupo de judeus, porém, tomou uma medida mais extrema. Vários decidiram isolar-se do mundo exterior, cortando o contacto com o resto do país e seguindo suas tradições à risca. Tais pessoas foram chamadas de "marranos", numa alusão à proibição ritual de comer carne de porco. Durante séculos os marranos de Belmonte mantiveram as suas tradições judaicas quase intactas, tornando-se um caso excepcional de comunidade criptojudaica. Somente nos anos 70 a comunidade estabeleceu contacto com os judeus de Israel e oficializou o judaísmo como sua religião.

Em 2005 foi inaugurado na cidade o Museu Judaico de Belmonte, o primeiro do género em Portugal, que mostra as tradições e o dia-a-dia dessa comunidade.

Desporto[editar | editar código-fonte]

O concelho tem uma equipa de futebol (União Desportiva de Belmonte), que participa com Campeonato Distrital de Castelo Branco.[5] Este clube possui várias valências desportivas, entre elas, a Academia de Golfe da Quinta da Bica.[6] Na freguesia de Caria existe um clube desportivo, União Desportiva Cariense, onde se destaca a equipa de futsal. [7]

Património[editar | editar código-fonte]

  • Castelo de Belmonte
  • Torre de Centum Cellas
  • Igreja de Santiago
  • Igreja da Sagrada Família - Igreja Matriz (destaque para o altar em talha dourada onde se encontra a venerada Imagem de Nossa Senhora da Esperança, que acompanhou Pedro Álvares Cabral ao Brasil em 1500)
  • Capela do Calvário
  • Capela de Santo António
  • Sinagoga
  • Praça do Pelourinho
  • Rua Direita e Judiaria
  • Capela de Santo Antão (na estrada de acesso à Pousada Convento de Belmonte)
  • Fórnea - complexo romano
  • Coreto do Jardim Municipal
  • Parque Natural do Machorro

Cultura[editar | editar código-fonte]

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

Em Belmonte destacam-se os licores e compotas, arroz doce, papas de carolo, cabrito na telha, farófias, filhoses, cavacas, biscoitos de azeite, sopas da água do feijão....e claro, o bom vinho!

Geminações[editar | editar código-fonte]

O concelho de Belmonte é geminado com as seguintes cidades:[8]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Instituto Nacional de Estatística». INE.pt. 2011 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  4. http://www.ae-pedroalvarescabral.net/index.php/escolas
  5. «UD Belmonte na frente do campeonato frente». 06 de outubro de 2014. Consultado em 11 de outubro  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. «Academia de Golfe da Quinta da Bica». iGo iGo. Consultado em 11 de outubro  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. Nelson Fernandes (8 de outubro de 2016). «UD Cariense goleou na estreia a vencer». Rádio Caria. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  8. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M6250
  9. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M2000


Concelhos do Distrito de Castelo Branco Mapa do distrito de Castelo Branco
Belmonte
Castelo Branco
Covilhã
Fundão
Idanha-a-Nova
Oleiros
Penamacor
Proença-a-Nova
Sertã
Vila de Rei
Vila Velha de Ródão
Belmonte
Castelo Branco
Covilhã
Fundão
Idanha-a-Nova
Oleiros
Penamacor
Proença-a-Nova
Sertã
Vila de Rei
Vila Velha de Ródão
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Belmonte (Portugal)