Idanha-a-Nova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Idanha-a-Nova
Vale do Ponsul.jpg Monsanto e Torre de Lucano.jpg
Idanha-a-Nova(218).jpg
Catedral de Idanha-a-Velha .jpg Fortaleza de Segura.JPG
Brasão de Idanha-a-Nova Bandeira de Idanha-a-Nova

Localização de Idanha-a-Nova
Mapa de Idanha-a-Nova
Gentílico Idanhense,
Egitanense,
Egitaniense,
Egitaneense
Área 1 416,34 km²
População 8 340 hab. (2021)
Densidade populacional 5,9  hab./km²
N.º de freguesias 13
Presidente da
câmara municipal
Armindo Jacinto (PS, 2021-2025)
Fundação do município
(ou foral)
1206
Região (NUTS II) Centro
Sub-região (NUTS III) Beira Baixa
Distrito Castelo Branco
Província Beira Baixa
Feriado municipal Terceira 2ª Feira após o Domingo de Páscoa (Nossa Senhora do Almortão)
Código postal 6060
Sítio oficial www.cm-idanhanova.pt
Município de Portugal Flag of Portugal.svg

Idanha-a-Nova é uma vila raiana portuguesa no distrito de Castelo Branco, região estatística do Centro e sub-região da Beira Baixa, parte da província tradicional com o mesmo nome, com cerca de 2 100 habitantes.[1]

É sede do município de Idanha-a-Nova, o quarto município mais extenso de Portugal com 1 416,34 km² de área,[2] mas apenas com 8 340 habitantes (2021),[3][4] subdividido em 13 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelo município de Penamacor, a leste e sul pela Espanha, a oeste por Castelo Branco e a noroeste pelo Fundão.

A 11 de Dezembro de 2015 a UNESCO considerou Idanha-a-Nova como Cidade da Música, como parte do programa Rede de Cidades Criativas.[6]

Também é nesta vila que decorreram os três últimos acampamentos nacionais (Acanac 2007, Acanac 2012 e Acanac 2017) da maior organização escutista portuguesa, Corpo Nacional de Escutas, que contaram com mais de 22000 escuteiros (Acanac 2017).[7]

O seu padroeiro é Nossa Senhora do Almortão, uma romaria celebrada na Segunda-Feira da segunda semana a seguir à Páscoa, dia em que é feriado municipal.

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do município de Idanha-a-Nova.

O município de Idanha-a-Nova está dividido em 13 freguesias:

Freguesia População (2021) População (% do município) Densidade Populacional (hab/km2)
Idanha-a-Nova e Alcafozes 2 386 28,61 8,4
Ladoeiro 1 052 12,61 16,6
Zebreira e Segura 1 007 12,07 5,7
Monsanto e Idanha-a-Velha 766 9,18 5
Penha Garcia 547 6,56 4,3
São Miguel de Acha 514 6,16 12,5
Monfortinho e Salvaterra do Extremo 507 6,08 3,7
Rosmaninhal 436 5,23 1,6
Oledo 284 3,41 10,3
Medelim 227 2,72 7,4
Toulões 226 2,71 6,2
Aldeia de Santa Margarida 201 2,41 14,8
Proença-a-Velha 187 2,24 3,2

Património[editar | editar código-fonte]

Figuras célebres[editar | editar código-fonte]

Postscript-viewer-blue.svgVer também a categoria: Naturais de Idanha-a-Nova

Cultura[editar | editar código-fonte]

  • Museu Epigráfico Egitaniense
  • Centro Cultural Raiano
  • Boom Festival

Evolução da População do Município[editar | editar código-fonte]

População de Idanha-a-Nova
AnoPop.±%
1864 16 346—    
1878 18 024+10.3%
1890 20 412+13.2%
1900 23 002+12.7%
1911 27 298+18.7%
1920 26 112−4.3%
1930 27 998+7.2%
1940 32 873+17.4%
1950 33 439+1.7%
1960 30 418−9.0%
1970 20 884−31.3%
1981 16 101−22.9%
1991 13 630−15.3%
2001 11 659−14.5%
2011 9 716−16.7%
2021* 8 340−14.2%
  • 2021 - Dados provisórios

De acordo com os dados provisórios avançados pelo INE o distrito de Castelo Branco registou em 2021 um decréscimo populacional na ordem dos 9.3% relativamente aos resultados do censo de 2011. No concelho de Idanha-a-Nova esse decréscimo rondou os 14.0%.

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste município à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [8]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
0-14 Anos 8 869 10 393 8 635 9 130 11 070 9 919 7 701 3 950 2 407 1 645 1 047 846
15-24 Anos 3 499 4 558 4 909 5 441 5 346 5 770 5 051 2 895 1 839 1 306 1 103 666
25-64 Anos 9 337 10 513 10 573 11 778 14 089 14 564 14 526 9 975 7 166 5 881 4 766 4 035
= ou > 65 Anos 1 020 1 211 1 395 1 568 2 078 2 670 3 140 3 760 4 689 4 798 4 743 4 169
> Id. desconh 0 178 106 35 59

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no município à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Política[editar | editar código-fonte]

Presidentes eleitos[editar | editar código-fonte]

  • 2021-2025: Armindo Moreira da Palma Jacinto (PS)[9]
  • 2017-2021: Armindo Moreira da Palma Jacinto (PS)[10]
  • 2013-2017: Armindo Moreira da Palma Jacinto (PS)[11]
  • 2009-2013: Álvaro José Cachucho Rocha (PS)
  • 2005-2009: Álvaro José Cachucho Rocha (PS)
  • 2001-2005: Álvaro José Cachucho Rocha (PS)
  • 1997-2001: Francisco de Sousa Batista (PPD/PSD)
  • 1993-1997: Joaquim Morão Lopes Dias (PS)
  • 1989-1993: Joaquim Morão Lopes Dias (PS)
  • 1985-1989: Joaquim Morão Lopes Dias (PS)
  • 1982-1985: Joaquim Morão Lopes Dias (PS)
  • 1979-1982: Pedro Augusto Camacho Vieira (PS)
  • 1976-1979: Pedro Augusto Camacho Vieira (PS)

[12]

Eleições autárquicas [13][editar | editar código-fonte]

Data % V % V % V % V % V % V % V Participação
PS PPD/PSD CDS-PP FEPU/APU/CDU AD IND PSD-CDS
1976 42,78 4 32,53 3 9,14 - 5,15 -
54,07 / 100,00
1979 44,62 4 AD AD 9,08 - 40,77 3
70,88 / 100,00
1982 60,07 5 5,98 - 25,89 2
66,32 / 100,00
1985 69,38 6 18,79 1 5,57 -
63,17 / 100,00
1989 66,56 6 21,20 1 4,79 -
62,66 / 100,00
1993 66,23 5 22,64 2 4,02 -
65,79 / 100,00
1997 42,39 3 44,88 4 2,68 - 4,41 -
68,17 / 100,00
2001 45,83 4 45,74 3 1,58 - 1,61 -
74,58 / 100,00
2005 53,10 4 37,29 3 2,12 - 2,40 -
74,66 / 100,00
2009 58,50 5 28,04 2 5,18 - 2,87 -
67,38 / 100,00
2013 64,14 4 14,59 1 3,65 - 5,37 - 4,53 -
65,61 / 100,00
2017 61,81 4 CDS-PP PPD/PSD 7,72 - 20,91 1
58,62 / 100,00
2021 53,69 3 6,28 - 3,38 - 31,73 2
65,87 / 100,00

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data %
PS CDS PSD PCP UDP AD APU/

CDU

FRS PRD PSN B.E. PAN PàF L CH IL
1976 41,55 18,17 16,09 3,94 1,41
1979 38,85 AD AD APU 1,75 39,66 8,26
1980 FRS 0,78 41,73 5,94 42,22
1983 48,89 10,04 21,50 0,76 8,27
1985 24,93 5,59 24,09 1,03 6,91 29,67
1987 29,75 4,18 46,06 CDU 0,96 4,61 3,78
1991 36,28 2,88 48,80 2,52 0,85 3,77
1995 60,29 5,59 26,58 0,86 2,07
1999 56,54 5,02 29,67 3,68 0,76
2002 48,89 5,81 38,07 1,77 0,77
2005 59,38 4,36 25,99 2,64 2,05
2009 45,55 7,57 29,82 3,35 5,68
2011 38,48 8,68 38,27 3,10 2,60 0,47
2015 46,70 PàF PàF 5,13 6,60 0,65 30,51 0,34
2019 48,35 3,60 22,82 4,95 7,30 1,71 0,62 1,56 0,22

Geminações[editar | editar código-fonte]

O município de Idanha-a-Nova é geminado com as seguintes cidades:[14][15][16]

Educação[editar | editar código-fonte]

No concelho existe o Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, do qual fazem parte os seguintes estabelecimentos:[17]

  • Jardim de Infância de Termas de Monfortinho
  • Jardim de Infância de São Miguel de Acha
  • Escola Básica do 1º ciclo com jardim de infância de Monsanto
  • Escola Básica do 1º ciclo com jardim de infância de Zebreira
  • Escola Básica do 1º ciclo com jardim de infância de Penha Garcia
  • Escola Básica do 1º ciclo com jardim de infância de Ladoeiro
  • Escola Básica do 1º ciclo com jardim de infância de Idanha-a-Nova
  • Escola Básica e Secundária José Silvestre Ribeiro

Ensino Profissional

  • EPRIN - Escola Profissional da Raia em Idanha-a-Nova

Ensino Superior

Referências

  1. INE (2013). Anuário Estatístico da Região Centro 2012. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 31. ISBN 978-989-25-0217-5. ISSN 0872-5055. Consultado em 5 de maio de 2014 
  2. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013». Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013. Arquivado do original (XLS-ZIP) em 9 de dezembro de 2013 
  3. INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Centro. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 115. ISBN 978-989-25-0184-0. ISSN 0872-6493. Consultado em 27 de julho de 2013 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. «"47 cities join the UNESCO Creative Cities Network"». UNESCO.org. 11 de dezembro de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
  7. «Acampamentos Nacionais - Site oficial do CNE» 
  8. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  9. «Eleições Autárquicas de 2021» (PDF). Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  10. «Eleições Autárquicas de 2017» (PDF). Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  11. «Eleições Autárquicas de 2013» (PDF). Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  12. «PRESIDENTES DE CÂMARA 1976 - 2017» (PDF). Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 15 de janeiro de 2022 
  13. «Concelho de Idanha-a-Nova : Autárquicas Resultados 2021 : Dossier : Grupo Marktest - Grupo Marktest - Estudos de Mercado, Audiências, Marketing Research, Media». www.marktest.com. Consultado em 17 de dezembro de 2021 
  14. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M6060
  15. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M3150
  16. http://www.embaixada-portugal-fr.org/pt/cooperacao-regional.html
  17. Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Idanha-a-Nova