Vicente Leporace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vicente Leporace
Nome completo Vicente Federici Leporace[1]
Nascimento 26 de janeiro de 1912
São Tomas de Aquino, Minas Gerais
Morte 16 de abril de 1978 (66 anos)
São Paulo, (SP)
Nacionalidade brasileiro
Italiano
Cônjuge Ivone De Biasi
Filho(s) Eduardo e Liana
Ocupação radialista, apresentador de televisão e ator

Vicente Federici Leporace (São Tomas de Aquino, 26 de janeiro de 1912São Paulo, 16 de abril de 1978), conhecido como Vicente Leporace, foi um radialista brasileiro.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mineiro e Corintiano, Vicente Leporace era filho dos imigrantes italianos: Guerino Leporace e Marianna Gramani.[3][4]

Quando estourou a Revolução Constitucionalista de 1932, ele estava com vinte anos de idade e acabou, assim como milhares de jovens da época, engajando neste conflito, que teve seu desfecho em 1934.[1]

Vicente Leporace começou sua carreira artística em 1941 na Rádio Clube Hertz, de Franca, cidade onde foi criado.[5] Depois passou pelas Rádios: Mayrink Veiga, no Rio de Janeiro; Cruzeiro do Sul (SP); Record (SP) e Bandeirantes (SP), onde permaneceu por décadas.[6]

Trabalhou também em cinema nos tempos da Vera Cruz, tendo participado dos filmes: Luar do Sertão e participou de muitos outros, como: “Sai da Frente (1952) e “Carnaval em Lá Maior” (1955).[6]

Em 1955, apresentou o programa Grande Gincana Kibon ao lado de Clarice Amaral, na TV Record canal 7 de São Paulo.[6]

Em 1962, na Rádio Bandeirantes PRH-9 de São Paulo, ele lançou O Trabuco, um informativo matinal que consistia na leitura diária das notícias veiculadas nos principais periódicos do país, seguidas de comentários e críticas sobre elas. Acima de qualquer traçado comparativo, ele empunhava o seu Trabuco, justificava qualquer comentário que exaltasse o seu trabalho e a sinceridade dos seus propósitos. Leporace tinha coluna em diversos jornais de São Paulo.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

  • 1937 - No dia 6 de maio é inaugurada a Sociedade Brasileira de Radiodifusão - PRH 9, junto com José Nicolini. Foram contratando nomes famosos com o tempo. Revelação: conjunto musical Demônios da Garoa;
  • 1941 - Atuou na rádio Clube Hertz de Franca, a convite de Blota Júnior;
  • 1949 - Também foi ator, estreando no filme “Luar do Sertão” e participou de muitos outros, como: “Sai da Frente (1952) e “Carnaval em Lá Maior” (1955).
  • Trabalhou na Rádio Atlântica de Santos, quando cidade praiana tinha cassinos e cafés:
  • 1951 - Lançou na Rádio Record - PRB 9 de São Paulo, o programa jornalístico Jornal da Manhã, ele redigia e apresentava o programa;
  • 1955 - TV Record - canal 7 de São Paulo, apresenta o programa Grande Gincana Kibon, junto com a apresentadora Clarice Amaral. Ficando dezesseis anos no ar;
  • 1962- Na Rádio Bandeirantes - PRH 9 de São Paulo, apresentou O Trabuco, programa jornalístico com os comentários de Vicente Leporace (no qual dizia; "Esse comentário é de inteira responsabilidade de Vicente Leporace que sou eu!"). Tornou-se um símbolo da defesa dos oprimidos. Empunhando o seu trabuco, censurava algum político ou acontecimento político ou social, todos tremiam. Permaneceu por dezesseis anos no ar;
  • 1969 - Na TV Bandeirantes, canal 13 de São Paulo, apresentou o jornal Titulares da Notícia, ao lado de Maurício Loureiro Gama, José Paulo de Andrade, Murilo Antunes Alves, Lourdes Rocha e outros

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovela[editar | editar código-fonte]

Morte[editar | editar código-fonte]

No domingo, 16 de abril de 1978, Vicente Leporace faleceu vitima de edema pulmonar, por volta das 19 horas e 30 minutos, em sua residência na Água Branca, em São Paulo, após o jantar, quando conversava com familiares.[5]

Leporace tinha 66 anos e era casado com Ivone De Biasi com quem teve dois filhos: Eduardo e Liana. Seu corpo foi velado no Teatro Bandeirantes, na avenida Brigadeiro Luís Antônio. Em seguida, foi levado para o Cemitério da Lapa para o sepultamento.[5]

Referências

  1. a b Vicente Leporace - Radialista - Ator - Compositor: Artigos | Vicente Leporace | Radialista - Ator - Compositor | tvsinopse
  2. Dicionário Cravo-Albin da Música Popular Brasileira
  3. Museu da Imagem e do Som de Franca
  4. Lei nº 5187 de 17 de setembro de 2003 do município de São Bernardo do Campo
  5. a b c d Morre o trabuqueiro Vicente Leporace: Folha de S.Paulo - caderno Ilustrada, página 19 - 17 de Abril de 1978
  6. a b c O Trabuco: Quem Foi? - O Trabuco

Ligações externas[editar | editar código-fonte]