Vicente Leporace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vicente Leporace
Nome completo Vicente Federici Leporace[1]
Nascimento 26 de janeiro de 1912
São Tomas de Aquino, Minas Gerais
Morte 16 de abril de 1978 (66 anos)
São Paulo, São Paulo
Nacionalidade  brasileiro - Itália italiano
Cônjuge Ivone De Biasi
Filho(s) Eduardo e Liana
Ocupação radialista, apresentador de televisão e ator

Vicente Federici Leporace (São Tomas de Aquino, 26 de janeiro de 1912São Paulo, 16 de abril de 1978), conhecido como Vicente Leporace, foi um radialista brasileiro.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mineiro e Corintiano, Vicente Leporace era filho dos imigrantes italianos: Guerino Leporace e Marianna Gramani.[3][4]

Quando estourou a Revolução Constitucionalista de 1932, ele estava com vinte anos de idade e acabou, assim como milhares de jovens da época, engajando neste conflito, que teve seu desfecho em 1934.[1]

Vicente Leporace começou sua carreira artística em 1941 na Rádio Clube Hertz, de Franca, cidade onde foi criado.[5] Depois passou pelas Rádios: Mayrink Veiga, no Rio de Janeiro; Cruzeiro do Sul (SP); Record (SP) e Bandeirantes (SP), onde permaneceu por décadas.[6]

Trabalhou também em cinema nos tempos da Vera Cruz, tendo participado dos filmes: Luar do Sertão e participou de muitos outros, como: “Sai da Frente (1952) e “Carnaval em Lá Maior” (1955).[6]

Em 1955, apresentou o programa Grande Gincana Kibon ao lado de Clarice Amaral, na TV Record canal 7 de São Paulo.[6]

Em 1962, na Rádio Bandeirantes PRH-9 de São Paulo, ele lançou O Trabuco, um informativo matinal que consistia na leitura diária das notícias veiculadas nos principais periódicos do país, seguidas de comentários e críticas sobre elas. Acima de qualquer traçado comparativo, ele empunhava o seu Trabuco, justificava qualquer comentário que exaltasse o seu trabalho e a sinceridade dos seus propósitos. Leporace tinha coluna em diversos jornais de São Paulo.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

  • 1937 - No dia 6 de maio é inaugurada a Sociedade Brasileira de Radiodifusão - PRH 9, junto com José Nicolini. Foram contratando nomes famosos com o tempo. Revelação: conjunto musical Demônios da Garoa;
  • 1941 - Atuou na rádio Clube Hertz de Franca, a convite de Blota Júnior;
  • 1949 - Também foi ator, estreando no filme “Luar do Sertão” e participou de muitos outros, como: “Sai da Frente (1952) e “Carnaval em Lá Maior” (1955).
  • Trabalhou na rádio Atlântica de Santos, quando cidade praiana tinha cassinos e cafés:
  • 1951 - Lançou na rádio Record - PRB 9 de São Paulo, o programa jornalístico "Jornal da Manhã", ele redigia e apresentava o programa;
  • 1955 - TV Record - canal 7 de São Paulo, apresenta o programa Grande Gincana Kibon, junto com a apresentadora Clarice Amaral. Ficando dezesseis anos no ar;
  • 1962- Na rádio Bandeirantes - PRH 9 de São Paulo, apresentou "O Trabuco", programa jornalístico com os comentários de Vicente Leporace (no qual dizia; "Esse comentário é de inteira responsabilidade de Vicente Leporace que sou eu!"). Tornou-se um símbolo da defesa dos oprimidos. Empunhando o seu trabuco, censurava algum político ou acontecimento político ou social, todos tremiam. Permaneceu por dezesseis anos no ar;
  • 1969 - Na TV Rede Bandeirantes, canal 13 de São Paulo, apresentou o jornal Titulares da Notícia, ao lado de Maurício Loureiro Gama, José Paulo de Andrade, Murilo Antunes Alves, Lourdes Rocha e outros

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovela[editar | editar código-fonte]

Morte[editar | editar código-fonte]

No domingo, 16 de abril de 1978, Vicente Leporace faleceu vitima de edema pulmonar, por volta das 19 horas e 30 minutos, em sua residência na Água Branca, em São Paulo, após o jantar, quando conversava com familiares.[5]

Leporace tinha 66 anos e era casado com Ivone De Biasi com quem teve dois filhos: Eduardo e Liana. Seu corpo foi velado no Teatro Bandeirantes, na avenida Brigadeiro Luís Antônio. Em seguida, foi levado para o Cemitério da Lapa para o sepultamento.[5]

Referências

  1. a b Vicente Leporace - Radialista - Ator - Compositor: Artigos | Vicente Leporace | Radialista - Ator - Compositor | tvsinopse
  2. Dicionário Cravo-Albin da Música Popular Brasileira
  3. Museu da Imagem e do Som de Franca
  4. Lei nº 5187 de 17 de setembro de 2003 do município de São Bernardo do Campo
  5. a b c d Morre o trabuqueiro Vicente Leporace: Folha de S.Paulo - caderno Ilustrada, página 19 - 17 de Abril de 1978
  6. a b c O Trabuco: Quem Foi? - O Trabuco

Ligações externas[editar | editar código-fonte]