Vinho Marsala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vinho Marsala

Marsala é um tipo de vinho fortificado produzido nos arredores de cidade que lhe dá nome, na Sicília, Itália. A exemplo de outros vinhos regionais, tem denominação de origem controlada. O vinho foi invenção de John Woodhouse, nos anos 1770[1] .

Tipos[editar | editar código-fonte]

  • Fine - envelhecimento mínimo, inferior a um ano;
  • Superiore - envelhecimento de pelo menos dois anos;
  • Superiore Riserva - envelhecimento de pelo menos quatro anos;
  • Vergine e/o Soleras - envelhecimento de pelo menos cinco anos;
  • Vergine e/o Soleras Stravecchio e Vergine e/o Soleras Riserva - envelhecimento de pelo menos dez anos.

Serviço[editar | editar código-fonte]

O Marsala é utilizado comumente como aperitivo antes das refeições. Também é harmonizado regularmente com queijos fortes como Gorgonzola, Roquefort e Parmesão[2] .

Referências

  1. http://www.decantervinhos.com.br/com-um-grillo-na-cuca/ Página visitada em 14 de junho de 2015.
  2. http://www.tintosetantos.com/index.php/denominando/255-marsala Página visitada em 14 de junho de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre Vinhos é um esboço relacionado ao Projeto Vinhos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.