Virginópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Virginópolis
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 9 de março
Fundação 9 de março de 1924
Gentílico virginopolitano
CEP 39730-000
Prefeito(a) Boby Charles das Dores Leão (PSC)
(2017–2020)
Localização
Localização de Virginópolis
Localização de Virginópolis em Minas Gerais
Virginópolis está localizado em: Brasil
Virginópolis
Localização de Virginópolis no Brasil
18° 49' 22" S 42° 42' 14" O18° 49' 22" S 42° 42' 14" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Rio Doce IBGE/2008 [1]
Microrregião Guanhães IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Peçanha, Guanhães, Gonzaga, Divinolândia de Minas e Açucena.
Distância até a capital 270 km
Características geográficas
Área 440,424 km² [2]
População 10 801 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 24,52 hab./km²
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,717 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 60 212,122 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 356,47 IBGE/2008[5]
Página oficial

Virginópolis é um município brasileiro do estado de Minas Gerais situado na região leste do estado, na Mesorregião do Vale do Rio Doce. Sua população estimada em 2004 era de 10.180 habitantes.

É a cidade natal da maquiadora e blogueira Camila Coelho, que adquiriu notoriedade através do Youtube.

História[editar | editar código-fonte]

Os primitivos habitantes da região foram os índios da tribo Porte também Botocudos e os primeiros colonizadores que na região se aportaram foram fazendeiros agropecuaristas vindos da antiga cidade de São Miguel e Almas (Guanhães), sendo os mesmos oriundos de famílias da antiga Vila do Príncipe, atual Serro: Félix Gomes de Brito, José Antônio da Fonseca, Capitão Figueiredo, João Batista Coelho e Joaquim Nunes Coelho, por volta de 1838. As primeiras casas do povoado surgiram em 1858, sendo o tenente João Batista Coelho um dos pioneiros de Patrocínio, nome com que foi registrado em 1862, na freguesia de São Miguel e Almas. Em 1871, tornou-se freguesia com a denominação de Nossa Senhora do Patrocínio do Serro. Em 1923, desmembrada do território de Guanhães, foi elevada à condição de município. O nome Virginopólis foi dado ao município em homenagem à Virgem Maria, formado pelas palavras Virginis (do latim Virgo) e polis (do grego) cidade.[carece de fontes?]

Cultura[editar | editar código-fonte]

A cidade é regionalmente conhecida pela tradicional Festa da Jabuticaba, que ocorre anualmente em Setembro. Um aspecto interessante é que, apesar da festa, a cidade não se configura como grande produtor da fruta.

Outro aspecto cultural interessante é a presença da Capela de Nossa Senhora do Patrocínio, que possui uma das maiores escadarias de igreja do mundo, com mais de 500 degraus, construídos pelos próprios moradores da cidade em mutirões realizados no fim da década de 1980.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Virginópolis vislumbra o caminho do céu». Cidades. 25 de abril de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.