São João Evangelista (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de São João Evangelista
Bandeira de São João Evangelista
Brasão de São João Evangelista
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1 de junho de 1926 (93 anos)[1]
Gentílico peçanhense[2]
Padroeiro(a) São João Evangelista[3]
CEP 39704-000 a 39706-999[4]
Prefeito(a) Pedro de Queiroz Braga (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de São João Evangelista
Localização de São João Evangelista em Minas Gerais
São João Evangelista está localizado em: Brasil
São João Evangelista
Localização de São João Evangelista no Brasil
18° 32' 52" S 42° 45' 46" O18° 32' 52" S 42° 45' 46" O
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária

Governador Valadares IBGE/2017[5]

Região imediata

Guanhães IBGE/2017[5]

Municípios limítrofes São José do Jacuri, Coluna, Paulistas, Sabinópolis, Guanhães, Peçanha, Cantagalo e São Pedro do Suaçuí
Distância até a capital 280 km
Características geográficas
Área 478,183 km² [2]
Distritos Nelson de Sena, São Geraldo do Baguari e São João Evangelista (sede)[6]
População 15 781 hab. estatísticas IBGE/2018[2]
Densidade 33 hab./km²
Altitude 689,69 m
Clima tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,638 médio PNUD/2010[7]
PIB R$ 176 308,28 mil IBGE/2016[8]
PIB per capita R$ 10 971,27 IBGE/2016[8]

São João Evangelista é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e sua população estimada em 2018 era de 15 781 habitantes.[2]

História[editar | editar código-fonte]

São João Evangelista, antigo distrito criado com a denominação de Nossa Senhora de São João do Suassuí em 1880/1891 e subordinado a vila de Rio Doce (mais tarde: Peçanha), foi elevado à categoria de vila em 1911 e cidade em 1925.[9][10]

O município de São João Evangelista está situado na região leste do estado de Minas Gerais, às margens do Ribeirão São Nicolau, numa pequena aldeia abandonada pelos índios Monoxós, num local onde é hoje o distrito de Nelson de Sena. Ali, no início do século XIX, fixou residência o Alferes Machado e sua família, primeiros civilizados se estabelecerem na região.

Na mesma época, vários portugueses que habitavam regiões auríferas, já em decadência, atraídos pela qualidade das terras e movidos pelo espírito desbravador, afluíram para a região e se fixaram em pontos diversos da chamada Mata do Peçanha.

Nessa leva veio o capitão português ldelfonso da Rocha Freitas que, entre 1820 e 1830, construiu a Fazenda São João, em homenagem ao santo de devoção de sua esposa. Essa fazenda foi o berço da cidade de São João Evangelista, porque, posteriormente, em 1874, os herdeiros do capitão lldefonso já constituíam uma família numerosa, entre filhos, irmãos e cunhados. Essas pessoas foram os primeiros moradores do arraial São João Novo.

Em 1880 o povoado foi elevado à categoria de Freguesia com denominação de São João do Suaçuí, mudada dois anos depois para São João Evangelista, nome que conservou quando se tornou vila pela lei n° 556, de 30/08/1911 e município em 12/06/1912. Seu primeiro prefeito foi o Coronel Antônio Borges de Amaral, presidente da Câmara e Agente Executivo, de 1912 a 1918.

Guarda a tradição local o nome de alguns dos primeiros moradores: Antônio Pedro Gonçalves, Valeriano Coelho da Rocha, Manoel Coelho da Rocha, João Gualberto Gonçalves, José Pedro Gonçalves, Sebastião da Costa Rocha, Zeferino Monteiro de Carvalho, Cornélio José Pimenta, Arthur Borges do Amaral, Santos José Ribeiro, Raimundo e Clarimundo José Alves, Vicente e Honório Luiz da Rocha, além de outros, que se constituíram troncos de famílias até hoje radicadas, em sua maioria, no município. A cidade é famosa na região por ter ouro em diversas terras da cidade .

Formação administrativa[editar | editar código-fonte]

A criação do município se deu em 1911, com território desmembrado de Peçanha. Sua instalação solene se deu em 1º de junho de 1912. A Comarca de São João Evangelista foi criada em 08/10/1948 e se instalou a 15 de novembro do mesmo ano, abrangendo dois municípios, o da sede (São João Evangelista) e o de Coluna, na época, recém-criado [11] E um pequeno município em crescimento, e uma cidade onde ainda se encontra pequenas quantidades de ouro atualmente.

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE,[12] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de Governador Valadares e Imediata de Guanhães.[5] Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Guanhães, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Vale do Rio Doce.[13]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). «São João Evangelista - Histórico» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 4 de julho de 2019 
  2. a b c d Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «São João Evangelista». Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada em 4 de julho de 2019 
  3. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 23. Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada (PDF) em 4 de julho de 2019 
  4. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 4 de julho de 2019 
  5. a b c Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 4 de julho de 2019 
  6. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (9 de setembro de 2013). «São João Evangelista - Unidades territoriais do nível Distrito». Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada em 4 de julho de 2019 
  7. Atlas do Desenvolvimento Humano (29 de julho de 2013). «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 4 de julho de 2019. Arquivado do original (PDF) em 8 de julho de 2014 
  8. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2016». Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada em 4 de julho de 2019 
  9. «São João Evangelista - Histórico» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. 2009. Consultado em 6 de julho de 2012 
  10. «História de São João Evangelista». sje.mg.gov.br. Consultado em 6 de julho de 2012 [ligação inativa]
  11. «História de São João Evangelista». sje.mg.gov.br [ligação inativa]
  12. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 4 de julho de 2019. Cópia arquivada em 4 de julho de 2019 
  13. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2016). «Divisão Territorial Brasileira 2016». Consultado em 4 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.