Vladimir Solovyov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vladimir Solovyov
Nascimento 11 de novembro de 1946 (73 anos)
Moscou
Cidadania União Soviética, Rússia
Alma mater Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou
Ocupação engenheiro, astronauta
Prêmios Cavaleiro da Legião de Honra, Ordem de Lenin, Ordem de Honra, Herói da União Soviética, Quarto grau da Ordem ao Mérito pela Pátria, Piloto-Cosmonauta da União Soviética, Medalha "Por Mérito na Exploração Espacial", Estrela Dourada, Ordem de Lenin, Herói da União Soviética, Estrela Dourada, Ordem da Amizade, Prêmio Estatal da Federação Russa, Mestre Honorário de Esportes da União Soviética
Empregador Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou

Vladimir Alekseyevich Soloviyov (Moscou, 11 de novembro de 1946) é um ex-cosmonauta da União Soviética.

Foi selecionado como cosmonauta em 1 de dezembro de 1978 e voou como engenheiro de vôo na Soyuz T-10 e na Soyuz T-15, passando 361 dias, 22 horas e 49 minutos no espaço. Seu primeiro voo (Soyuz T-10) foi lançado em 8 de fevereiro de 1984, para se juntar à Salyut 7. O grupo passou 10 meses (cerca de 237 dias) realizando uma série de experimentos médicos e de manufatura no espaço. Eles voltaram abordo da Soyuz T-11 em 2 de outubro de 1984. Seu segundo (e último) vôo foi abordo da Soyuz T-15, lançado em 13 de março de 1986 e aterrissando com a mesma nave em 16 de julho de 1986, 125 dias depois. O grupo transferiu equipamentos da Salyut-7 para a nova estação espacial Mir; eles foram o último grupo abordo da primeira e o primeiro abordo da Mir.

Tornou-se diretor de voo da Mir (Controle da missão russo) por muitos anos. Ele se aposentou em 18 de Fevereiro de 1994, porém ele retornou para comandar o segmento russo da Estação Espacial Internacional (ISS).

Vladimir Solovyov é casado e tem dois filhos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]