Toktar Aubakirov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Toktar Aubakirov
Nome completo Toktar Ongarbayuly Aubakirov
Nascimento 27 de julho de 1946 (75 anos)
Qarağandı, RSSC, União Soviética
Nacionalidade Cazaque
Ocupação Piloto de teste
Carreira espacial
Cosmonauta do PES
Tempo no espaço 7d 22h 12m[1]
Seleção 1991[1]
Missões Soyuz TM-13/Soyuz TM-12
Insígnia da missão Soyuz TM-13 patch.png Soyuz TM-12 patch.png
Aposentadoria 1991[1]
Prêmios Herói do Cazaquistão
Herói da União Soviética

Toktar Ongarbayuly Aubakirov (em cazaque: Тоқтар Оңғарбайұлы Әубәкіров, em russo: Токтар Онгарбаевич Аубакиров, 27 de julho de 1946) é um oficial aposentado da Força Aérea do Cazaquistão e ex-cosmonauta. Ele é a primeira pessoa do Cazaquistão no espaço.[2]

Juventude[editar | editar código-fonte]

Toktar Aubakirov nasceu no distrito de Karkaraly, região de Karaganda, Cazaquistão SSR, que agora é o Cazaquistão. Depois de se formar na 8ª série de uma escola secundária, ele começou a trabalhar como torneiro de metal na fundição de Temirtau, enquanto frequentava uma escola noturna. Em 1965, ingressou no Instituto Armavir de Pilotos de Defesa Antiaérea da Aviação Militar. Ele serviu como piloto de caça na Força Aérea Soviética nas fronteiras do Extremo Oriente da URSS até sua aceitação na Escola de Pilotos de Teste de Fedotov em 1975.

Carreira de piloto de teste[editar | editar código-fonte]

Entre 1976 e 1991, ele atuou como piloto de teste no Mikoyan Experimental Design Bureau (aeronave MiG). Durante esse tempo, ele testou mais de 50 tipos de aeronaves. O primeiro na União Soviética a fazer um voo sem escalas cruzando o Polo Norte e com dois reabastecimentos em voo, o primeiro na União Soviética que decolou do porta-aviões Tbilisi (mais tarde denominado Kuznetsov) em um MiG 29K.

Experiência de voo espacial[editar | editar código-fonte]

Em 1991, de acordo com um acordo entre os governos da URSS e do SSR do Cazaquistão, começou o treinamento no Centro de Treinamento de Cosmonautas de Gagarin. Em 2 de outubro de 1991, ele fez o lançamento com o cosmonauta russo Alexander Volkov como comandante de voo e o cosmonauta de pesquisa austríaco Franz Viehböck na Soyuz TM-13 do espaçoporto Cosmódromo de Baikonur, e passou mais de oito dias no espaço. Sua missão foi a última lançada pela União Soviética, que se dissolveu logo em seguida, com Aubakirov se tornando um cidadão da República independente do Cazaquistão.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Desde 1993, ele é o diretor geral da Agência Aeroespacial Nacional da República do Cazaquistão. Ele era membro do parlamento do Cazaquistão. Agora ele é aposentado e consultor.

Família[editar | editar código-fonte]

Toktar Aubakirov é casado com Tatyana Aubakirova. Eles têm dois filhos: Timur (nascido em 1977) e Mikhail (nascido em 1982).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Cosmonaut Biography: Toktar Aubakirov» (em inglês) 
  2. «Archived copy». Consultado em 10 de outubro de 2019. Arquivado do original em 10 de outubro de 2019 
  3. «Cosmonaut Biography: Toktar Aubakirov». www.spacefacts.de. Consultado em 22 de julho de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre cosmonautas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.