WTA de Hobart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hobart International
WTA de Hobart
Detalhes
Local Hobart International Tennis Centre
Austrália Hobart, Austrália
Organização Associação de Tênis Feminino (WTA)
Direção Darren Sturgess
Categoria International
Piso duro
Premiação US$ 275.000
Participantes 32 simplistas (principal)
24 simplistas (qualificatório)
16 duplas
Quadras Centre Court
West Court
Court 8
Página oficial hobartinternational.com.au
Tennisball current event.svg Edição atual
Atualizado em: 23 de fevereiro de 2021

O WTA de Hobart – ou Hobart International, atualmente – é um torneio de tênis profissional feminino, de nível International.

Realizado em Hobart, na ilha e estado da Tasmânia, ao sul da Austrália, estreou em 1994. Os jogos são disputados em quadras duras durante o mês de janeiro.[1]

Finais[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeã Vice-campeã Resultado
Torneio não realizado em 2021 devido à pandemia de COVID-19[2]
2020 Cazaquistão Elena Rybakina China Zhang Shuai 7–67, 6–3
2019 Estados Unidos Sofia Kenin Eslováquia Anna Karolína Schmiedlová 6–3, 6–0
2018 Bélgica Elise Mertens Roménia Mihaela Buzărnescu 6–1, 4–6, 6–3
2017 Bélgica Elise Mertens Roménia Monica Niculescu 6–3, 6–1
2016 França Alizé Cornet Canadá Eugenie Bouchard 6–1, 6–2
2015 Reino Unido Heather Watson Estados Unidos Madison Brengle 6–3, 6–4
2014 Espanha Garbiñe Muguruza Chéquia Klára Zakopalová 6–4, 6–0
2013 Rússia Elena Vesnina Alemanha Mona Barthel 6–3, 6–4
2012 Alemanha Mona Barthel Bélgica Yanina Wickmayer 6–1, 6–2
2011 Austrália Jarmila Groth Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands 6–4, 6–3
2010 Ucrânia Alona Bondarenko Israel Shahar Pe'er 6–2, 6–4
2009 Chéquia Petra Kvitová Chéquia Iveta Benešová 7–5, 6–1
2008 Grécia Eleni Daniilidou Rússia Vera Zvonareva w.o.
2007 Rússia Anna Chakvetadze Rússia Vasilisa Bardina 6–3, 7–63
2006 Países Baixos Michaëlla Krajicek Chéquia Iveta Benešová 6–2, 6–1
2005 China Zheng Jie Argentina Gisela Dulko 6–2, 6–0
2004 Estados Unidos Amy Frazier Japão Shinobu Asagoe 6–3, 6–3
2003 Austrália Alicia Molik Estados Unidos Amy Frazier 6–2, 4–6, 6–4
2002 Eslováquia Martina Suchá Espanha Anabel Medina Garrigues 7–67, 6–1
2001 Itália Rita Grande Estados Unidos Jennifer Hopkins 0–6, 6–3, 6–3
2000 Bélgica Kim Clijsters Estados Unidos Chanda Rubin 2–6, 6–2, 6–2
1999 Estados Unidos Chanda Rubin Itália Rita Grande 6–2, 6–3
1998 Suíça Patty Schnyder Bélgica Dominique van Roost 6–3, 6–2
1997 Bélgica Dominique van Roost Estados Unidos Marianne Werdel-Witmeyer 6–3, 6–3
1996 França Julie Halard-Decugis Japão Mana Endo 6–1, 6–2
1995 Geórgia Leila Meskhi China Li Fang 6–2, 6–3
1994 Japão Mana Endo Austrália Rachel McQuillan 6–1, 16–7, 6–4

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeãs Vice-campeãs Resultado
Torneio não realizado em 2021 devido à pandemia de COVID-19[2]
2020 Ucrânia Nadiia Kichenok
Índia Sania Mirza
China Peng Shuai
China Zhang Shuai
6–4, 6–4
2019 Taipé Chinesa Chan Hao-ching
Taipé Chinesa Latisha Chan
Bélgica Kirsten Flipkens
Suécia Johanna Larsson
6–3, 3–6, [10–6]
2018 Bélgica Elise Mertens
Países Baixos Demi Schuurs
Ucrânia Lyudmyla Kichenok
Japão Makoto Ninomiya
6–2, 6–2
2017 Roménia Raluca Olaru
Ucrânia Olga Savchuk
Canadá Gabriela Dabrowski
China Yang Zhaoxuan
0–6, 6–4, [10–5]
2016 China Han Xinyun
Estados Unidos Christina McHale
Austrália Kimberly Birrell
Austrália Jarmila Wolfe
6–3, 6–0
2015 Países Baixos Kiki Bertens
Suécia Johanna Larsson
Rússia Vitalia Diatchenko
Roménia Monica Niculescu
7–5, 6–3
2014 Roménia Monica Niculescu
Chéquia Klára Zakopalová
Estados Unidos Lisa Raymond
China Zhang Shuai
6–2, 56–7, [10–8]
2013 Espanha Garbiñe Muguruza
Espanha María Teresa Torró Flor
Hungria Tímea Babos
Luxemburgo Mandy Minella
6–3, 7–65
2012 Roménia Irina-Camelia Begu
Roménia Monica Niculescu
Taipé Chinesa Chuang Chia-jung
Nova Zelândia Marina Erakovic
46–7, 7–64, [10–5]
2011 Itália Sara Errani
Itália Roberta Vinci
Ucrânia Kateryna Bondarenko
Letónia Līga Dekmeijere
6–3, 7–5
2010 Taipé Chinesa Chuang Chia-jung
Chéquia Květa Peschke
Taipé Chinesa Chan Yung-jan
Roménia Monica Niculescu
3–6, 6–3, [10–7]
2009 Argentina Gisela Dulko
Itália Flavia Pennetta
Ucrânia Alona Bondarenko
Ucrânia Kateryna Bondarenko
6–2, 7–64
2008 Espanha Anabel Medina Garrigues
Espanha Virginia Ruano Pascual
Grécia Eleni Daniilidou
Alemanha Jasmin Wöhr
6–2, 6–4
2007 Rússia Elena Likhovtseva
Rússia Elena Vesnina
Espanha Anabel Medina Garrigues
Espanha Virginia Ruano Pascual
2–6, 6–1, 6–2
2006 França Émilie Loit
Austrália Nicole Pratt
Estados Unidos Jill Craybas
Croácia Jelena Kostanić
6–2, 6–1
2005 China Yan Zi
China Zheng Jie
Espanha Anabel Medina Garrigues
Rússia Dinara Safina
6–4, 7–5
2004 Japão Shinobu Asagoe
Japão Seiko Okamoto
Bélgica Els Callens
Áustria Barbara Schett
2–6, 6–4, 6–3
2003 Zimbabwe Cara Black
Rússia Elena Likhovtseva
Áustria Barbara Schett
Áustria Patricia Wartusch
7–5, 7–61
2002 Itália Tathiana Garbin
Itália Rita Grande
Austrália Catherine Barclay
Austrália Christina Wheeler
6–2, 7–63
2001 Zimbabwe Cara Black
Rússia Elena Likhovtseva
Roménia Ruxandra Dragomir
Espanha Virginia Ruano Pascual
6–4, 6–1
2000 Itália Rita Grande
França Émilie Loit
Bélgica Kim Clijsters
Austrália Alicia Molik
6–2, 2–6, 6–3
1999 África do Sul Mariaan de Swardt
Ucrânia Elena Tatarkova
França Alexia Dechaume-Balleret
França Émilie Loit
6–2, 6–2
1998 Espanha Virginia Ruano-Pascual
Argentina Paola Suárez
França Julie Halard-Decugis
Eslováquia Janette Husárová
7–66, 6–3
1997 Japão Naoko Kijimuta
Japão Nana Miyagi
Alemanha Barbara Rittner
Bélgica Dominique van Roost
6–3, 6–1
1996 Indonésia Yayuk Basuki
Japão Kyoko Nagatsuka
Austrália Kerry-Anne Guse
Coreia do Sul Park Sung-hee
7–67, 6–3
1995 Japão Kyoko Nagatsuka
Japão Ai Sugiyama
Países Baixos Manon Bollegraf
Letónia Larisa Neiland
2–6, 6–4, 6–2
1994 Estados Unidos Linda Harvey-Wild
Estados Unidos Chanda Rubin
Austrália Jenny Byrne
Austrália Rachel McQuillan
7–5, 4–6, 7–61

Referências

  1. «History» (em inglês). hobartinternational.com.au. Consultado em 30 de novembro de 2017 
  2. a b «Hobart International to return in 2022» (em inglês). hobartinternational.com.au. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]