Wikipédia Discussão:Projetos/Hidrografia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Foi-me dito que o nome dos artigos sobre rios deviam ser "Rio XXX". Não concordo, e protesto. Primeiro, porque não tem lógica: a palavra "Rio" não faz parte do nome do rio. Em segundo, porque não facilita nada a categorização - vão ficar todas sob a letra R, a menos que se faça a categorização manualmente.

Se a convenção nasceu da necessidade de desambiguar, creio eu que minimiza, talvez, mas não resolve - existem casos de localidades que herdaram o nome por causa do rio na margem do qual se fixaram, e como vão desambiguar nesses casos? "Rio XXX (rio)"? Ou andamos para trás e fica "XXX (rio)" ?

Por outro lado, eu mesmo já tinha pensado em usar "Rio", mas actualmente não me parece correcto. Eis a minha sugestão: para um determinado rio XXX,

  • Ao existir conflito, desambigue-se sempre com "XXX (rio)".

Este foi, aliás, o método sempre utilizado, que dispensa a categorização manual. -- Nuno Tavares 06:19, 24 Mai 2005 (UTC)

Geez tantos "Rio XXX" que acabei de ver! Bem, acho que seria mesmo andar para trás alterar a convenção. Mas fica o protesto :P -- Nuno Tavares 06:20, 24 Mai 2005 (UTC)
Ah, e sendo assim, espero que existam redirects dos termos "XXX" para "Rio XXX" ou (claro) as desambiguações. Não é o caso de Cisse, Erdre e Evre, escolhidos ao acaso... -- Nuno Tavares 06:22, 24 Mai 2005 (UTC)

Pensando melhor, não dará assim tanto trabalho, não. Reitero o meu protesto e proponho-me para ajudar na moção. -- Nuno Tavares 06:23, 24 Mai 2005 (UTC)

Nuno, TODOS já estão assim. Vou transcrever aqui o diálogo que tive com o Gervásio e vemos se é disso que estás falando. -- Clara C. 06:24, 24 Mai 2005 (UTC) PS: Por que essa braveza? Calma!

LOL Eu não estou bravo, mas esta convenção não faz muito sentido, pelo menos para mim! O nome do rio é XXX e não "Rio XXX" ! Se os redirects vão ter que existir e/ou desambiguações, então porque não fazer as coisas como deve ser?! Não vamos chamar "Cidade de Lisboa", "Cidade do Porto" nem "Cidade de cidade" às cidades... nem aos países.. porquê aos rios? -- Nuno Tavares 06:35, 24 Mai 2005 (UTC)

Eu acho que quando não existem ambigüidade, deve ficar sem "Rio" ou "(rio)" (se soar melhor). Quando houver, a forma melhor é "rio _____", que é fácil de ser transformada em atalho e que já é usada no idioma. --E2m 06:34, 24 Mai 2005 (UTC)

Entretanto deu conflicto, e respondo já: precisamente! -- Nuno Tavares 06:35, 24 Mai 2005 (UTC)

Um exemplo que soa melhor com a parte "rio": Rio dos Corvos. Um exemplo que "rio" é usado para desambiguizar: rio Guaíba (ver Guaíba). Um exemplo que não deve ter "rio": Volga. --E2m 06:42, 24 Mai 2005 (UTC)

Modus operandis na composição do nome dos artigos para o Projeto Hidrografia[editar código-fonte]

Caros, confesso que estou supreso com esta discussão. O Projeto Hidrografia iniciou-se a 23 de março e somente agora o Nuno tomou conhecimento do método de trabalho para nomear artigos no projeto? Nestes dois meses que estamos trabalhando duro no projeto o Nuno omitiu-se de dar seu parecer por qual motivo? Por que não levantou esta lebre logo no início? Ou quis o Nuno de propósito esperar já termos um volume de quase artigos de 800 rios só na Categoria:Rios do Brasil (sem contar as outras categorias relacionadas à hidrografia) para nos fazer agora deitar tempo para voltar atrás e mudar tudo o que já está feito e amarrado na estrutura da WikiPT?

Ah, e quantas ligações internas já foram feitas de outros artigos só para os artigos de rios com esta nomenclatura? Se contarmos isto, o número duplica, senão triplica... Em menor volume, temos o trabalho dos artigos das bacias geográficas, das ilhas, das lagoas, das usinas hidrelétricas, dos golfos, bas baías, das cataratas... Caso o Nuno não saiba, informo que tal forma de composição de artigos para a Hidrografia está sendo feito também nos artigos destas categorias...

Agora vejam a coisa por outra ótica: qual seria o problema ao navegante em procurar o artigo de um rio colocando na busca direto o nome Rio X ou Rio Y. Nenhum problema. Quanto a categoriação, bem, se o Nuno não viu, todos estes artigos que começam com Rio X ou Rio Y tem, na categoria, a marcação manual de ordem alfabética, o que resolve este problema na hora de exibir por categoria o nome dos rios.

O que o E2m disse é o que exatamente norteia meu trabalho para regular o nome de tais artigos. O E2m disse: "Eu acho que quando não existem ambigüidade, deve ficar sem "Rio" ou "(rio)" (se soar melhor). Quando houver, a forma melhor é "rio _____", que é fácil de ser transformada em atalho e que já é usada no idioma."

Ora, senhores, vejam a coisa lá na frente: todo nome de rio, de lagoa, de golfo, de baía, de ilha, é derivado de alguma coisa, de algum lugar, de alguma pessoa, de alguma data comemorativa, logo, o que eu quero dizer com isso? Reflitam comigo! Quero dizer que temos de pensar grande, ultrapassamos recém o número de 50 mil artigos, mas sabemos (e vamos trabalhar para isso) que não vamos estagnar neste número. A WikiPT está crescendo e vai crescer cada vez mais, o substantivo que dá nome a um rio (lagoa, golfo, baía, ilha, etc) em 99% dos casos vai findar por ter sempre um artigo a explicar o que é o nome. Particularmente vejo que, olhando por esta ótica, e pensando a longo, longo prazo, fica sempre mais fácil identificar o artigo, como disse o E2m como Rio X ou Rio Y ou Lagoa X ou Ilha J. Mais fácil e simples para o navegante (no caso da hidrografia) do que X (rio) ou J (ilha)...

Agora, reconheço que isto vai de contra a norma para a nomenclatura dos artigos das cidades, dos países, dos departamentos, dos Estados, cujo nome do artigo já começa direto com o nome da cidade, dos países, dos departamentos, dos Estados, etc. Mas ainda assim, particularmente vejo que para os artigos de hidrografia, facilitaria muito a identificação dos mesmos já com o termo rio "disso ou daquilo", ilha "disso ou daquilo", golfo "disso ou daquilo", baía "disso ou daquilo", lagoa "disso ou daquilo".

Bem, nada pessoal contra o Nuno ou contra o protesto do Nuno. O Nuno é um membro de conduta ilibada que tem somado muito ao projeto, que eu respeito muito e que inclusive já me ajudou em várias ocasiões. Eu apenas expus as razões que me levaram a usar este modus operandis para a nomenclatura de tais artigos. Se tal modus operandi vai de contra as diretrizes do projeto Wikipédia, que eu quero salvaguardar, cumprir e fazer cumprir sempre, então voltemos atrás e editemos, mudemos, adequemos, troquemos, corrijamos links para todos estes artigos. Fazer isto não é impossível, apenas demandará um tempo precioso. Agora se isto é coisa pequena que não interfere no projeto, sinceramente, creio que neste caso podemos passar adiante e seguir o trabalho da forma que vem sendo feito.

Gervásio Santana de Freitas 14:53, 24 Mai 2005 (UTC)

Agora quem não sabe o que pensar sou eu, Gervásio... pura distração! Olhei inúmeras vezes para a tua mancha nas recentchanges e, acredita, nunca reparei nisso!
Bom argumento o das ligações internas. Mas creio que um bot resolve isso.
Espera lá, como assim? Vamos ter "Bacia XXXX"s ? OMG...
Quanto à categorização eu reparei sim, mas referia-me ao caso de outros utilizadores quererem contribuir com artigos, à margem do projecto. Mas nota uma coisa: se eu for procurar pelo rio Tejo, eu nunca procuro por "rio Tejo" mas sim por "Tejo" - é esse o nome do rio, não "Rio Tejo".
Em relação à questão "Rio X" versus "X (rio)" eu referia-me à utilização da segunda apenas em desambiguações... a primeira é sempre preferível.
Ainda bem que estamos esclarecidos quanto às posições em relação à decisão da comunidade. Não me vou perder em elogios com o teu trabalho, também ele bem presente e exaustivo, nem é por aí que eu quero entrar - nem acho bonito mediar a discussão pelo peso das contribuições. O meu protesto prende-se unicamente com a nomenclatura apenas por isto, Gervásio:
Existem inúmeros artigos "Rio XXXX" que não têm redirects "XXXX", que é o nome do rio, e o nome mais provável de pesquisa/busca - relembro que o nosso botão procurar foi desactivado indeterminadamente.
Em suma, se não criares os rios a partir de "XXXX" (para posterior moção para "Rio XXXX", cujo redirect fica automaticamente feito) dificilmente vais ter que desambiguar alguma coisa, pois "XXXX" não vai existir. Se fazes tanta questão que fique "Rio XXX" então que fique, mas fica ciente da dificuldade que vais ter em monitorizar milhares de artigos com essa norma. Mas tudo bem, agora o redirect XXX tem que existir (ou a desambiguação, claro). -- Nuno Tavares 16:39, 24 Mai 2005 (UTC)

É... Rios... Ok! Mas como ficam os Ribeirões, as Ribeiras, os Riachos, os Lajeados, os Arroios, etc?[editar código-fonte]

Quero dar meus dois centavos: Sendo "Rio xxx" os nomes dos artigos, como nomear os artigos sobre outros cursos d'água que não rios? Já iniciamos esta conversa, eu e o Gervásio, quando notei que o Ribeirão da Antas virou Rio Ribeirão das Antas... Vejam um outro exemplo curioso: existe um artigo chamado Riacho do Ipiranga? Não. Pois devia existir... Afinal o Riacho do Ipiranga é importante! Mas o artigo não deveria se chamar "Rio Riacho do Ipiranga", certo?? He, he, he! Cesarious 15:02, 24 Mai 2005 (UTC)

Lá está um outro exemplo porque é que esta convenção é pouco funcional! Honestamente, Rio Ribeirão das Antas nunca devia ser o artigo principal, NMO, pois o próprio nome inclui, recursivamente, o prefixo "rio" (embora alterado). -- Nuno Tavares 16:45, 24 Mai 2005 (UTC)
  • Primeiro é preciso saber direito o que é um ribeirão, uma ribeira, uma ria, um rio. Rio Ribeirão não soa lá muito bem! Nem o Rio Riacho LOL. Isso é verdade. As pessoas locais têm tendencia a usar apenas o nome do rio. Tejo, sado, douro, amazonas, etc. Mas acho que deve ser rio amazonas, rio tejo, rio douro, etc. Para o projecto hidiografia acho que devemos ter uma tabela com a serra ou o sitio onde nasce e a cidade, vila, etc. que fica na foz, além da extensão do rio. E, se calhar no artigo deve ter o nome do rio nas linguas dos paises em que é comum. Logo o Tejo deve ter uma parte em que diz: O Douro toma o nome de Duero em Espanha. -Pedro 18:55, 24 Mai 2005 (UTC)
Definições: Um "Lajeado" é um arroio ou regato cujo leito é de rocha (segundo o Aurélio). "Sanga" é um "pequeno regato que seca facilmente" (também segundo o Aurélio). Já "Ribeirão", logicamente, é um ribeiro grande ;-). Ora, se ribeiro é um pequeno rio (é?) então "ribeirão" é um "pequeno rio, grande", hehehe! Ribeirão (também segundo o Aurélio): "menor que um rio, maior que um regato"... E mais um sinônimo: "Ribeira": rio pouco largo e profundo... Cesarious 19:17, 24 Mai 2005 (UTC)
  • nova opinião: todos devem ter o nome Rio, excepto aqueles que tem um nome historico hidiografico no proprio nome: Rio Riacho e Rio Ribeirão porque simplesmente soam muito mal - é chover no molhado!
  • Rio Ribeirão das Antas deve ser um redirect para Ribeirão das Antas. -Pedro 19:00, 24 Mai 2005 (UTC)
Em primeiro lugar acho que esta é outra questão e não um "exemplo porque é que esta convenção é pouco funcional", como disse o Nuno. Ela existiria independentemente. Veja-se, por exemplo: Ribeirão Preto, que é uma cidade importante de São Paulo, como tantas outras pelo Brasil a fora, que tomam a si o nome dos rios que as banham. Em segundo, quero apoiar a idéia do Gervásio quanto à nomenclatura e dizer que não vejo em que ela possa ferir as convenções da wikipedia. Acho que para cada caso há que se encontrar a solução mais adequada e não a burocrática (vide Categoria:Papas). -- Clara C. 19:21, 24 Mai 2005 (UTC)
No caso de Ribeirão Preto, acho que o correto seria Ribeirão Preto (já que a cidade é mais conhecida que o ribeirão) e, para o curso fluvial, Ribeirão Preto e não Rio Ribeirão Preto (que, respeitosamente, me dói nos ouvidos e na vista :-). --Patrick msg 13:04, 25 Mai 2005 (UTC)
Bem, acho que certos rios têm que ser chamados pelo puro nome. Como o exemplo já citado, o Reno. ou ainda o Tejo... O Nilo, o Paraíba do Sul... Em alguns caso vai caber a desambiguação. Tem que se assim por causa do usuário que está a buscar algum deles pelo simples nome, certo? Em outros casos (Doce, ou Negro, ou Preto, ou Verde, ou Amarelo, por exemplo) não faz sentido (não?)... Tem mais: Quando chegarmos nos artigos sobre as Cachoeiras, como ficarão as Cascatas, as Cataratas, os Saltos, as Quedas, etc? O Tietê tem o Salto de Avanhandava e o Salto de Itapura. No Rio Grande do Sul temos a Cascata do Caracol (com 131m de queda), a Cascata do Porongo e a Cascata do Chuvisqueiro (com 70m) Não vamos chamar a estes "Cachoeira Salto do Avanhandava" ou Cachoeira Cascata do Caracol", não? LOL Cesarious 20:09, 24 Mai 2005 (UTC)

Patrick, Cesarious, é isso mesmo. 217.129.161.13 13:28, 25 Mai 2005 (UTC)

Obviamente, eu era esse anónimo aí :) -- Nuno Tavares 14:11, 25 Mai 2005 (UTC)

Separar as discussões[editar código-fonte]

Pessoal, Acho que se faz necessário separar as duas discussões. Entendo que nomear os rios no formato Rio XXX não implica necessariamente chamar o Ribeirão das Antas de Rio Ribeirão das Antas. Como o próprio Cesarious explicou acima, "ribeirão é um pequeno rio grande" (risos) e, portanto, não deixa de ser um rio. Na minha opinião, ele deveria ser nomeado Ribeirão das Antas mesmo. O importante é que ele seja categorizado na Categoria:Rios. E se qualquer Ribeirão tiver que ser desambiguado, como Ribeirão Preto, será, da mesma forma como Rio Claro.

Ou seja, sugiro que não se utilize a crítica à denominações do tipo Rio Ribeirão (com a qual concordo) para justificar que Rio Reno deva estar na página Reno, quando Reno pode ser um redirect para Rio Reno, como agora é. -- Clara C. 13:20, 25 Mai 2005 (UTC)

Voto de confiança no pessoal da hidrografia[editar código-fonte]

Essa questão dos rios é de longe uma das mais complicadas da nossa nomenclatura dos artigos. Eu acho que o pessoal da hidrografia está trabalhando muito bem. Como eu já disse acima, eu prefiro que fique Reno ao invés de rio Reno. Contudo, se vocês acham que o melhor é por "rio" em todos (exceto os "rios ribeirões"), eu concordo e os apóio. --E2m 02:08, 26 Mai 2005 (UTC)
PS. Não esqueçam dos redirecionamentos! (Os do tipos: [______] -> [Rio _______].) --E2m 02:10, 26 Mai 2005 (UTC)
Beleza E2m! É assim que se fala! Pode até ser que, dando votos de confiança, a wikipédia não fique tão "perfeita" como cada um de nós pensa que ela poderia ser. Mas, ao mesmo tempo, é um paradoxo, porque ela só existe em função destes votos. Um wikipedista apenas não faz a wikipédia, como uma andorinha só não faz verão. -- Clara C. 02:17, 26 Mai 2005 (UTC)

Faço minhas as palavras do E2m. Não era minha intenção cancelar o esforço deste projecto, apenas discutir a hipótese de algo que, não só para mim, tem mais lógica. Mas o projecto existe com o intuito de coordenar e, obviamente, deverá ser respeitado. Mas os redirects, amigos, os redirects.... :))) -- Nuno Tavares 18:36, 26 Mai 2005 (UTC)

Nuno, como podes ver na discussão que transcrevi na tua página, essa preocupação já existia antes desta discussão ser inaugurada. Lá eu perguntava se os bots poderiam ajudar de alguma forma na criação dos redirects para as páginas já criadas (no Brasil). Fora do Brasil, eu acreditava já ter feito todos, manualmente. Quanto às páginas que serão criadas de agora em diante, acho que deveria haver uma sistemática de, inicialmente, criar a página sem a palavra Rio (o que faz achar desambiguações) e depois movê-la. -- Clara C. 18:45, 26 Mai 2005 (UTC)
No parágrafo final desta resposta foi isso que sugeri. Quanto aos bots não é possível, pelo menos que eu saiba. Bom trabalho, então. -- Nuno Tavares 18:57, 26 Mai 2005 (UTC)
É isso! Só estava reforçando... :))) -- Clara C. 19:07, 26 Mai 2005 (UTC)
Ok! Criar então sem o "Rio" na frente e se já tiver artigo aí então desambiguar. Certo? O que achas Gervásio? Cesarious 21:17, 26 Mai 2005 (UTC)
E mover para "com Rio na frente" depois, se bem entendido... -- Clara C. 21:25, 26 Mai 2005 (UTC)

Sugestão de desambiguação[editar código-fonte]

Para não termos aqueles [Ribeirão Negro (rio)] ou [Rio _______ (rio)], eu sugiro que vocês usem [Rio _________ (hidrografia)] (ou [Rio _________ (hidrografia do Brasil)], que é mais auto-explicativo. --E2m 02:08, 26 Mai 2005 (UTC)

Oficializando[editar código-fonte]

Queiram adicionar as vossas conclusões e determinações em (ou numa subpágina) Wikipedia:Convenção de nomenclatura. Bom trabalho! -- Nuno Tavares 04:54, 27 Mai 2005 (UTC)

Nomenclatura de Artigos da Hidrografia[editar código-fonte]

Bem, antes que me acusem de omissão por não ter não postado mais nada nesta página desde o dia 24, explico, como já havia dito à Clara C., que não postei mais nada de propósito. Embora estivesse monitorando cada novo post da página, resolvi deixar a discussão rolar livre por uns dias pelo bem do debate. Bem, de posse de tudo o que foi postado, agradeço a todos pela atenção em ver o melhor para o Projeto Hidrografia da Wikipédia. Em última instância, é isso que queremos, não?

O E2m disse: "essa questão dos rios é de longe uma das mais complicadas da nossa nomenclatura dos artigos". Bem, não participei do debate da definição de outras nomenclaturas, mas estou tentando ser, antes de tudo, lógico, ter um critério ÚNICO e ao mesmo tempo SIMPLES para a nortear todo o projeto. Quero é descomplicar, para facilitar que qualquer wikipediano que se integre ao Projeto Hidrografia possa rapidamente tomar ciência de como as coisas funcionam para que também rapidamente possa colocar mãos na massa.

Quanto aos redirects e quanto as páginas de desambiguação, é claro que sabemos que elas são mesmo necessárias, tanto que já estávamos fazendo isso. A Clara C. já fez esta adequação à mão nos rios fora do Brasil e com um pouco de esforço, faremos o mesmo nos rios e demais acidentes geográficos já catalogados do Brasil.

Deixa ver se entendi bem, do que falou-se aqui, que critério temos de adotar daqui para frente na nomenclatura dos artigos de hidrografia:

  • Criar sempre que possível o artigo com o nome do acidente geográfico sem a palavra que o caracteriza (rio, ilha, lagoa, lago, golfo, usina, barragem, cascata, salto, cachoeira, etc.). Imediatamente após a criação da página, mover a mesma para Rio "____", Ilha "____", Lagoa "____", etc., adequando os artigos dentro do proposto para a nomenclatura dos artigos do Projeto Hidrografia (com isto fica o redirect correto). Exemplo hipotético: criar o artigo com nome Coxeira e mover o mesmo para Rio Coxeira;
  • Quando não for possível criar o nome do rio só com o nome do acidente geográfico, criar direto com o nome Rio "____", Ilha "____", Lagoa "____", etc., mas é obrigatório a desambiguação do termo mãe. Exemplo hipotético: no caso de Amanduá, se já existe a página, criar direto artigo Rio Amanduá. Se não existir a página Amanduá (desambiguação), criar a mesma e inserir link para o artigo mãe e para o artigo Rio Amanduá nela;
Comentário:
  • Nem sempre me parece necessário criar a página "_____ (desambiguação)". No exemplo hipotético, a página Amanduá pode receber a predef {minidesambig|o rio de mesmo nome|Rio Amanduá}. -- Clara C. 20:37, 27 Mai 2005 (UTC)
  • Casos em que o acidente geográfico chama-se Ribeirão (que sob o ponto de vista geográfico é considerado um pequeno rio), manter o acidente geográfico com o nome em que é mais conhecido, no exemplo que o Cesário deu, Ribeirão das Antas, mas fazer um redirect de Rio Ribeirão das Antas para Ribeirão das Antas (estive pesquisando e constatei que, por exemplo, em São Paulo temos praticamente mais ribeirões do que rios!); exemplo hipotético: criar a página Ribeirão das Flores e depois criar a página Rio Ribeirão das Flores fazendo neste último um redirect para Ribeirão das Flores;
Comentário: se ribeirão não é o mesmo que rio, não será incorrecto adicionar "rio" ao nome (ainda que redirect) ? -- Nuno Tavares 23:23, 27 Mai 2005 (UTC)
  • Quando o acidente geográfico for um Lajeado, Arroio, Regato ou Sanga, bem, na minha ótica podem ser deixados para trás, pelo menos neste momento, acho que estaríamos exagerando no esmiuçamento analítico da hidrografia, mas se for o caso de catalogar, temos que criar uma categoria nova que abarque em si estes 4 tipos de acidentes geográficos, mas notem que o volume de trabalho seria gigantesco se formos compilar dados sobre Lajeados, Arroios, Regatos e Sangas.
  • Quando for preciso desambiguar o nome do rio por existir dois ou mais rios com o mesmo nome, exemplo hipotético Rio Canastra, usar o nome do Estado onde ele nasce dentro do parêntesis, que é o que já estamos utilizando desde o início: Rio Canastra (rio de São Paulo), Rio Canastra (rio da Bahia).
Comentário: não basta apenas Rio Canastra (rio) ? Ou então Rio Canastra (São Paulo) ? -- Nuno Tavares 23:23, 27 Mai 2005 (UTC)
  • Adicionado No caso das moções dos artigos já existentes, convém corrigir os afluentes. Se um dia o termo mãe tiver que ser desambiguado já vai o trabalho feito; exemplifica claramente ao leitor que "artigos sobre rios levam o prefixo"; por fim, redirects implicam duas consultas na base dados, pelo que estaremos optimizando também a própria navegação (e servidores). Aqui o bot talvez possa dar uma ajuda, vou investigar. Nota: este é o procedimento para qualquer artigo, mas convém salientar :) -- Nuno Tavares 23:23, 27 Mai 2005 (UTC)

Dêem uma lida nestes tópicos acima e vejam se tudo está de acordo e se não esqueci nada. Depois disso, postarei o que definirmos na página Wikipedia:Convenção de nomenclatura.

Gervásio Santana de Freitas 18:41, 27 Mai 2005 (UTC)

Uma nova questão[editar código-fonte]

Como ficam as categorias dos rios que atravessam fronteiras? Encontrei duas formas de categorizar:

  1. Rio Douro - categorizado simultaneamente em rios da Espanha e em rios de Portugal.
  2. Rio Niágara - categorizado em rios da América do Norte e não categorizado nem em rios dos Estados Unidos da América, nem em rios do Canadá.

O que acham? -- Clara C. 00:20, 28 Mai 2005 (UTC)

Clara C., acho que não podemos ter dois pesos e duas medidas, sempre que possível temos que passar a régua com um só critério. Da mesma forma que rio Uruguai é rio do Brasil, da Argentina e do Uruguai, assim acho que temos de proceder sempre, para ilhas, lagoas, lagos, etc. Se adotarmos o critério que você sugere para Rio Niágara, como rio da América do Norte, teríamos que adotar no outro lado, rios da Europa e, sinceramente, acho que não ficaria bem. No exemplo que você deu, me crê que seja mais coerente categorizarmos o rio deve em rios dos EUA e também em rios do Canadá, simultaneamente. Gervásio Santana de Freitas 01:33, 28 Mai 2005 (UTC)
Epa, não sugeri nada! Encontrei as coisas desta forma, apenas... -- Clara C. 01:53, 28 Mai 2005 (UTC)

E então? Em todos os rios, lagos e lagoas que encontrei, exceto Brasil, já criei os redirects ou desambiguações necessárias e recategorizei pelos países. Quando atacamos o Brasil? Por qual lado? :)) -- Clara C. 18:01, 1 Jun 2005 (UTC) Ei! Porque querem atacar o Brasil??? É um país pacífico! Huahuhau! LOL! ;-)Cesarious 01:22, 2 Jun 2005 (UTC)

Bem, acredito que caberia mais uma categoria: a de rios internacionais, não? Sugiro isto ainda sem saber direito como funcionam os BDs da WP: A quantidade de rios do BD contabiliza os rios um por um por país? Existe esta contabilização? Caso exista, pode ocorrer uma contagem errada pelo fato do rio estar categorizado tanto como "rio dos Estados Unidos" quanto como "rio do Canadá"? Mais, só uma observação: evito usar o termo América do Norte para os Estados Unidos da América do Norte... Já chega eles se acharem "a América"... Imaginem se um dia o sonho de alguns se realizar e forem criados os Estados Unidos da América do Sul? Vai ser uma muvuca! Cesarious 01:22, 2 Jun 2005 (UTC)

Nomenclatura de Artigos da Hidrografia[editar código-fonte]

Aos amigos que participaram desta discussão e ajudaram a nortear os rumos do debate, postei o que aqui decidimos e que nos pareceu mais acertado na página Wikipedia:Convenção de nomenclatura/Rios. Dêem uma olhada lá e, se ainda houver comentários ou divergências, o façam aqui nesta página que, se necessário, torno eu lá na página da nomenclatura e adeqüo o que for preciso. Clara C., Nuno e demais amigos, preciso contar com ajuda de todos, vamos iniciar esta adequação pelos rios? Se sim, por ordem alfabética do nome dos Estados, iniciemos a adequação. O primeiro Estado é meu, estou já trabalhando nos rios do Acre. Gervásio Santana de Freitas 17:55, 4 Jun 2005 (UTC)

Olá, Gervásio! Estou disposto a ajudar, mas não coloquei meu nome ainda ao lado dos Estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul porque não sei em que velocidade vou fazer a coisa... Disposição há. Quanto às condições (tempo, saúde, etc.) é que não posso falar... Cesarious 02:45, 5 Jun 2005 (UTC)

Organizando o trabalho[editar código-fonte]

Se for ajudar, poste o seu nome ao lado do Estado que for adequar.

A questão dos portos...[editar código-fonte]

Ainda nem acabamos de resolver a da nomenclatura dos rios e já lanço outra questão... Sou chato, não? :-( Bem é que notei que vários portos caíram no "P" na: http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Portos_do_Brasil... Será que não deveríamos usar algo assim como nos rios? Ficaria assim Santos (porto), Imbituba (porto), Itajaí (porto), Valparaíso (porto)...? Isto embora na Lista de portos de Portugal seja diferente..: Porto de Sines, etc. Cesarious 11:29, 8 Jun 2005 (UTC)

Curioso que tem Vitória (Porto) em Portugal! He, he, he! Mas é Porto, com maiúscula... Cesarious 11:29, 8 Jun 2005 (UTC)
Sobre os portos - Cesário, não se trata de ser chato, não pense assim. Tua questão é importante, mas simplíssima de resolver, vou te dar uma dica: a ordem alfabética nas categorias, quaisquer que sejam elas, se resolve colocando após a categoria um pipe e o nome que a gente deseja em cuja letra fique aparente. Já consertei os portos do Brasil, edite um deles, por exemplo o artigo Porto do Itaqui e veja como ficou embaixo, a categoria: Itaqui, assim ele classifica automaticamente na letra I=Itaqui e não em P=Porto. Quanto ao artigo Vitória (Porto), observa bem que a letra maiúscula em Porto é porque o artigo em questão refere-se a Porto e não a Porto (transporte). Aqui por bom senso vale a mesma regra da nomenclatura dos rios. Cria o artigo do porto com o nome "____", logo a seguir move ele para "Porto ____". Caso já exista o artigo "____", utilize as predefinições desambiguação ou minidesambiguação, de acordo com o caso. Boas contribuições, Gervásio Santana de Freitas 14:11, 8 Jun 2005 (UTC)

Rios internacionais[editar código-fonte]

Desculpem, cruzei-me com vários nesta situação... não serão o mesmo rio? -- Nuno Tavares 11:47, 12 Jun 2005 (UTC)

Não são o mesmo rio, referem-se a objetos diferentes. Gervásio Santana de Freitas 14:34, 13 Jun 2005 (UTC)

Ilhas[editar código-fonte]

Olá, notei que mais este projeto é mais um que se liga com o projeto Wikipedia:Projetos/Ilhabela. Pois Ilhabela é uma das Ilhas.. então a parte geográfica entra neste projeto, o que acho bastante interessante. Gostaria de pedir que vissem este projeto, e opinar, e talvez participar também. Vou tentar ajudar neste como puder. Abraço. --Gabrielt4e 22:52, 8 Janeiro 2006 (UTC)

Categorias[editar código-fonte]

Não seria mais produtivo se ao invés de criar artigos "Lista de Lagoas do Rio de Janeiro", "Lista de Lagoas do Rio grande do sul" etc. Organizarmos os artigos em categorias: Categoria: Lagoas do Brasil subcategoria: Lagoas do Rio de Janeiro

Ao criar um novo artigo bastaríamos referenciar a categoria que automaticamente ele seria listado da página da categoria. Ao invés de editar a página de "Lista de Lagoas do Rio de Janeiro" e inserir o link manualmente.

Exemplo: Lagoa de Araruama [categoria:Lagoas do Brasil|Araruama] [categoria:Lagoas do Rio de Janeiro|Araruama]

Predefinição:Infobox/Rio[editar código-fonte]

Oi hidrógrafos! Sinto falta de uma infobox Rio, como a que existe em inglês: en:Template:Infobox River. Quem quer criar? Já agora, faltam alguma coisas na caixa, como os nomes alternativos que o rio pode ter -- caso do Amazonas, aliás caso de praticamente todos os rios internacionais. -- Tintazul msgÁfrica 15:32, 1 Julho 2006 (UTC)

Ligação com Wikipedia:Projetos/África/Geografia[editar código-fonte]

Oi novamente! Gostava de debater a ligação do Projeto Hidrografia com o sub-projecto Geografia de África. Já criei secções para ilhas, lagos e reservatórios, e rios. -- Tintazul msgÁfrica 15:34, 1 Julho 2006 (UTC)

Questão dos nomes: para além das nomenclaturas[editar código-fonte]

Olá a todos. Apenas agora passo a me inteirar deste projeto e gostaria de inicialmente parabenizá-los a todos pelo esforço. Desde logo, desejaria todavia levantar uma questão, não com o intuito de simplesmente polemizar mas agregar à iniciativa.

É desnecessário aferir a quantidade de rios, lagos, ribeirões, ilhas e afins no Brasil com nomes de origem indígena. Acredito que se faça necessária a observação do Acordo Ortográfico de 1943, que dispõe das grafias de tais termos e que, de acordo com a onomástica, deve ser observado em topônimos. Sabemos que o Brasil não cumpriu totalmente sua parte no Acordo, firmado entre a Academia Brasileira de Letras e a Academia de Ciências de Lisboa, não atualizando no todo o registro de seus topônimos em mapas, livros e estudos.

Diferentemente de divisões administrativas como municípios e Estados, porém, as grafias de tais elementos geográficos não está prevista em lei, ainda que seja corrente em mapas e afins.

Rogo-lhes para termos isso em mente ao criarmos artigos como Rio Taiaçupeba, Rio Potenji e Rio Gongoji. O acordo prevê que palavras com som GE e GI sejam grafadas com J, palavras com som SS sejam grafadas com Ç e acento agudo no I apenas quando oxítona terminada em hiato, entre outros. Mesmo que não sejam formas tão populares, percebam que é essa a norma, e não há nenhum dispositivo legal que diga o contrário. Desde já agradeço vossa atenção. --Tonyjeff ¿Uíqui-o-quê? 10:38, 13 Novembro 2006 (UTC)

  • Isso parece ser uma regra/tradição tal como existe com "x" (para palavras de origem árabe) e "ch" para as restantes. Já reparei que existe essa regra (ou tradição) no uso do "ç" para palavras de origem tupi. --Pedro 09:55, 15 Novembro 2006 (UTC)
Exatamente Pedro. Essa regra existe e está de acordo com as regras vigentes no português do Brasil, mas é pouco observada por motivos diversos - nenhum que justifique. O fato de, por exemplo, estar grafado errado em mapas não significa que assim seja o correto ou mesmo o oficial. Existem também regras para palavras de origem japonesa, russa, grega... O ideal é sempre utilizar das normas formais na enciclopédia. Abraços. --Tonyjeff ¿Uíqui-o-quê? 01:46, 16 Novembro 2006 (UTC)

E a América do Norte?[editar código-fonte]

Na descrição do projeto está "Um mega trabalho que visa a compilar informações geográficas do tema hidrografia (...) da América do Norte", porém não achei nenhum grupo referente à mesma. Taikanatur msg 03h04min de 10 de julho de 2009 (UTC)

Escala comum de qualidade[editar código-fonte]

Está em discussão na esplanada uma proposta para unificar os critérios de avaliações de artigos no âmbito dos WikiProjectos e da Wikipedia:Versão 1.0. Se este WikiProjecto tiver interesse em participar na discussão, por favor façam ouvir-se aqui. Obrigado, GoeBOThe (discussão) 10h35min de 14 de dezembro de 2009 (UTC)

Delta do Rio Mekong[editar código-fonte]

Este artigo foi marcado, nas discussão do mesmo Discussão:Delta do Rio Mekong, recentemente por um bot, como parte do projeto Hidrografia, mas, na verdade, o artigo marcado é uma província do Vietname chamada Delta do Rio Mekong (em português), ou seja, apesar do rio Mekong existir e de ter um delta o artigo marcado não faz parte do projeto. O problema é que, para o mesmo artigo existem dois sobre o mesmo assunto - Delta do Mekong e Delta do Rio Mekong - e nenhum sobre o Delta em si, logo que proponho que um dos artigos fique Delta do Rio Mekong (província) e o outro Delta do Rio Mekong (rio). Sarilho1 (discussão) 12h33min de 24 de fevereiro de 2012 (UTC)

Linha do Tua[editar código-fonte]

Um bote marcou Linha do Tua como sendo parte do projeto Hidrografia. Acho que foi engano. Este artigo é sobre uma ferrovia, com nome de rio, é certo, ao qual é mais ou menos' paralela, mas pôr no projeto apenas Rio Tua chega bem. -- Tuválkin 09h33min de 21 de maio de 2012 (UTC)

Wikiprojetos 2.0[editar código-fonte]

Caros editores. Face ao declínio dos projetos e ao número cada vez menor de editores ativos, está em discussão na esplanada uma proposta para concentrar os esforços dos editores, agrupando wikiprojetos com temas semelhantes, gerindo os poucos recursos que temos de forma mais sustentável. Gostaria de os convidar a participar na discussão, acreditando que através da união podemos fazer mais e melhor trabalho e mais facilmente cativarmos novos editores. Polyethylen (discussão) 05h56min de 24 de novembro de 2012 (UTC)