Catarata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo artigo sobre quedas de água, veja queda de água.
Catarata
Ampliação de uma catarata observada por lâmpada de fenda
Classificação e recursos externos
CID-10 H25-H26, H28, Q12.0
CID-9 366
DiseasesDB 2179
MedlinePlus 001001
eMedicine article/1210914
MeSH D002386

Catarata é uma opacificação do cristalino do olho que causa diminuição da capacidade visual.[1] Pode afetar um ou ambos os olhos e é frequente desenvolver-se lentamente. Os sintomas podem incluir visão desfocada, diminuição de sensibilidade às cores, halos à volta das luzes, dificuldade em observar luzes brilhantes e dificuldade em ver durante a noite.[1] This may result in trouble driving, reading, or recognizing faces.[2] A diminuição da capacidade visual pode também aumentar o risco de acidentes e depressão.[3] As cataratas são a causa de metade dos casos de cegueira e de um terços dos casos de incapacidade visual em todo o mundo.[4][5]

As cataratas são formadas por depósitos de proteínas ou pigmentos amarelados no cristalino, que diminuem a transmissão de luz para a retina na parte de trás do olho. A maior parte dos casos de cataratas deve-se ao envelhecimento da pessoa, mas a doença pode também ter origem em traumas ou exposição à radiação, estar presente desde o nascimento ou ocorrer na sequência de uma cirurgia ocular ou de outros problemas.[1][6] Entre os fatores de risco estão a diabetes, fumar, a exposição prolongada à luz do sol e o consumo de bebidas alcoólicas. O diagnóstico é realizado através de um exame ocular.[1]

As medidas de prevenção incluem o uso de óculos de sol e deixar de fumar. Na fase inicial os sintomas podem ser aliviados com o uso de óculos. Quando os óculos não resultam, o único tratamento eficaz é uma cirurgia para remover o cristalino opaco e substituí-lo por uma lente artificial. A cirurgia só é necessária nos casos em que as cataratas causam problemas.[1] A cirurgia geralmente melhora a qualidade de vida.[7] No entanto, em muitos países não é facilmente acessível, principalmente para mulheres, para pessoas que vivem no meio rural e para pessoas que não conseguem ler.[6][8]

Em todo o mundo há cerca de 20 milhões de pessoas com cegueira provocada por cataratas.[6] A doença é a causa de 5% dos casos de cegueira nos Estados Unidos e de cerca de 60% em partes de África e da América do Sul.[8] A cegueira causada por cataratas afeta entre 10 a 40 em cada 100 000 crianças nos países em vias de desenvolvimento e entre 1 a 4 em cada 100 000 nos países desenvolvidos.[9] As cataratas tornam-se mais comuns com a idade. Nos Estados Unidos, cerca de metade das pessoas com 80 anos apresenta cataratas.[1]

Referências

  1. a b c d e f «Facts About Cataract». September 2009. Consultado em 24 May 2015. 
  2. Allen D, Vasavada A (2006). «Cataract and surgery for cataract». BMJ [S.l.: s.n.] 333 (7559): 128–32. doi:10.1136/bmj.333.7559.128. PMC 1502210. PMID 16840470. 
  3. Gimbel, HV; Dardzhikova, AA (January 2011). «Consequences of waiting for cataract surgery.». Current Opinion in Ophthalmology [S.l.: s.n.] 22 (1): 28–30. doi:10.1097/icu.0b013e328341425d. PMID 21076306. 
  4. «Visual impairment and blindness Fact Sheet N°282». August 2014. Consultado em 23 May 2015. 
  5. GLOBAL DATA ON VISUAL IMPAIRMENTS 2010 (PDF) WHO [S.l.] 2012. p. 6. 
  6. a b c «Priority eye diseases». Consultado em 24 May 2015. 
  7. Lamoureux, EL; Fenwick, E; Pesudovs, K; Tan, D (January 2011). «The impact of cataract surgery on quality of life.». Current Opinion in Ophthalmology [S.l.: s.n.] 22 (1): 19–27. doi:10.1097/icu.0b013e3283414284. PMID 21088580. 
  8. a b Rao, GN; Khanna, R; Payal, A (January 2011). «The global burden of cataract.». Current Opinion in Ophthalmology [S.l.: s.n.] 22 (1): 4–9. doi:10.1097/icu.0b013e3283414fc8. PMID 21107260. 
  9. Pandey, Suresh K. (2005). Pediatric cataract surgery techniques, complications, and management (Philadelphia: Lippincott Williams & Wilkins). p. 20. ISBN 9780781743075.