Wymysorys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wymysorys (Wymysöryś)
Falado em: Polónia
Região: Wilamowice
Total de falantes: 70-100
Família: Indo-europeu
 Germânica
  Ocidental
   Wymysorys
Escrita: Alfabeto latino
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: gem
ISO 639-3: wym

Wymysorys (Wymysöryś, lê-se vemesores) é uma língua germânica falada na pequena localidade de Wilamowice (Wymysoj em wymysorys), situada na Silésia e Pequena Polónia, perto Bielsko-Biała. A sua origem parece derivar-se do alemão central do século XII, com uma forte influência do plattdüütsch, neerlandês, frísio, polaco e inglês antigo.

É considerada uma língua em perigo de extinção. Os falantes são cerca de 70 a 100 pessoas, nativos de Wymysorys, todos virtualmente bilíngues, a maioria idosos.

História[editar | editar código-fonte]

Na origem, Wymysorys parece derivar do alto-alemão médio do século XII, com uma forte influência do baixo-alemão, do neerlandês, polonês, inglês antigo e Frísio. [1] Considera-se que os habitantes de Wilamowice são descendentes dos colonos do Reino da Germânia, Flandres e [[Escócia que chegaram à Polônia durante o século XIII. No entanto, os habitantes de Wilamowice sempre negaram quaisquer conexões com a Alemanha e proclamaram suas origens flamengas (Flandres).[2] Embora relacionado ao alemão, Wymysorys não tem inteligibilidade mútua com o alemão padrão (também é o caso da maioria dos outros dialetos alemães.[3]

Wymysorys foi a língua vernácula de Wilamowice até 1939-1945. No entanto, parece que está em declínio desde o final do século XIX9. Em 1880, 92% dos habitantes da cidade falavam Wymysorys (1525 de 1662), em 1890 - apenas 72%, em 1900 - 67%, em 1910 - 73% novamente.[4] Embora Wymysorys tenha sido ensinado em escolas locais (sob o nome de "variedade local de alemão"), desde 1875, a linguagem básica de instrução na maioria das escolas da Austro-Húngaro Galícia (Europa Central) (Áustria-Hungria) era o Polonês.[4] Durante Segunda Guerra Mundial, na Ocupação alemã da Polônia, o Wymysorys foi abertamente promovido pela administração nazista, mas depois da guerra houve a virada de mesa; autoridades comunistas proibiram o uso de Wymysorys em qualquer forma.[4] O bilinguismo generalizado do povo salvou a maioria dos residentes locais de serem expulsos da Polônia durante e depois da Segunda Guerra Mundial e depois serems reassentados para a Alemanha. Muitos deles pararam de ensinar a seus filhos oidioma ou até mesmo usá-lo diariamente.[5] Embora a proibição tenha acabado eme 1956, o Wymysorys foi gradualmente substituído pelo polonês, especialmente entre a geração mais nova.

Atuando sob proposta da Tymoteusz Król, a Biblioteca do Congresso adicionou a linguagem Wymysorys ao registro de idiomas em 18 de julho de 2007.[6] Também foi registrado na ISO, onde recebeu o código wym ISO 639-3. Em um relatório UNESCO de 2009, Wymysorys foi relatado como língua "gravemente ameaçada" e quase extinta. [6]

Wymysorys era o idioma da poesia de Florian Biesik, durante o século XIX.

Alfabeto[editar | editar código-fonte]

O Alfabeto Wymysorys é composto de 34 letras.

a ao b c ć d e f g h i j k ł l m n ń o ö p q r s ś t u ü v w y z ź ż
A AO B C Ć D E F G H I J K Ł L M N Ń O Ö P Q R S Ś T U Ü V W Y Z Ź Ż

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Wymysorys Alemão Holandês Inglês Português
ałan allein alleen alone sozinho
ana, an und en and e
bryk Brücke brug bridge ponte
duł dumm dom dull aborrecido
fuylgia hören horen to hear ouvir
ganc ganz gans entirely totalmente
gyrycht Gericht gerecht court tribunal
dyr hymół Himmel hemel heaven céu
łove Liebe liefde love amor
a mikieła ein bisschen een beetje a bit um pouco
müter Mutter moeder mother mãe
myttółt Mitte middel middle meio
nimanda niemand niemand no one (no man) ninguém
ny nein nee no não
ödum Atem adem breath fôlego
olifant Elefant olifant elephant elefante
öwyt Abend avond evening anoitecer
śraeiwa schreiben schrijven to write escrever
syster Schwester zuster sister irmã
śtaen Stein steen stone pedra
trynkia trinken drinken to drink beber
uöbroz Bild beeld picture imagem
wełt Welt wereld world mundo
wynter Winter winter winter inverno
zyłwer Silber zilver silver prata
zyjwa sieben zeven seven sete
sgiöekumt wilkommen welkom welcome bem-vindo

Textos[editar | editar código-fonte]

Pai Nosso em Wymysorys

Ynzer Foter, dü byst ym hymuł,

Daj noma zuł zajn gywajt;

Daj Kyngrajch zuł dö kuma;

Daj wyła zuł zajn ym hymuł an uf der aot;

dos ynzer gywynłichys brut gao yns haojt;

an fercaj yns ynzer siułda,

wi wir aoj fercajn y ynzyn siułdigia;

ny łat yns cyn zynda;

zunder kaonst yns reta fum nistgüta.

[Do Dajs ej z Kyngrajch an dy maocht, ans łaowa uf inda.]

Amen

Outro texto

Uma canção de ninar em Wymysorys:

Śłöf maj buwła fest! Skumma fremdy gest, Skumma muma ana fettyn, Z' brennia nysła ana epułn,

Śłöf maj Jasiu fest!

Português

Durma, meu filho, profundamente! Convidados estrangeiros estão chegando, Vozes e tios estão chegando, Trazendo nozes e maçãs, Durma, meu Johnny, profundamente!

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.academia.edu/8290384/Some_Considerations_on_the_Origins_of_Wymysorys
  2. http://www.fil.wilamowice.pl/upload/file/PDF/knack2002.pdf Knack, issue 31, 2002
  3. Wicherkiewicz, op.cit., p.15
  4. a b c Wicherkiewicz, op.cit., p.10
  5. Wicherkiewicz, op.cit., p.12
  6. a b Darek Golik (2010). Wymysiöeryś – jeszcze mowa nie zginęła [Wymysiöeryś - the language has not yet perished] (em polaco). Warsaw: Agencja Fotograficzna Fotorzepa, Rzeczpospolita. Em cena em 7:25 

Leituras adicionais[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]