S

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
S
Alfabeto latino básico
  Aa Bb Cc Dd  
Ee Ff Gg Hh Ii Jj
Kk Ll Mm Nn Oo Pp
Qq Rr Ss Tt Uu Vv
  Ww Xx Yy Zz  

A letra S (ésse) é a décima nona letra do alfabeto latino.

História[editar | editar código-fonte]

Na escrita egípcia o S era representado pelo desenho de uma espada. Entre os fenícios recebeu o nome de shin que significava dente. Dos gregos recebeu o nome de sigma (Σ σ) e adquiriu um novo formato que preservava apenas o desenho em ziguezague do seu ancestral fenício. Foi com os romanos que o S ganhou sua forma atual.

Fonética e códigos[editar | editar código-fonte]

Representações alternativas de S
Alfabeto radiotelefónico Código Morse
Sierra ···
ICS Sierra.svg Semaphore Sierra.svg S
Código internacional de sinais Telégrafo óptico Braille

Na língua portuguesa, a letra S, quando inicia palavra, tem o som consonantal fricativo alveolar surdo (representado pelo símbolo [s] no Alfabeto Fonético Internacional); no norte de Portugal, o som ápico-alveolar surdo ([s̺]). Quando se localiza entre duas vogais, tem sempre o valor da sonora [z] ([z̺] no norte de Portugal) (como, por exemplo, nos vocábulos coisa, faisão, mausoléu, lousa, Neusa, Brasil, Sousa, cheiroso, manhoso, gasoso, etc.) Para que o S entre vogais seja lido com o som /s/, deve-se grafar ss (como, por exemplo, nos vocábulos assassino, ecossistema, sessão, assimilar, assinar, etc.). Na pronúncia normal de Portugal, do Rio de Janeiro e de largas faixas do Norte e do Nordeste do Brasil, quando essa letra se encontrar no final da sílaba, isto é, entre uma vogal e uma consoante, ou depois da última vogal da palavra (como nos vocábulos és, este, bruxas, cuscuz, isto, ás, haste), representa o fonema [ʃ] (que é o som inicial da palavra ). No Sul e Sudeste do Brasil, assim como em largas faixas do Centro-Oeste, o S em final de sílaba tem, via de regra, o mesmo valor que no início.

Tipografia[editar | editar código-fonte]

Derivados de querer: quis, quisesse; derivados de verbo por: pus, pusesse; sufixo ense: canadense, palmeirense; sufixo -isa: papisa, profetisa, poetisa; sufixo -ês/esa: calabrês, milanês, português, camponês, camponesa, portuguesa, japonesa, milanesa. Nas palavras derivadas de outras que possuam s no radical:

  • casa = casinha, casebre, casarão
  • atrás = atrasado, atraso
  • análise = analisar, analisado

Verbos com o encontro consonantal (nd):

  • pretender = pretensão
  • suspender = suspensão
  • expandir = expansão

Significados de S[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons