Xico Sá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Xico Sá
Nascimento 6 de outubro de 1962 (59 anos)
Crato
Cidadania Brasil
Ocupação jornalista, escritor, roteirista
Página oficial
http://xicosa.blogfolha.uol.com.br/

Francisco Reginaldo de Sá Menezes, mais conhecido como Xico Sá (Crato[1], 6 de outubro de 1962), é um jornalista e escritor brasileiro.

É ganhador de importantes prêmios do jornalismo, como Esso, Folha, Abril e Comunique-se.[2][3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tem Reginaldo em seu nome como homenagem de sua mãe ao cantor Reginaldo Rossi[3], de quem era .[4]

Começou a carreira no Recife e foi colunista do jornal Folha de S.Paulo, no qual mantinha um blog diário em seu site até 2014.[5]

Fez parte da bancada do programa esportivo Cartão Verde da TV Cultura, junto com o jornalista Victor Birner, o apresentador Vladir Lemos e o ex-futebolista Sócrates.[6][7]

Integrou também parte da bancada do Saia Justa, programa exibido pelo canal a cabo GNT[8] e capitaneado por Mônica Waldvogel.[9]

Participou do programa Amor e Sexo da Rede Globo.

Faz parte do programa Papo de Segunda, no GNT, com Marcelo Tas, João Vicente de Castro e Leo Jaime, além de contribuir semanalmente com uma coluna na edição brasileira do jornal El Pais.

Desde 2021, tem uma coluna no Diário do Nordeste.[10]

Desde maio de 2022 é comentarista e apresentador eventual do programa jornalístico independente ICL Notícias, dividiu a bancada com a jornalista Vivian Mesquita e com o economista Eduardo Moreira.[11][12]

Obras[editar | editar código-fonte]

Literatura[editar | editar código-fonte]

Escreveu os seguintes livros[editar | editar código-fonte]

  • Sertão Japão - Editora Casa de Irene (2018)
  • O Livro das Mulheres Extraordinárias - Editora Três Estrelas (2014)
  • Big Jato -. Companhia das Letras (2012)[13]
  • Chabadabadábadu - Editora Record (2010)[14]
  • Modos de macho & Modinhas de Fêmea - Editora Record (2003)
  • Divina Comédia da Fama - Editora Objetiva (2004)
  • Nova Geografia da Fome - Editora Tempo d'Imagem
  • Paixão Roxa - Editora Pirata
  • Catecismo de Devoções, Intimidades & Pornografias - Editora do Bispo
  • Se um Cão Vadio aos Pés de uma Mulher-abismo - Editora Fina Flor
  • Caballeros Solitários Rumo ao Sol Poente - Editora do Bispo
  • La Mujer És un Gluebo da Muerte - Editora Yiyi Jambo, Paraguay
  • Tripa de Cadela & Outras Fábulas Bêbadas (contos) - Editora Dulcineia Catadora.
  • A falta: Memórias de um goleiro - Tusquets editores (2022)[15]

Participou como co-escritor[editar | editar código-fonte]

  • Essa História Está Diferente - Editora Companhia das Letras
  • Boa Companhia (Crônicas) - Editora Companhia das Letras
  • Cem Menores Contos do Século - Ateliê Editorial
  • Dentro de um Livro - Editora Casa da Palavra
  • Blônicas, Crônicas de Blog - Editora Jabuticaba
  • As melhores crônicas do século - Editora Objetiva
  • Antologia bêbada - Edição Ciência do Acidente/Mercearia São Pedro
  • Carta para você - Editora Alfaguara
  • Desacordo Ortográfico - Não Editora
  • Tempo Bom (contos) - Editora Iluminuras

Música[editar | editar código-fonte]

É parceiro musical do grupo Mundo Livre S/A. Nos anos 2000 participou do clipe da música "Tenho", do cantor Sidney Magal.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Xico Sá - Grupo Companhia das Letras». www.companhiadasletras.com.br. Consultado em 8 de julho de 2022 
  2. «Xico Sá, Autor em Metrópoles». Metrópoles. Consultado em 8 de julho de 2022 
  3. a b «Xico Sá | EDITORAS.COM». Consultado em 9 de julho de 2022 
  4. Revista Trip
  5. «Xico Sá - Modos de macho, modinhas de fêmea & outros chabadabadás - Folha de S.Paulo - Blogs». Xico Sá - Folha de S.Paulo - Blogs. Consultado em 8 de julho de 2022 
  6. TV Cultura
  7. «Xico Sá relembra Sócrates: 'Naquela mesa está faltando Ele e a Democracia Brasileira sente muito'». Lance!. Consultado em 8 de julho de 2022 
  8. «Xico Sá - Modos de macho, modinhas de fêmea & outros chabadabadás - Folha de S.Paulo - Blogs». Xico Sá - Folha de S.Paulo - Blogs. Consultado em 8 de julho de 2022 
  9. Site do GNT
  10. «Xico Sá». Diário do Nordeste. Consultado em 8 de julho de 2022 
  11. «ICL lança programa de notícias no YouTube». APCEF/SP. 12 de maio de 2022. Consultado em 10 de junho de 2022 
  12. «ICL lança programa de notícias no Youtube | Fenae Portal». www.fenae.org.br. Consultado em 10 de junho de 2022 
  13. «Big jato - Xico Sá - Grupo Companhia das Letras». www.companhiadasletras.com.br. Consultado em 8 de julho de 2022 
  14. Revista TPM
  15. «Com inspiração na Bahia, Xico Sá lança romance que junta futebol e literatura em junho - Metro 1». Com inspiração na Bahia, Xico Sá lança romance que junta futebol e literatura em junho - Metro 1. Consultado em 10 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.