Yair Lapid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Yair Lapid
14º Primeiro-ministro de Israel
Período 1 de julho de 2022 – presente
Presidente(s) Isaac Herzog
Antecessor(a) Naftali Bennett
Primeiro-ministro Alternativo de Israel
Período 13 de junho de 2021 – 30 de junho de 2022
Primeiro-ministro Naftali Bennett
Sucessor(a) Naftali Bennett
Ministro de Relações Exteriores
Período 13 de junho de 2021 – presente
Primeiro-ministro Naftali Bennett
Antecessor(a) Gabi Ashkenazi
Líder da Oposição
Período 17 de maio de 2020 – 13 de junho de 2021
Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu
Antecessor(a) Shelly Yachimovich
Sucessor(a) Benjamin Netanyahu
Ministro das Finanças
Período 18 de março de 2013 – 4 de dezembro de 2014
Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu
Antecessor(a) Yuval Steinitz
Sucessor(a) Benjamin Netanyahu
Membro do Knesset
Período 5 de fevereiro de 2015 – presente
Dados pessoais
Nascimento 5 de novembro de 1963 (58 anos)
Tel Aviv
Nacionalidade israelense
Cônjuge Lihi Lapid
Filhos 3
Partido Yesh Atid
Profissão Político e jornalista

Yair Lapid (em hebraico:יאיר לפיד; nasceu em 5 de novembro de 1963, Tel Aviv) é um político, jornalista, ator e escritor israelense que atualmente serve como Primeiro-ministro de Israel. Ele é o filho do político Tommy Lapid e da escritora Shulamit Lapid.[1] Em junho de 2021, ele assumiu a posição de Primeiro-ministro Alternativo numa coalizão com Naftali Bennett, o substituindo no cargo em 2022.[2]

Ele é o fundador e líder do partido político Yesh Atid que apareceu pela primeira vez nas Eleições israelenses de 2013 onde ficou em segundo lugar atrás apenas do partido Likud do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Tornou-se primeiro-ministro de Israel em 1.º de julho de 2022, depois que Bennett anunciou que pediria uma votação para dissolver o Knesset e que deixaria o cargo de primeiro-ministro logo após a votação, permanecendo no cargo até as eleições de 2022.[3]

Carreira no jornalismo e na televisão[editar | editar código-fonte]

Lapid começou sua carreira jornalística como correspondente militar para o Exército israelense de "Ba-Maané" (significa "Em campo"). Ele também escreveu para o jornal do governo "Maariv". Em 1988, foi nomeado diretor do jornal local em Tel Aviv, publicado pelo grupo Yedioth Ahronoth. Em 1991 ele começou a tratar uma coluna semanal de fim de semana antes do Maariv e depois mais tarde foi para Yedioth Ahronoth. O título do livro ("Onde está o dinheiro?"), em seguida, tornou-se o slogan de sua campanha.[4]

Em 1994 começa a participar de um talk-show no primeiro canal de televisão israelense, que vai ao ar toda sexta-feira. Também em 1994, desempenhou um papel no filme israelense The Song of the Siren. Ele já publicou sete livros e escreveu e uma série de televisão chamado War Room transmitido no segundo canal em 2004.[4]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro, 2012 Lapid anuncia sua intenção de abandonar a carreira de jornalista para se dedicar à política. Em 30 de abril de 2012, Lapid fundou oficialmente seu partido, o "Yesh Atid" (em hebraico: יֵשׁ עָתִיד, significa "Há futuro"). Em 18 de março de 2013, Lapid foi nomeado Ministro das Finanças pelo governo de Benjamin Netanyahu.[4]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2013, Lapid ficou em primeiro lugar na lista dos "judeus Mais Influentes do Mundo" pelo jornal israelense The Jerusalem Post.[5]

Referências

  1. Yair Lapid[ligação inativa](em inglês),Página acessada em março de 2015.
  2. «Lapid tells Rivlin: I have succeeded in forming coalition with Bennett». The Jerusalem Post | JPost.com (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2021 
  3. «Israel's prime minister is stepping down, sparking a new round of elections». NPR. 20 de junho de 2022. Consultado em 3 de julho de 2022 
  4. a b c Yair Lapid(em inglês),Página acessada em 21 de março de 2015.
  5. www.jpost.com. «Top 50 dos judeus mais influentes de 2013:» (em inglês). Consultado em 21 de março de 2015 

Nota[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em italiano, cujo título é «Yair Lapid».