Yinghuo-1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde julho de 2019). Ajude e colabore com a tradução.
Yinghuo-1
Padrao 2.svg
Tipo
Sonda espacial, voo espacial não tripulado (en)Visualizar e editar dados no Wikidata

A Yinghuo-1 foi uma sonda espacial chinesa para a exploração de Marte, com a intenção de ser a primeira espaçonave chinesa a orbitar Marte. Ela foi lançada do Cosmódromo de Baikonur, em 08 de novembro de 2011, junto com a espaçonave de retorno de amostras russa Fobos-Grunt, que tinha a intenção de pousar na Lua de Marte Fobos, e de lá retornar amostras do solo.[1][2]

A intensão da CNSA era de que a sonda Yinghuo-1 de 115 kg, orbitasse Marte por cerca de dois anos,[3] estudando a superfície do planeta, sua atmosfera, sua ionosfera e seu campo magnético.[4]

Pouco depois do lançamento, o esperado era que a Fobos-Grunt acionasse seu motor duas vezes para sair da órbita da Terra em direção a Marte. No entanto, esses acionamentos não ocorreram, deixando as duas sondas em órbita.[5]

Em 17 de novembro de 2011, a mídia estatal chinesa publicou que a CNSA tinha declarado a Yinghuo-1 perdida.[6]

Depois de um período de decaimento orbital, a Yinghuo-1 e a Fobos-Grunt efetuaram uma reentrada destrutiva em 15 de janeiro de 2012 se desintegrando sobre o Oceano Pacífico.[7][8]

Esquema das órbitas planejadas para a Yinghuo-1 e para a Fobos-Grunt.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Eric Hand (4 de novembro de 2011). «Russia takes aim at Phobos». Nature.com. Consultado em 12 de julho de 2019 
  2. Ken Kremer (13 de outubro de 2011). «Daring Russian sample return mission to Martian moon Phobos aims for November Liftoff». Universe Today. Consultado em 12 de julho de 2019 
  3. Emily Lakdawalla (9 de setembro de 2010). «China's Yinghuo-1 Mars Orbiter». The Planetary Society. Consultado em 12 de julho de 2019 
  4. «Back to Mars: Russian probe to visit red planet». Russia Today. 23 de setembro de 2011. Consultado em 12 de julho de 2019 
  5. «ru:Маршевая двигательная установка станции "Фобос-Грунт" не сработала». RIA Novosti. 9 de setembro de 2011. Consultado em 12 de julho de 2019 
  6. Morris Jones (17 de novembro de 2011). «Yinghuo Was Worth It». Space Daily. Consultado em 12 de julho de 2019 
  7. ned potter (15 de janeiro de 2012). «Phobos-Grunt: Failed Russian Mars Probe Falls to Earth». ABC News. Consultado em 12 de julho de 2019 
  8. Jonathan Amos (15 de janeiro de 2012). «Phobos-Grunt: Failed probe likely to return late Sunday». BBC News. Consultado em 12 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre sondas de Marte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.