Mars Global Remote Sensing Orbiter and Small Rover

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mars Global Remote Sensing Orbiter and Small Rover
Mars Global Remote Sensing Orbiter and Small Rover at IAC Bremen 2018 02.jpg
Tipo

O Mars Global Remote Sensing Orbiter and Small Rover (HX-1) é um projeto da chinês para colocar uma sonda em órbita e também um rover no solo de Marte.[1] A missão está planejada para ser lançada em julho ou agosto de 2020[2][3] usando um veículo de lançamento de carga pesada Longa Marcha 5.[4][5][6] Entre seus objetivos estão: a pesquisa por evidência de vida atual e pretérita, e obter dados sobre o ambiente do planeta.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Andrew Jones (9 de fevereiro de 2018). «China simulates Mars landing in preparation for 2020 mission». GBTimes. Consultado em 13 de julho de 2019 
  2. Jonathan McDowell (27 de maio de 2019). «China shows first images of Mars rover, aims for 2020 mission». Reuters. Consultado em 13 de julho de 2019 
  3. «Entrevista com Zhang Rongqiao, o homem por trás da missão chinesa para Marte». CGTN. 23 de agosto de 2016. Consultado em 13 de julho de 2019 
  4. Andrew Jones (22 de fevereiro de 2016). «China is racing to make the 2020 launch window to Mars». GBTimes. Consultado em 13 de julho de 2019 
  5. Eric Berger (22 de fevereiro de 2016). «China pressing ahead with orbiter and lander mission to Mars». Ars Technica. Consultado em 13 de julho de 2019 
  6. Shen Lu (4 de novembro de 2016). «China says it plans to land rover on Mars in 2020». CNN News. Consultado em 13 de julho de 2019 
  7. B. Zhou, S. X. Shen, Y. C. Ji; et al. (16 de junho de 2016). «The subsurface penetrating radar on the rover of China's Mars 2020 mission». CGTN. Consultado em 13 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre sondas de Marte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.