Alfeizerão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Alfeizerão  
—  Freguesia  —
Igreja Paroquial de Alfeizerão
Igreja Paroquial de Alfeizerão
Alfeizerão está localizado em: Portugal Continental
Alfeizerão
Localização de Alfeizerão em Portugal
39° 30' N 9° 06' O
País  Portugal
Concelho ACB1.png Alcobaça
 - Tipo Junta de freguesia
Área
 - Total 27,99 km²
População (2011[1] )
 - Total 3 854
    • Densidade 137,7/km2 
Gentílico: alfeizerenses
alfanges
Código postal 2460 Alfeizerão
Orago São João Baptista
Correio electrónico j.f.alfeizerao@mail.
telepac.pt

Alfeizerão é uma freguesia do concelho de Alcobaça, em Portugal. Tem 27,99 km² de área e 3 854 habitantes (2011). Densidade: 137,7 hab/km².

O fóssil de um ovo, atribuído a um Dacentrus, foi encontrado em Alfeizerão pelo geólogo Paul Choffat em 1908.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a sua fundação possa remontar à época da Invasão muçulmana da península Ibérica ou até mesmo aos galo-celtas.

No contexto da Reconquista cristã da península, de acordo com um documento existente na Torre do Tombo, recebeu foral aos "21 dias de Outubro da era de 1370 anos", ou seja, em 1332. Este diploma, passado pelo Abade do Mosteiro de Alcobaça, D. João Martins, foi renovado em 1422 pelo então Abade D. Fernando Quental, até que, sob o reinado de Manuel I de Portugal, este soberano lhe passou o chamado Foral Novo, em 1514.

Foi sede de concelho, constituído pelo território da freguesia actual, acrescido de alguns lugares hoje pertencentes à freguesia de Famalicão.

Com a reforma administrativa de meados do século XIX, o concelho foi extinto e a freguesia anexada ao de São Martinho do Porto, entretanto também suprimido. Passou então para o de Alcobaça, depois para o de Caldas da Rainha (por pouco tempo) e de novo para o de Alcobaça - no qual se conserva desde o início do século XX.

Atrações[editar | editar código-fonte]

A povoação é conhecida pelo seu famoso pão-de-ló, autêntico "ex libris" da terra, que o jornal "Ecos do Alcoa" designava, em 1932, por "pão-de-ló da tia Amália".

Realizam-se na vila as festas de Santo Amaro, de 14 a 17 de Janeiro, e de Nossa Senhora do Rosário, no primeiro fim-de-semana de Setembro.

Economia[editar | editar código-fonte]

As suas principais actividades económicas são a fruticultura, a agro-pecuária, a produção de lacticínios, betão, cerâmica e a actividade metalomecânica.

Património[editar | editar código-fonte]

Organizações[editar | editar código-fonte]

  • Casa do Povo
  • Centro Social e Paroquial
  • AMIALFA - Associação Amigos de Alfeizerão

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano) (em português) Instituto Nacional de Estatística. Visitado em 1 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013. "Informação no separador "Q601_Centro""
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.