Alphonso Taft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde agosto de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
Alphonso Taft
Alphonso Taft
Secretário de Guerra dos Estados Unidos
Período de governo 8 de março à 22 de maio de 1876
Antecessor(a) William W. Belknap
Sucessor(a) J. Donald Cameron
Procurador-geral dos Estados Unidos
Período de governo 22 de maio de 1876 — 4 de março de 1877
Antecessor(a) Edwards Pierrepont
Sucessor(a) Charles Devens
Vida
Nascimento 5 de Novembro de 1810
Townshend, Vermont  Estados Unidos
Morte 21 de maio de 1891 (80 anos)
San Diego, Califórnia  Estados Unidos
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Yale
Cônjuge Fanny Phelps
Louise Taft (1827-1907)
Partido Republicano
Profissão Advogado, Mestre, Político
Assinatura Assinatura de Alphonso Taft

Alphonso Taft (5 de novembro de 1810 — 21 de maio de 1891) foi um político norte-americano. Sob o governo de Ulysses S. Grant foi Procurador Geral e Secretário de Guerra dos Estados Unidos. Foi pai do presidente norte-americano William Howard Taft.

Como Secretário de Guerra, Taft reformou o departamento de guerra, permitindo que os comandantes em fortes indianos escolhessem quem poderia trabalhar com atividades de comercio. Enquanto servia como procurador-geral, fortemente considerou que os afro-americanos não deveriam ter seu direito de voto negado ao por meio de intimidação e violência.[1] A Procuradoria Geral de Taft co-criou um projeto de lei no Congresso Nacional, assinado em lei pelo Presidente Grant, que criou a Comissão de Eleições que instalou a controversa eleição de Hayes-Tilden.[2]

Em 1882, Taft foi nomeado como ministro para a Áustria-Hungria por Chester A. Arthur em 1882. Serviu até 4 de julho de 1884, e foi então transferido pelo presidente Arthur para ministro da Rússia, em São Petersburgo e serviu até agosto de 1885. Taft tinha a reputação de servir escritórios políticos com integridade e caráter.

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Nascido em Townshend, Vermont, filho de Peter Rawson Taft da poderosa Família Taft, formou-se no Yale College em 1833, onde também foi tutor de 1835 a 1837. Em Yale, ele e seu colega William Huntington Russell fundaram a Skull and Bones,[3] a proeminente sociedade sênior. Em seguida, estudou Direito na Faculdade de Direito de Yale, foi admitido no bar de Connecticut, em 1838, mudou-se para Cincinnati, em 1839, onde era membro do Conselho da Cidade de Cincinnati, e se tornou um dos cidadãos mais influentes de Ohio. Era um membro do conselho de curadores da Universidade de Cincinnati e do Yale College.[4]

Vida política[editar | editar código-fonte]

Era um delegado para o Convenção Nacional Republicana em 1856, e Também nesse ano fez uma corrida mal sucedida para o Câmara dos Deputados dos Estados Unidos contra George H. Pendleton. Ele era um juiz do Tribunal Superior de Cincinnati 1866-1872 quando renunciou para exercer a advocacia com dois de seus filhos.[5] Ele foi o primeiro presidente da Cincinnati Bar Association, servindo em 1872. Em uma famosa reunião da família Taft em 1874 em Elmshade, em Uxbridge, Uxbridge, Alphonso fez um discurso apaixonado sobre sua história familiar e as origens de seu pai nesta comunidade, conforme registrado em sua biografia.[6]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. New York Times (October 26, 1876)
  2. Dictionary of American Biography (1935), p. 264
  3. Bonesmen 1833-1899 (em inglês) Fleshing Out Skull and Bones.
  4. Religion and the Law in America: An Encyclopedia of Personal Belief and Public Policy. Vol. 1. (Santa Bárbara, CA: ABC-CLIO, 2007), 149.
  5. "Taft, Alphonso". Appletons' Cyclopædia of American Biography. 1889.
  6. Leonard, Lewis Alexander. The Life of Alphonso Taft. Nova Iorque, NI: Hawke Publishing Co., 1920. 307 pp.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.